Endereços IPv4 estão esgotando há algum tempo. No seu lugar deve entrar o IPv6, que garante conexão de um maior número de gadgets à internets. Apesar do esgotamento ser eminente, nem todos os sites e provedores de internet estão prontos para a mudança. De fato, segundo o Google, apenas 0,2% de todos os usuários da internet no mundo têm conexões compatíveis com o novo padrão. Ainda que esse número seja pequeno, o Google e outras cinco gigantes da web planejam fazer um teste-drive do novo protocolo.

Marque nos seus calendários: no dia 8 de junho desse ano, no chamado World IPv6 Day, os sites do Google, Yahoo e Facebook e os serviços das empresas Akamai e Limelight usarão durante 24 horas o protocolo de endereçamento IPv6 além do IPv4. Esse período servirá para testar a implementação do IPv6 daquelas empresas que já tenham o protocolo instalado e deve dar uma ideia de como eles vão funcionar quando os endereços IPv4 esgotarem, no final do ano. Segundo o Google, o IPv6 nunca foi testando numa escala tão grande quanto essa.

No horário de Brasília o experimento vai acontecer a partir das 21h do dia 7 de junho até as 20h e 59min do dia 8. Os endereços IPv4 devem acabar em novembro desse ano, o que deve dar pouco mais de cinco meses para a implementação total do novo protocolo depois do teste. E por algum motivo eu acho que não vai ser tempo o suficiente.

Saiba mais sobre o fatídico dia no site do World IPv6 Day e veja aqui a lista de empresas que concordaram em participar do teste até agora. Provavelmente até junho essa lista contará com mais nomes. Ou ao menos é o que se espera.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Veditto
Adeus IPv4 :)
@msmosso
Acho que isso vai acabar disseminando aquelas ferramentas que "associam" automaticamente - através de processos em background no sistema e/ou através do próprio roteador - ips a domínios. O No-ip é um deles.
Turdin
É, adeus IPV4, descanse em paz...
Edilson Lima
Até novembro??? rs Acaba no em fevereiro.... http://inetcore.com/project/ipv4ec/index_pt.html
Gabriel Oliva
Sim, em hexadecimal.
Gabriel Oliva
Eu sei que não precisa do IPv6 pra isso. Mas a intenção é aumentar e fazer com que tudo esteja conectado.
@vegbrasil
Eu nunca decorei meu próprio IP. Pra que?
@worldofbit
Mas não é assim que funciona?
Gabriel Silva
Nossa, quase no meu aniversário, que é 09 de junho! :)
Matheus Henrique Wichman
[Mão de vaca, dono da Telefonica] Vamos esperar até o ultimo IP ser usando para ai então pensarmos em com implemntar o IPv6 [/Mão de vaca]
Matheus Henrique Wichman
Outro formato de IP ja que os que nos conhecemos estão acabando.
@brunogdb
OQ?!?! É ASSIM O IPv6? O.O #MORRI!
Augusto
Quero só ver agora, antes todo mundo decorava o próprio IP tipo "192.0.2.235" imagina agora pra decorar "2001:0db8:85a3:08d3:1319:8a2e:0370:7344" hahaha
NAT
Cara, não é preciso IPv6 pros aparelhos conversarem entre si, isso já acontece naturalmente entre os dispositivos com IPv4. Acho que vc se confundiu, provavelmente quis dizer: "conversarem entre si E com a internet, livremente". A primeira parte já acontece normalmente, não precisa de IPv6 pra nada disso
Marcelo Rosa
Algumas observações de quem trabalha com isso no dia a dia (sou consultor e projetista de redes IP). IPv6 realmente está aí há tempos, mas é errado dizer que ninguém se mexe para implantar. Praticamente todas as operadoras do Brasil já suportam IPv6 em seus backbones. Uma exceção de peso é a Telefônica. Os endereços IP não se esgotam em Novembro. O que se esgota em Novembro é a alocação de endereços pelo IANA. Os registrar regionais e locais ainda tem estoques de IP para um tempo. IPv4 e IPv6 ainda conviverão em nossa vida por pelo menos uns 5, 10 anos. A coisa é mais complexa do que somente disponibilizar backbones e endereços para os clientes. As aplicações devem suportar isso também. Em suma: o buraco é bem mais embaixo. Isso envolve muita grana gasta e muito planejamento, antes de termos a possibilidade dos clientes finais terem endereçamento IP. Acreditem, vejo isso no meu dia a dia e sei da dificuldade. MR
Exibir mais comentários