Início / Arquivos / Celular /

Apple compra empresa de “busca inteligente” mobile

Juarez Lencioni Maccarini

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Seu “assistente pessoal virtual” agora é da Apple.

A Apple tirou a semana para ir às compras. Ontem ela comprou a Intrinsity, empresa especializada em microprocessadores para dispositivos móveis. Hoje a empresa de Cupertino comprou a Siri, empresa que é responsável por um aplicativo que se define como um “assistente pessoal virtual”.

Na prática, o que ele faz é ouvir perguntas do usuário, entender a fala, e apresentar resultados como restaurantes de certa especialidade em uma dada região, horários de filmes, que shows estão tendo na cidade, coisas assim. O programa até chama um táxi pra você voltar pra casa, caso tenha exagerado na bebida (sim, ele promete entender até mesmo o discurso desconexo de um bêbado).

A aquisição já foi registrada no Comitê Federal de Comércio americano (FTC), mas nada foi dito acerca do valor do negócio.

O tipo de serviço que a Siri oferece é, de certa forma, uma solução de busca bem mais coerente com o cenário mobile. Ela tem ciência da localização do usuário e fornece respostas diretas para as perguntas ao invés de uma lista de sites, até mesmo executando ações como reservar uma mesa em um restaurante ou chamar um táxi. Não se impressionem se muito em breve — quem sabe já na WWDC no dia 7 de junho — essas funcionalidades da Siri passarem a integrar o recurso de Voice Control do iPhone.

Ah sim, antes de terminar, só uma curiosidade: hoje pela manhã a página inicial da Siri ainda mostrava com grande destaque um BlackBerry exemplificando as funcionalidades do aplicativo. Quem visitar o site agora irá encontrar um iPhone no lugar. Que coincidência, não? 😉