Início » Arquivos » Celular » A concorrência do novo iPhone

A concorrência do novo iPhone

Avatar Por

Dessa vez, até eu, usuária de todos os sistemas operacionais móveis, tenho de dar o braço à torcer para a Apple. O iPhone é, há 3 anos, a porta de entrada mais amigável ao mundo da internet móvel. Conquistou milhões de usuários leigos.

Agora, com a dupla iPhone 4 e iOS 4, será a vez dos mais críticos e exigentes sucumbirem. Será que todos os demais sistemas estão com os dias contados?

Panorama da concorrência, segundo um ponto de vista de usuária:

Android: aposta na diversidade de modelos e fabricantes, sendo democrática nos gostos, bolsos e aplicações. Contudo, a falta de uma padronização nas atualizações de OS deixa os modelos obsoletos muito cedo. Por exemplo, tem gente com aparelho 1.5 ou 1.6 cada vez mais zangada por causa do número crescente de apps exigindo versões mais novas para rodar. Mas modelos nessas versões são lançados todos os dias! A impressão é que se tem Androids de primeira linha, tipo o Nexus One, privilegiado e sempre atualizado, e outros de segunda linha, que jamais serão atualizados. Para agravar, as fabricantes são sempre escorregadias na hora de dizer se atualizarão ou não, e quando.

Symbian: moribundo, já tem vela e caixão encomendados, mas a família ainda não desligou o sistema de respiração artificial. A morte só será declarada quando seu substituto (MeeGo?) crescer e aparecer. Tudo ainda fica por baixo dos panos, por causa do número gigante de aparelhos na ativa com esse sistema. Eu ainda estou tentando entender “novidades” como o recém-lançado E73.

Windows Mobile: não dá para opinar, pois está em plena fase de transição. Se a Microsoft não focar só em redes sociais, modinha do momento, e manter o perfil produtivo-corporativo, o Windows Phone 7 será bem sucedido. A julgar pelos demos do Office Mobile que circulam por aí (SharePoint, colaboração etc.), a empresa está no caminho certo.

Blackberry: taí um aparelho que, com o passar dos anos, não comprometeu sua eficiência em prol de modismos. Ainda que algumas iniciativas, como o touchscreen, não tenham sido bem sucedidas, seus modelos mais recentes são ótimos. A bateria é quase milagrosa. Contudo, o OS precisa se renovar. Ninguém merece aquele navegador de 2004.

webOS: com a compra da Palm pela HP, ninguém sabe o que será do sistema. Fracasso de vendas, não empolgou os desenvolvedores. Mas tecnicamente ele é muito bom. Circula por aí que o plano da HP é colocá-lo num tablet. Dou o maior apoio! Sistemas móveis vão sobrepujar os convencionais na maioria dos dispositivos!

Fraquezas

Numa busca ávida por compradores, as fabricantes incorporam a seus aparelhos itens que consagraram o smart da Apple: telas capacitivas e grandes, design elegante e interface simples.

Então por que todas fracassam?

Porque não é imitando que se ganha mercado. Os pontos fortes são exatamente aqueles mais difíceis de serem derrubados. Por que não se concentram nas fraquezas?

É evidente que o cara que não quer um iPhone, não é pelos seus pontos fortes, mas pelos fracos! Ainda que o novo iPhone e o iOS sejam páreo duro, ainda há várias lacunas: a obrigatoriedade de uso do iTunes, as restrições de serviços das operadoras móveis, e o excesso de dependência da “nuvem”, que acaba drenando a bateria.

1. iTunes: o software é grande e pesado, principalmente em Windows. É verdade que ele é completo e não tão complicado de usar, mas sempre haverá gente que quer apenas arrastar-e-soltar suas músicas e vídeos na memória do aparelho. É exatamente nesse caminho que o Android pode tropeçar: o Google quer criar um serviço semelhante para sua plataforma!

2. Operadoras: sim, tem muita gente disposta a usar aparelhos que não te obriguem a assinar planos que não condizem com o uso que fazem. Assim como tem muita gente que quer usar seu pacote de dados do jeito que querem, e não como a operadora manda!

3. Nuvem + bateria + dados: sim, ainda tem muitas pessoas que não querem colocar seus calendários online e não tem a menor necessidade de serviços push. Tudo o que elas querem é sincronizar agenda, contatos, tarefas e notas com o Outlook, do jeito que faziam com seus Palms. Todo santo dia alguém me procura para “consertar” esses dispositivos de nova geração, para funcionarem de um jeito mais offline. Ainda mais com o absurdo que pagamos por planos de dados no Brasil. E essas pessoas também querem bons aplicativos nativos de agenda, contatos, tarefas e notas no seu mobile – há uma nova tendência de “matar” o app de tarefas. Os sistemas contemporâneos acham que sincronismo via cabo é coisa dos anos 90. Pode até ser, mas quem sabe o que é melhor para ele é o próprio usuário. Que também está cada vez mais descontente com as baterias, que não acompanham as demandas online modernosas! Nuvem tem que ser opção, e não obrigação.

Já se passaram 3 anos, mas a concorrência não fez a lição de casa como devia. Será cada vez mais complicado, mas ainda tem muita gente por aí disposta a fugir da tirania de Mr. Jobs. Alguém a fim de arregaçar as mangas?

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@DanKifer
Vendi meu N97 (que comprei em fevereiro deste ano) e estou aliviado. Symbian pra mim já nasceu morto, onde eu estava com a cabeça quando comprei aquela "coisa"?
Breno Brito
é, realmente... tem razão =) mas pô... essa do Android não atualizar e tal, acaba queimando o filme pra ela. Pois, o povo em geral não sabe que é culpa do fabricante ou operadora, acha que o Google que tá fazendo pouco esforço.
RaphaelDDL
Opera não manda o User-Agent do telefone. Entrar em sites mobile que seriam específicos para BlackBerry = #fail
Fabiano
Experimente o Milestone. Não vai se arrepender! :)
Fabiano
Ótimo ponto! De fato, o iPhone opera em um "ecossistema" bem mais controlado. Por outro lado, seria legal o Google dar uma pressionada nos fabricantes e/ou lançar atualizações opcionais para os usuários - quem quiser atualizar o Android do seu aparelho, pode pelo menos se arriscar.
himynameislima
Queria poder testar o android, nunca tive a oportunidade de mecher em um. =/
himynameislima
É, eu uso um synbiam e tal...o problema é que foi feito em "camadas". Para eu alterar uma simples consiguração, tenho que entrar em mil menus, paara achar uma coisa muito simples. Mas, esperamos que a nokia de a volta por cima e lance um symbian bacana, e tambem mais estável.
himynameislima
WINDOWS PIRATA \,,/
HOOG
Zé, é bom dar uma olhada nos outros sistemas comentados pela Bia. Acho que um smartphone com Android deve estar mais próximo do que você procura do que o IOS + IPhone. Boa sorte!
@ericardopch
Prefiro nem comentar... belo texto bia muito bom mesmo... e sobre os Macmaniacos ai de cima... falando mal do linux... voces usam linux todos os dias e nao sabem disso Oo ou voces acham que todas as paginas web do mundo sao hospedadas em servidores windows ??
Lucas G.
Tenho Omnia 1, e uso nele uma versão "cozinhada" por um brazuca, win mobile 6.5, com layout do HTC, e várias outras funcionalidades que não vem no original. E, por ser usuário deste mundo acompanho melhor e digo que ngm está muito empolgado com o win phone 7. Mas enfim, vamos aguardar pra ver. Verdade é, e penso eu, que nenhuma empresa conseguiu chegar num consenso do que é melhor, acredito que cada sistema tenha o seu ponto alto e o seu ponto baixo, unindo ainda a caracteristica do hardware. Uma das grandes vantagens da Apple é que ela cria um OS específico para UM UNICO aparelho, e é a UNICA empresa que faz isso. Algm chegou para ensar nesse pequeno e idiota detalhe? Isso capacita eles a poderem colocar no se OS APENAs aquilo que irá funcionar. Afinal, é como foi dito, vejam o Android, na teoria ele é fantástico, já na prática ele esbarra na enorme quantia de aparelhos para qual é integrado, e depende-se muito dos seus respectivos fabricantes de liberarem versões mais atualizadas condizentes com estes aparelhos. Logo, merda =] Tenho que me sujeitar a um mndo onde a Apple é melhor por pura incompetência alheia. Um mundo onde Steve Jobs mija em nossas caras, rindo maléficamente dizendo "eu faço como EU quiser, me engulam", retirando de cada um de nós a nossa liberdade =/ Qdo o iOS tiver super-heróis como o Flash, e o bom e velho arrastar-colar. Eu mudo de idéia ;P
@opuskaram
Bia, A melhor matéria que li nos últimos tempos sobre tecnologia móvel. Que venha o Iphone 4, 5, 6... e impulsione o mercado a desenvolver novos produtos, é isso que mais desejamos. Serviços de qualidade e aparelhos a preços competitivos. Sou fã do Black, na verdade fissurado. Hoje uso o Storm 2 (9550). Aparelhos perfeitos com sistema confiável, eficiente e seguro.
@itallo
Uso blackberry e winmobile, de fato o primeiro é fraquinho de design, embora atenda minhas necessidades em processamento de informações. O winmobile é mais acessível quanto a similaridade ao win7. E mesmo assim meus olhos tem brilhado para o iOS4. Incrível.
leogoss
Parabens pela materia, fantastico. Sou usuario do iPhone desde o 2G e nao troco por nada, principalmente pela navegabilidade dele que esta anos luz de qualquer outro, suavidade, as telas deslizam sem lags, agora com o iphone 4 e a tela de retina, realmente me faz crer que o Steve Jobs tem aquele livro do Mcfly de volta para o futuro com todas as engenhocas prontas ate 2030.
Thiago Lopes
Excelente crítica! Já passei por todas as plataformas citadas, exceto Android e parei no iPhone com o seu iOS. Mesmo com suas "limitações", acaba deixando os demais para trás no quesito usabilidade e performance. Nunca tive um problema de crash no iOS, coisa que acontecia com frequencia no Symbian e no WindowsMobile. Acredito ainda não existir o SO ou o celular perfeito. Mas que Mr Jobs e a trupe da Maçã estão avançando a cada ano, isso não podemos negar!
Exibir mais comentários