Início » Arquivos » Celular » Woz: Android vai dominar e Nokia é marca da geração passada [atualizado]

Woz: Android vai dominar e Nokia é marca da geração passada [atualizado]

Por

Glup, glup

Steve Wozniak, mais conhecido como Woz, é co-fundador da Apple, criador do primeiro computador pessoal como os conhecemos, jogador de Segway Polo, piadista e dançarino nas horas vagas. Recentemente ele deu uma entrevista para o jornal holandês De Telegraaf dando uma série de declarações que, se não são surpreendentes por si só, são pelo menos dignas de nota quando emitidas por alguém como o Woz.

Ele começou revelando que a Apple já havia produzido um smartphone em parceria com uma conhecida empresa de eletrônicos japonesa em 2004, mas o projeto nunca chegou ao mercado. “A Apple estava satisfeita com o produto, mas queria algo que surpreendesse o mundo. Se a Apple lança um produto novo, ele tem que ser uma verdadeira inovação”, disse Woz. Um tempo depois a Apple encontrou o caminho dessa inovação e anunciou o iPhone em janeiro de 2007.

Falando sobre a concorrência entre as plataformas atuais, Woz (que é o feliz proprietário de um Nexus One, além de alguns iPhones) disse que o Android dominará o mercado em um futuro próximo.

Ele frisou que o iPhone tem pouquíssimos pontos fracos. “Não há nenhuma verdadeira reclamação ou problema. Em termos de qualidade, o iPhone está liderando.” No entanto, Woz acredita que, no fim, o Android será para os smartphones como hoje é o Windows para os computadores

Quanto à atual líder mundial do mercado, a Nokia, ele acredita que a empresa tem um problema de imagem, que por demorar para adotar as mais novas tecnologias do setor, ainda é associada com a geração pré-iPhone. “[A Nokia] é uma marca da geração passada,” disse Woz, que acredita que a saída para a finlandesa seria lançar uma nova marca com apelo junto ao público jovem.

Com informações: Engadget e De Telegraaf.

Atualização | O Woz disse que o jornal holandês não o citou fidedignamente e resolveu esclarecer alguns pontos. Leia aqui o que ele disse. 😉