Início / Arquivos / Internet /

Indústria pornô entra na guerra contra Flash

João Brunelli Moreno

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Quem diria, mas a Apple parece ter conquistado um aliado de peso em sua guerra já-não-tão particular contra o Adobe Flash. E o apoio, olha só, vem da indústria pornográfica, aquela mesma que não pode dar as caras na dupla iPhone e iPad e que foi uma peça chave no sucesso dos formatos VHS e Blu-Ray em suas guerras contra o Betamax e o HD DVD, respectivamente.

Ali Joone, um dos fundadores da produtora de filmes adultos Digital Playground, afirmou esta semana ao site ConceivablyTech que sua empresa pretende “abandonar o Flash em troca o HTML5 o mais rápido possível”. Para o executivo, é apenas “questão de tempo” para que o formato da Adobe desapareça “e passe a tocha para o novo competidor”.

Há cerca de um ano sua empresa começou a oferecer vídeos em HTML5 na versão de seu site desenhada para o iPhone, e a experiência parece ter sido das mais agradáveis: “O HTML5 é o futuro. Estamos esperando apenas todos os browsers serem compatíveis com o formato para abandonarmos o Flash”, comenta. Joone ainda diz que o fato das versões mais novas do Android serem compatíveis com o plugin não tem qualquer importância: “os navegadores móveis se comportam muito bem com o HTML5, enquanto o Flash tem impacto direto em seu funcionamento e bateria. Desta maneira, não vejo motivo para continuarmos oferecendo conteúdo no formato”, completa.

Além disso, Joone afirma que apesar das tentativas da Apple em manter o iPhone “imaculado”, os usuários do todo poderoso smartphone da maçã são consumidores vorazes de material adulto: “Nós estamos surpresos com a lealdade dos usuários do iPhone em nosso site. 70% dos consumidores nos acessam constantemente e deixam uma boa quantidade de dinheiro”, finaliza.