Hoje foi o dia da Apple renovar a sua linha em vários fronts diferentes. Mas nem só de iMacs, Macs Pro e Magic Trackpads vive a Apple Store. Se você passa horas na frente do computador todo dia (e eu sei que provavelmente você passa 😉 ) um bom monitor é uma parte essencial da experiência, e por isso a Apple apresentou hoje o novo Cinema Display.

Com 27 polegadas na diagonal, seu LCD retroiluminado por LED conta com a tecnologia IPS, a mesma que a Apple começou a usar no iPad. Segundo a Apple, isso lhe provê visibilidade de 178º com excelente brilho e consistência de cores, de qualquer ângulo.

“Tem 27 polegadas, baby.” “Uau!”

A tela apresenta proporção de 16:9 e resolução de 2560 por 1440 pixels — o que corresponde a 60% mais pixels que o monitor de 24” que o novo Cinema Display substitui. São 16,7 milhões de cores, tempo de resposta de 12ms, contraste de 1000:1 e brilho de 375 cd/m2. Esse brilho, aliás, agora é controlado por um sensor de luz ambiente que ajusta o brilho automaticamente de acordo com as condições de iluminação do local, assim como já faziam os iMacs, MacBooks, iPhones e iPads.

Este monitor também faz um pouquinho mais do que mostrar imagens somente. Ele conta com uma câmera iSight e microfone embutidos, bem como um sistema de som em configuração 2.1 (sim, tem um subwoofer embutido ali) de 49 Watts. Além disso há ainda três portas USB alimentadas pelo próprio monitor e um conector MagSafe, o que faz do Cinema Display o monitor externo ideal para um Macbook. Aliás, seu conector padrão (de vídeo e audio no mesmo cabo) é o Mini DisplayPort, presente nos Macs desde o final de 2008.

Por fim, mas não menos importante, o novo Cinema Display cumpre todas aquelas exigências ambientais que a Apple vem seguindo também desde o final de 2008 e que já garantiu a ela elogios do Greenpeace, que considera a empresa um exemplo a ser seguido.

O Cinema Display passará a ser vendido a partir de setembro nos Estados Unidos pelo valor de US$ 999. Para quem achou muito caro (acredito que essa seja a reação inicial de muitos), Paul Miller do Engadget nos lembra que o modelo equivalente da Dell, o U2711, é vendido por US$ 1099. E o vidro dele não foi polido com pêlos de unicórnios virgens como o da Apple. 😉