Início / Arquivos / Celular /

Quer pornografia? Então compre um Android, diz Jobs

João Brunelli Moreno

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Matthrew Browning é um usuário do iPhone que recentemente escreveu um e-mail para Steve Jobs – que, como se sabe, anda animado em responder sua correspondência – indagando a respeito das rígidas regras de conteúdo da iTunes App Store. Sua reclamação era a respeito da exclusão do app do cartunista Mark Fiore, que já recebeu um prêmio Pullitzer por conta de suas sátiras políticas. Confira:

“Depois de anos de tentativas por parte de meus amigos, o iPhone 3G me converteu aos produtos Apple. Eu comprei quatro telefones, dois computadores e outros itens, mas de uns tempos para cá noto que começo a ter alguns problemas filosóficos com a companhia. Aparentemente a empresa está determinando qual tipo de conteúdo seus usuários podem receber, como o o caso do cartunista Mark Fiore, que faz sátira política e foi banido da Apple por ser considerado pornografia.

Eu faço de tudo para manter meus filhos longe de conteúdo adulto, mas isso não significa que eu não queria ver quanto eu esteja afim. É para isso que serve o controle dos pais. Coloquem esse tipo de apps numa categoria à parte e permitam aos pais que seu acesso seja controlado.

A missão da Apple não é fazer patrulha moral, mas sim desenhar produtos legais que os usuários gostariam de ter”.

E a resposta de Mr. Joboso, um pouco mais longa que o habitual (ou seja, com mais de três palavras):

“A App de Fiore esteve na App Store por pouco tempo e sua aprovação foi um engano. Em todo caso, nós acreditamos que temos a responsabilidade de manter pornografia longe do iPhone. Os que quiserem pornografia devem comprar um telefone com Android.

Ouch. Sim, Steve Jobs recomendou que alguém comprasse um telefone com o Android, mesmo que indiretamente. Será que agora as vendas do Nexus One decolam? [Cult of Mac]