Início » Arquivos » Computador » Intel faz suas apostas para 2011

Intel faz suas apostas para 2011

Avatar Por

A Intel é uma das empresas visionárias no mundo da tecnologia. Não é por acaso que tornou-se a número um em sua área, suplantando a AMD já faz alguns anos. A empresa publicou recentemente um documento no qual afirma quais são as tendências identificadas por ela para o próximo ano. Entre a aposta da Intel, a popularização da informática no Brasil, conforme uma pesquisa divulgada por ela em novembro.

HP Slate: a promessa de 2010, mas...

Ficou curioso para saber o que a Intel espera para 2011? Confira nos tópicos abaixo.

  1. TV inteligente. A Intel acredita que mais empresas vão se juntar à Boxee, Sony, Logitech e Cisco na oferta de televisão inteligente. Cabe lembrar que o Google também investe bastante nessa ideia, a ponto de lançar sua própria plataforma para televisores, a Google TV.
  2. Crescimento na venda de notebooks. Gráficos em alta definição e o wireless display, que permite enviar a imagem do note para um projetor sem depender de fios, farão com que os notebooks vendam mais. Não é o que o Goldman Sachs diz, mas tudo bem.
  3. Mais tablets. Segundo a companhia, haverá a tabletmania, com direito a aparelhos híbridos de netbook e tablet. A Intel ainda afirma que podemos esperar um novo MacBook Air que combine melhor as funções desses dois tipos de produtos.
  4. Prosperidade da Lei de Moore. A Intel confia nas inovações e técnicas de manufatura para que a capacidade dos processadores continue duplicando a cada 18 meses. Seus negócios nessa área agradecem.
  5. Dispositivos contextuais. O ano que vem será marcado pela primeira onda de dispositivos que conseguem perceber e compreender o contexto das coisas. Informações vindas de câmeras, GPS’s, ajustes de preferências e mais ajudarão a criar o assistente de férias ou o guia pessoal de restaurantes, por exemplo. Tudo automatizado.
  6. Sinalização inteligente. Segundo a Intel, será comum encontrar letreiros digitais como os do filme “Minority Report”, com novos modos de interação e reconhecimento facial.
  7. Computação na nuvem. O cloud computing e a virtualização serão a preferência das grandes empresas em 2011, inclusive com nuvens internas, acessíveis apenas pelos funcionários. A Intel ainda aposta na renderização na nuvem, algo que o OnLive já faz há alguns meses.
  8. Carros tecnológicos. A tecnologia será o centro de controle dos futuros veículos, com direito a centrais de entretenimento mais eficientes e o controle dos veículos por meio de instruções faladas.

No total a Intel fez uma lista com 12 itens, mas acima estão os 8 mais interessantes que eu pude destacar. Claro que alguns deles são apenas para fazer referência a produtos que a empresa comercializa ou planeja iniciar a comercialização. De qualquer forma, é mais uma maneira de saber o que a gigantesca Intel está esperando de 2011.

Quais dos itens você acha que devem se concretizar no próximo ano e quais são apostas furadas? Eu vejo futuro na computação na nuvem, que já esteve bastante presente em 2011, e na invasão dos tablets. E a minha confiança nos carros tecnológicos não está muito em alta, devo dizer.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Patrik
Pra mim o termo está correto e bem aplicado. "Pergunta: AMD já foi, em algum momento, maior que a INTEL? Que eu saiba a AMD nunca chegou sequer perto da INTEL na produção de semicondutores." Sim, a AMD já foi melhor. Nunca foi maior em volume de produção, mas em desempenho já foi melhor sim. Os Athlon64 foram melhores, mais rápidos, esquentavam e consumiam menos que os pentium4. A Intel só voltou a ter processadores melhores com os core2duo. http://www.guiadohardware.net/tutoriais/sandy-bridge/
Paulo Bala
Suplantar: Desbancar, superar, vencer etc. Entendi a tua ideia mas a palavra suplantar não me parece adequada. De todo modo, o site é bacana.
Marcelo Mello Ramos
Parabéns para a Intel, espero que continue assim e que passe por estes problemas.
Thássius Veloso
Justamente: suplantou, praticamente acabou com a AMD.
Paulo Bala
"A Intel é uma das empresas visionárias no mundo da tecnologia. Não é por acaso que tornou-se a número um em sua área, suplantando a AMD já faz alguns anos." Pergunta: AMD já foi, em algum momento, maior que a INTEL? Que eu saiba a AMD nunca chegou sequer perto da INTEL na produção de semicondutores.
Alisson melo
Se você morar no Brasil, claro.
germano
Espero que estejam certos tbm
JoseRenan
até lá então!
Bruno
Eu não duvido na continuidade da lei de moore, sempre precisaremos de mais, e isso é melhor para o consumidor, que sempre terá uma tecnologia melhor!...Procure por Sandy Bridge,
Jairo
Me surpreende os esforços da INTEL, da AMD da ARM também sempre inovando e trazendo muita tecnologia ao mercado parabéns a essas mentes brilhantes que desenvolvem estas maravilhas !
@gmtandi
"que já esteve bastante presente em 2011" '-' o senhor veio do futuro? :B
@mosblenarufa
Estou torcendo por um carro que faça balizas perfeitamente(tanto em vagas paralelas,que já existe, com vagas diagonais e aquelas do estacionamente) Mas estou duvidando cada vez mais da continuidade da lei de moore, Não me parece que PRECISAMOS de computadores mais poderosos que um com 2 I7 extreme,32gb de ram ddr3,1gb de processamento grafico com 4gb de cache... Quanto as apostas na tabletmania: estou esperando ver se a Asus(virei fã da marca quando comprei meu atual notebook) faz um tablet que chegue perto do Ipad e com o bom e velho windows...
@roger_lima
Acredito que cada vez mais os avanços tecnológicos vão de encontro ao novo momento sustentável. Afinal o que abstece todas essas tecnologia muitas vezes são fontes não renováveis de energia, e ainda, com o pouco tempo entro o lançamento de uma tecnologia para a outra, a sucata eletrônica será um baita problema. Já estamos vivendo esse momento, logo TVs velhas serão um problemão e assim gadgets também, afinal eles nunca duram o suficiente.
Marcell Almeida
Aceitável.. Porém acho que a parada das TVs e dos carros ainda vão demorar um pouco.
kylefurtado
Confio na Intel, e acredito nessas previsões. Elas aparentam ser plausíveis.
Exibir mais comentários