Nesta sexta-feira a Apple publicou uma página de demonstração das capacidades do HTML5 em diversas aplicações na web. Há sete categorias através das quais a empresa mostra o poder do HTML5: vídeo, tipografia, galeria de imagens, transições, áudio, visão em 360º e realidade virtual.

Cada uma das categorias mostra uma demonstração do que se pode fazer hoje utilizando apenas HTML5, CSS3 e JavaScript. Além disso, um link é disponibilizado para que webdesigners possam ver como aquelas demonstrações foram criadas e possam se aproveitar dos recursos em seus próprios sites.

Nem todos navegadores já são compatíveis com esses padrões mais atuais. Por isso as demonstrações — ao menos oficialmente — só funcionam no Safari, quer seja a versão para Mac, Windows, iPhone, iPod Touch ou iPad.

A página que lista as demos tem ao fim um link para uma extensa lista de sites “prontos para o iPad” — aqueles que não usam Flash e têm todos seus vídeos convertidos para HMTL5/H.264 — e um link para a polêmica carta aberta de Steve Jobs, “Pensamentos sobre Flash”. Para completar a alfinetada na Adobe, a Apple ainda diz que “padrões [HTML5, CSS3 e JavaScript] não são adições à web. Eles são a web.”

Na demonstração de tipografia, além dos exemplos prontos, é possível formatar o seu próprio texto em tempo real através de uma interface criada apenas com HTML5, CSS3 e JavaScript.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@JoaoBerdeville
Aliás. Outra coisa em que o cara errou; -webkit não é proprietário da Apple, é usado por qualquer browser com WebKit.
Hernani
Apple querendo tirar uma com a Adobe e comete o FAIL de poder visualzar somente no Safari.
Hernani
HAuhauahua ironia pouca é bobagem
Rafael Silva
2!
himynameislima
Ironia, não preciso de flash, MÃS, sou obrigado a fazer o download do Safari. Fico com o Flash e Firefox.
tplayer
Concordo, aquilo ali não é um demo de HTML5 e sim um demo de JavaScript.
tplayer
Esse comentário foi copiado em parte de um post do blog do Haavard(membro da equipe do Opera). Leia e veja semelhanças: http://my.opera.com/haavard/blog/2010/06/04/apple-html5 Vale notar que esse demo de HTML5 não tem nada de HTML5, já que só usa e do HTML5.
Alisson melo
Acho que n?o. Quem iria mudar de navegador s? para testar um negocio desse?. Seria meio insano.
Gilberto Lúcio
Fato! Muito bem colocado... Pra mim, Browser bom e Browser que roda tudo independente de birrinhas...
LADAINHA
Isso não passa de uma ilusão, tudo feito nesta página é possível no HTML4 também, apenar utilizaram algumas tags HTML5, o resto continua sendo scriptaculous e prototype, podem olhar os código-fonte de cada exemplo e verão que é apenas uma ilusão para dizer que o html5 faz o que o flash faz... mas não faz... no mais eu fui experimentar o último exemplo (vr), no pc, com a última versão do safari, e apareceu uma mensagem dizendo que só consigo visualizar o exemplo no safari do mac OSX, ou no iphone... No mais a carta que jobs escreveu, 99% é ladainha, besteirol... as duas maiores besteiras que ele falou foram "Flash foi desenvolvido exclusivamente para dispositivos com mouse" e "Flash não suporta multitoque", procurem no site gotoandlearn.com e verão que o flash tem suporte NATIVO ao toque na tela e ao multitoque...
@JoaoBerdeville
Aliás, vale a leitura desse comentário do "Nom4d3", no post do MacMagazine sobre o assunto: "Lamentável essa suite de testes. Chamado engana trouxa e digo o pq: Eles fazem browser sniffing para nao testar em outros navegadores, pois não utilizam CSS3 padrão e sim comandos proprietarios da Apple (com sufixo -webkit-) que não sao padroes em outros navegadores e nem com a W3C. Um exemplo é o lance de bordas arredondadas. Eles estão usando o -webkit-border-radius. Isso não funciona em outros navegadores pois é padrão da Apple. Estao usando codec H.264 para video, o que ainda não é padrao HTML5 e se deus quiser não será. Apple está fazendo o mesmo que a MS está fazendo com os previews do IE9. MS diz que seu navegador é o mais padronizado. Mas analisando corretamente ela só mostra os testes q o navegador dela passa o que corresponde a nem 30% do que deveria ser testado. Eles comparam outros navegadores com versoes antigas, como o Opera 10 (hj estamos na 10.60 alpha) e o Chrome 4 (estamos na 6 beta). Apple quer tanto uma web aberta, mas só está usando tecnologia fechada."
Atila Correia
Que tal o blender3D?
Kadu
Internet Explorer 4? HAHAHAHAHAHA
Kadu
Tentei acessar do meu Chrome (compatível com HTML5) e não abriu. É a Apple querendo pescar novos usuários pro Safari. Ai, ai...
Rafael Albuquerque
Mas que barbaridade que saiu daí (não querendo ofender, claro). Open-source não é mal programado. Veja-se o exemplo do Linux em si. As melhores empresas trabalham todas para estes sistemas operativos. A própria Google faz patches de correcção para o Ubuntu, por exemplo. O Chromium, base do Chrome, é open-source e funciona perfeitamente, sendo talvez o melhor browser da actualidade. O segundo melhor browser, na minha opinião, também é open-source: Mozilla Firefox.
Exibir mais comentários