Abandonado por sua empresa-mãe apenas dois meses depois de seu lançamento, os telefones Kin One e Kin Two, da Microsoft já têm um lugarzinho garantido no hall dos grandes fracassos do mundo da tecnologia.“Uma fonte bem conectada” do blogueiro John Gruber, do blog Daring Fireball, afirma que os telefonezinhos da gigante do software venderam apenas 503 unidades entre sua chegada às lojas e o anúncio de seu fim, o que confirma um rumor que surgiu pela rede na metade do mês passado.

Nas palavras do misterioso personagem (e numa tradução livre):

Nós fizemos uma grande festa de lançamento em nosso campus e eu suspeito que ela deve ter custado mais que os lucros que tivemos com os modelos. Como empregado, estou com vergonha. Como acionista, estou revoltado. Uma coisa é incubar ideias e produzir modelos para ver se eles funcionam, mas colocá-los no mercado é totalmente diferente. Acho que os lançamos porque sentíamos que TINHAMOS que fazer isso e chamar alguma atenção – um enorme fracasso.

Apesar de especialistas do New York Times e Cnet especularem que “cerca de 10 mil unidades” dos modelos tenham sido vendidos, a fonte de Gruber diz que apenas mil unidades foram entregues à Verizon no último mês de abril e que a operadora ainda tem um bom estoque dos modelos em suas prateleiras.

Pouco antes de encontrar o fim da linha tanto o Kin One quanto o Kin Two estavam sendo oferecidos com generosos descontos nas lojas norte-americanas, o que não foi suficiente para aumentar sua popularidade.