Início » Arquivos » Internet » O bom e velho e-mail continua imbatível

O bom e velho e-mail continua imbatível

Avatar Por

Minha primeira coluna no TB, muitos bytes atrás, era sobre o fim do e-mail. Desculpas não faltavam para os radicais que decidiram abolir o e-mail de suas vidas: muito spam, gente que não sabe usar, inbox lotado, correntes, PPTs de gatinhos 😀 etc. Recentemente, o Facebook veio à público anunciar uma ferramenta “revolucionária” – o social inbox – e os partidários do fim do e-mail tornaram a fazer barulho.

Em princípio, parece ser uma ideia interessante: imagine um único lugar onde você possa centralizar todos os seus serviços de comunicação (e-mail, redes sociais, messengers, SMS. Além de um agregador para consultar tudo o que envolve seu contato com o resto do mundo, ele faria diferentes protocolos se relacionarem. Por exemplo, daria para responder um recado do Facebook ou um tweet através de um SMS.

Vida longa!

Parece prático, mas no meu entendimento, esse sistema está fadado ao fracasso. Visto que cada protocolo foi feito para funcionar de um jeito, obrigá-los a funcionar da mesma maneira não dá certo. As pessoas também os usam de formas diferentes.

Você manda um SMS para alguém quando precisa mandar um recado curto e importante para alguém que, você sabe, pode não estar conectado naquele momento. Ou acha que ele pode estar ocupado e um telefonema seria inoportuno.

Já um documento importante de trabalho, você manda anexado pelo e-mail da empresa, que é mais seguro, pois usa servidores próprios. O e-mail também é a maneira mais formal de conversar com seu chefe.

Redes sociais – Facebook, Orkut, LinkedIn etc. – são usadas para fins pessoais, tendendo para o recreativo e o informativo. Troca de notícias, convites para eventos, compartilhamento de multimídia, papo entre amigos.

E o messenger é a melhor maneira de resolver rapidamente questões simples, pois é mais rápido que o e-mail e funciona como uma conversação. Exige que ambos os lados estejam conectados.

O vovô e-mail

É natural que num ecossistema dinâmico como a web surjam diariamente novas formas de se comunicar. Mesmo assim, o e-mail velho de guerra continuará imbatível pelos seguintes motivos:

  1. É simples. Não é preciso explicar a ninguém para que serve e como funciona.
  2. É universal. O que faz uma pessoa quando entra na internet pela primeira vez na vida? Cria um perfil no Orkut? Não, não, pois até para isso é preciso uma conta de e-mail.
  3. É seguro, particular e controlável. Se você quiser, em vez de um webmail gratuito, pode optar por ter uma conta com seu próprio domínio, hospedada em seu próprio servidor. E sem robôs bisbilhotando seu conteúdo para mandar propaganda. Se quiser, pode também ter um e-mail móvel seguro num BlackBerry, evitando bisbilhoteiros de carne e osso.
  4. É eterno. Você pode manter todos os seus e-mails no mesmo lugar enquanto estiverem no servidor. Ou então, baixá-los em sua máquina e fazer backup num dispositivo externo offline.
  5. É móvel. Não precisa mais de computador. De dentro do seu bolso, você faz tudo o que faria em casa ou no trabalho.
  6. Tem amparo legal. Podem ser assinados digitalmente, dispensando a assinatura de próprio punho. Ajudam a fugir da burocracia.

Claro que o e-mail não é perfeito, mas eu ainda não conheço melhor ferramenta de comunicação desde os tempos não eletrônicos. E vocês?

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Rita
hahaha eu lembro do google wave! kkkkkkk nunca tive nem curiosidade de saber como é! Só esses dias que lembrei dele, mas nem procurei... XD
Arliss
O que incomoda mesmo é no iPhone!!! No meu notebook, tenho os filtros necessários de spam e levo uma vida tranquila.... mas gostei de receber emails pelo iPhone também... e agora minutos do meu dia se resumem a apagar os spams no iphone.
@victoygor
Já usei várias ferramentas de email, Yahoo, Hotmail, Bol; mas nenhum se compara ao Gmail, ele é perfect!!!
Lucho
"Vida longa e prospera alguém lembra ai do Google Wave que iria matar o email?" . Eu lembro. Ia matar o email, acabou morrendo sozinho. . Um retumbante fracasso da gigante de Mountain View.
Lucho
Tem mais coisas que fazem com que o email seja eterno: . * Quando você esquece a senha de orkut/facebook/twitter/myspace ou seja lá do que for, para onde que é mandado uma nova senha? Email. * Quando você altera uma senha, para onde é mandada a confirmação dessa nova senha? Email. * Quando você faz um cadastro num site, onde que se faz a confirmação do cadastro? Email. * Se você tem um documento de texto para mandar, vai mandar por onde? Email. . Por tudo isso, vida longa ao email.
Luccas Florencio
Eu gosto do Gmail, tenho e-mail do msn, mas abandonei ele ja faz uns 4 anos... GMAIL RULE !!!
@AntonioVeras
Sem falar que serve como documento. Sabe aquela promessa do seu amigo? Pois é, reenvie o e-mail para ver se refresca a memória dele.
@AntonioVeras
Ah, lembrei de um detalhe. Sabe aquele seu e-mail que por mais que você controle ele acaba recebendo spam? Agradeça àquele seu amigo(a) que vive enviando ppt, wmv, correntes, etc e NÃO SABE O QUE É "CCO".
s2Samys2
meu mail é [email protected]
Mingo Max
Concerteza um não irá substituir o outro, a tendência é essa mesmo a convergência, mas sem perder a individualidade de cada serviço! Excelente artigo e reflexão!
fatecano
Pior que é verdade. Quem eu queria que morresse não morreu ainda, que é o tal do fax. Não entendo como isso ainda é usado! Pelo menos agora inventaram o e-mail-fax. Conhecem?
Hernani
Sempre fui fã do e-mail, tudo prefiro tratar por e-mail, fica mais fácil, te da tempo de analisar e responder as questões com calma, você tem um "log", acesso mais meu email que twitter, msn, etc Vida longa e prospera alguém lembra ai do Google Wave que iria matar o email?
@AntonioVeras
Fala isso pra fita K7. :D
Fernando Paes
Oxi, pelo visto ninguem mais ta com acesso ao email do facebook neh?! bom, coloquei um post sobre o seu funcionamento em http://bit.ly/eW4p0l To testando e nao gostei nao... o gmail ainda eh indispensavel.... Abs...
Guilherme
É verdade, não tem coisa mais irritante, por exemplo, que o novo Windows Live que conecta o messenger ao acessar seu e-mail, além de criar um tipo de "perfil". Afinal, só quero checar o meu e-mail ora bolas.
Exibir mais comentários