As vendas do iPad continuam com força total. Depois da Apple lançar o aparelho em mais alguns países, os resultados começam a aparecer nos gráficos. Um analista do Deutsche Bank, uma instituição financeira da Alemanha, fez os cálculos e já afirma categoricamente: a Apple é a terceira maior vendedora de notebooks do mundo.

Mas antes de continuar com o texto, é importante destacar: os cálculos da analista só são possíveis se considerarmos que o iPad pode ser comparado a um notebook e, portanto, contabilizado junto com essa classe de produtos. Durante o lançamento do iPad, Steve Jobs disse que o gadget seria uma solução intermediária entre o celular e o notebook, mas os dados do Deutsche Bank coloca tudo isso em um mesmo saco.

Em posse de números de participação de mercado gerados pelo IDC, foi relativamente simples recalcular o gráfico. Conforme você visualiza abaixo, a guinada da Apple na participação porcentual desse mercado disparou quando o iPad começou a ser vendido.

Mercado global de computadores portáteis (com iPad) | Clique para ampliar

A maior produtora de notebooks e computadores portáteis do mundo continua sendo a HP, mas sua participação caiu para abaixo dos 20% em 2010. Em segundo lugar temos a Acer, que também vislumbra um movimento de queda. O tracejado vermelho, da Apple, mostra que a firma de Cupertino só faz subir desde que o iPad foi lançado.

De acordo com a analista, os 2,4 milhões de MacBooks e MacBooks Pro vendidos no último trimestre foram amplamente beneficiados por mais 3,2 milhões de iPads, que foram acrescentados à participação de mercado da Apple.

Steve Jobs agradece.

Com informações: Fortune.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Huayra
Tenso. E eu dizendo que pensaria num iPad quando ele tivesase todas as funcionalidades e retornos de um notebook. Será que eu me perdi no tempo? D=
Hernani
iPad para mim é um misto de netbook com e-reader
@bruno_gall
Nossa!Será que a magia do iPad fez ele mudar de forma?
kylefurtado
Ai de quem discordar que o iPad não é um notebook. A Apple - leia-se Steve Jobs - vai lançar campanhas e mover mundos e fundos para provar que mais uma vez estamos errados. (Vide Bumpers -Q)
Guilherme Mac
Classificar o tablet Nokia N900 como smartphone até vai, mas o tablet da Apple como notebook? O_O
Breno Brito
Quero ver uma nota do tio Jobs falando: "Eeerhhhh.... muito obrigado pelo reconhecimento, maaaaas o nosso querido iPad não é notebook, é magia"
JoseRenan
³
Alexandre
Errr, agora ipad é notebook, tá certo... Seria até melhor pra Apple se a pesquisa mostrasse o market share dos tablets, dãaaaa.
@LuanderFB
2! Nada a ver mesmo!!
Gilson
Nada a ver classificar o iPad como notebook.