Zachary Garcia estava muito bem, obrigado, levando sua vidinha pacata de estudante da Universidade da Flórida. Além de frequentar as aulas, o jovem também trabalhava em uma loja de lanches no mesmo lugar, servindo os clientes. Um dia Zachary entrou no Google e, ao buscar pelo próprio nome – quem nunca fez isso? -, descobriu algo terrível: ele era acusado de ter cometido um assassinato.

O jovem conta que ficou chocado ao perceber sua foto em um artigo de jornal que falava de seu crime e da sua acusação. Claro que ninguém iria de gostar de se ver em uma situação similar à de Zachary. E nem a polícia local sabia explicar o que havia acontecido, exceto pelo fato de que outro rapaz de nome muito parecido e com sobrenome Garcia também morava por ali. Zachery Garcia (com e) era o verdadeiro acusado do crime.

Segundo a polícia, Zachery – o acusado – é um adolescente de 15 anos que trabalha em uma loja de doces. Junto com alguns amigos, ele invadiu uma casa em setembro desse ano. Quando um dos residentes percebeu a ação criminosa, pegou sua arma e atirou nos adolescente. Um dos trombadinhas morreu, o que normalmente faria do residente o réu no crime de assassinato. No entanto, como as leis americanas são um tanto diferente das nossas, são os três jovens que estão respondendo pelo crime.

Zachary, o inocente, e Zachery, o acusado

Agora tudo está esclarecido, para alegria de Zachary e tristeza de Zachery. “Eu trabalho numa lanchonete e talvez anote o pedido de alguém errado. Mas para alguém confundir isso… Não é um sanduíche, é com a vida de alguém que você está brincando”, declarou Zachary a um jornal. Nada mais verdadeiro.

Com informações: Switched, Technolog

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Hernani
Muitas pessoas vão começar a pensar duas vezes antes de pesquisar seu nome no Google hehehehe
@higorcamara
Eu também tenho o mesmo "problema", pesquisando meu nome no Google você vai achar uma pessoa com o mesmo nome-sobrenome, que esta foragido pela policia por ter cometido assasinatos e que mora no municipio do lado do meu. Tenso né?
Dekamaster
e dae? eu não sabia, fiquei sabendo e achei legal a noticia =)
Guilherme Mac
Não precisa matar ou está quase matando. Não é isso que valida a legítima defesa. Como vc falou, estar armado ou mesmo agindo com truculência ou até fazendo ameaças futuras, como o exemplo do Turdin, já legitima a defesa. Mas pelo texto da matéria (em outros texto que procurei), parece somente tentativa de furto à residência, não um assalto. Um crime de baixíssimo poder ofensivo por não ter, nem ter possibilidade de violência. Por isso falei da desproporção. Pelo que vejo, apesar de não saber das leis dos EUA, parece que lá um simples invadir a propriedade já é suficiente para matar, o que é uma discrepância de reação muito grande, ainda mais pra quem tem porte de arma e em teoria deveria ser preparado para usar de maneira correta para um civil.
Turdin
E completando Leo, você não tem como chegar e perguntar: ai bandido, ta armado? Ou você chega e atira, ou chega e leva um tiro, se a pessoa está na sua casa, é assalto, então com boas intenções ela não está...
@leozacche
Sim, cara, eu entendo a teoria. O que eu quis dizer é que, só porque o ladrão ainda não matou, ou ainda não ameaçou, não significa que a vida do dono da casa não esteja sob risco. Um ladrão armado na sua casa, sob o meu ponto de vista, coloca sim a sua vida em risco. Eu concordaria com você (na defesa não ser legítima, ser apenas vingança), se o dono da casa tiver passado o cerol na bandidagem quando já estavam na rua, em fuga. Aí sim, não representaria mais perigo à vida. Mas o Turdin não contou esse detalhe, então eu entendi que o dono passou fogo nos caras ainda dentro da própria casa.
Guilherme Mac
Legítima defesa é, como um nome diz, a defesa ser legítima. Quando não há risco a sua vida, não tem suposição de agressão, não tem o que se defender. Seria só um homicídio por gosto, por vingança, devido a desproporção.
Matheus
"(...) arma e atirou nos adolescente. (...)"
@leozacche
Então legítima defesa seria o que? Esperar o bandido tentar matar e, SE ele não conseguir, vc pode matar ele? Mas se ele conseguir, faz o que? Volta para assombrar o infeliz, acho. Não? Tem coisas que realmente não dá para esperar uma tentativa de ataque, para que seja caracterizada defesa. A defesa pode ser prévia, que continua sendo legítima. E isso é só minha opinião, não é conhecimento de leis, nem nada assim.
kylefurtado
Ai que palha. KKKKKKKKKKKKKK
Guilherme Mac
E desde qdo pessoas tem direito de matar outras? Não é legítima defesa, pois nenhuma vida foi atentada. O que aconteceu, pelo texto, é que simplesmente alguém viu pessoas em casa e atirou, indiscriminadamente. A desproporcionalidade dos atos foi incrível.
Marcell Almeida
Isso que eu chamo de história. O garoto podia se fumar com isso, sorte que foi ele que viu sua foto e não outra pessoa aleatoria.
Bruno Gall
AHAHAHAHA, é mesmo
Turdin
Pois é, mas a lei no Brasil não é tão diferente não. Meu amigo do RS foi assaltado, 3 bandidos, prenderam ele e o pai dele no banheiro ( que era onde guardavam as armas ). Pegaram a pistola e a 12, sairam de lá atirando, resultado, 1 morto, 1 paraplégico e um preso ( com a perna fodida ). Na justiça não deu nada, foi legitima defesa.
chuvadenovembro
Eu iria comentar dizendo que foi apenas um engano, trata-se do capitão nascimento quando jovem hahaha achei bem parecido também.
Exibir mais comentários