Início » Arquivos » Legislação » Americana é condenada a pagar US$ 1,5 milhão por baixar músicas ilegalmente

Americana é condenada a pagar US$ 1,5 milhão por baixar músicas ilegalmente

Avatar Por

Quem acompanha o processo da americana Jammie Thomas-Rasset sabe que não é de hoje que a moça está na justiça. Para quem chegou agora na internet, eis aqui uma recapitulação ao melhor estilo “Previously, on LOST…“: o processo contra Jammie foi aberto em 2006 pela RIAA (associação que protege os direitos dos artistas nos EUA) por ela ter baixado e compartilhado 24 músicas na rede Kazaa sem permissão.

Esse foi o primeiro processo aberto nos EUA envolvendo uma infração de direitos autorais e por isso é considerado um dos mais polêmicos e importantes até agora. Vamos agora ao episódio desse mês.

Durante os anos que o processo está correndo os tribunais, ambos os lados apelaram das decisões. A decisão da última apelação (requerida pelos advogados de Jammie) foi liberada hoje e é à favor da RIAA. Segundo um júri do estado americano de Minneapolís, Jammie deve pagar 62,5 mil dólares por cada música que baixou ilegalmente, totalizando 1,5 milhão de dólares.

A primeira condenação ocorreu em 2007, quando foi decidido que a americana devia pagar 222 mil dólares de indenização. Os advogados recorreram da decisão, mas a RIAA ganhou novamente em 2008, quando Jammie foi condenada a pagar 1,92 milhão em danos. Esse valor foi determinado inconstitucional e diminuiu para 54 mil dólares depois de uma nova apelação. Ainda assim, os advogados não gostaram do valor e recorreram novamente, o que resultou na decisão atual.

Os advogados de Jammie, que estão defendendo-a sem cobrar um tostão em honorários, já disseram que pretendem apelar mais uma vez.

Com informações: TorrentFreak

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Hernani
Aliás, quanto aos honorários, imagine a fama que os advogados irão ter se livrarem a cra da moça, nome reconhecido, vale mais que uns tostões de um processo
Hernani
Porque não processam metade da população? Qual foi o fato que usaram para jugar somente essa mulher?
Marcell Almeida
Alguém tem que servir de exemplo né?
José Carlos
Boa noite4 a todos. Eu escrevo pelo Brasil. Sou de Muriaé-MG, produtor de video. Tenho algumas vinhetas que produzi e todas registradas na Ancine em nome de minha empresa, órgão federal que regula este meio, porém, estas vinhetas estão sendo usadas por um produtor autônomo e amador em um programa de TV exibido na TV local. Entrei com uma ação e provando com tudo que tenho, mas a juiza que atendeu o caso não nos concedeu liminar para suspensão imediata das veiculações de minhas vinhetas no referido programa e ainda por cima saiu de férias. Resumindo: Aqui em Muriaé MG, a justiça está do lado dos piratas. Eu mesmo estou pensando e começar a piratear DVDs e CDS ao invés de produzir e quero ver quem é o homem ou Mulher (juiz ou juiza) que vai me deter.
kylefurtado
Bem observado.
EDI LOPES
Depois vejo nego dizendo " a se fosse no Brasil". Ta vendo fai pra la para os EUA essa pais "maravilhoso"
bawlaw
....to vendo mais um recorde no impostometro no ano que vem entao xD
Ricardo
Coitada, o mundo todo faz isso e pagam ela para Cristo. Cd aqui em casa só se eu ganhar em promoção .
rafael.v90
Só consigo pensar nesse tweet: http://twitter.com/tjhilton/status/15784723947 "@tjhilton Limewire owes $1 billion+, BP owes $69 million. Because sharing music is 14.5x more damaging than catastrophic spills. http://bit.ly/aEoZRR"
Fredson Sousa
Putz, vamos protesta a favor da mulher, miguem mais compra cd original e o que economizar com os piratas mada pra coitada pagar a divida dela. rs
mauso cuestas
Aindo vou ver o dia em que farão PROPAGANDA para que eu baixe determinado álbum ou música. E eu vou esnobar.
RKNeto
O Brasil todo vai acabar sendo condenado a pagar mais de 1 trilhão se processarem a gente.
Bruno Gall
Além do Kazaa ferra o computador de muitos, agora ele faz isso, grande Kazaa
@AntonioVeras
É porque nos EUA a justiça é punitiva e no Brasil é reparativa. Lá o cara paga para dar exemplo. Mas isso aí é uma coisa sem pé nem cabeça mesmo, ao menos aos olhos da nossa justiça.
@AntonioVeras
Eu já comprei por causa de duas músicas, mas lá na década de 90. rsrsrs
Exibir mais comentários