Início / Arquivos / Celular /

Apple confirma: iPhone encontrado pertence à empresa

Juarez Lencioni Maccarini

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Seja este um dos maiores golpes de marketing viral da história recente ou um dos maiores vazamentos de segredo corporativo dos últimos tempos, o que temos certeza é: o iPhone encontrado em um bar — que acredita-se ser o iPhone de próxima geração ainda não anunciado — é de fato propriedade da Apple. Nenhuma surpresa tão grande aí, já que o Gizmodo — o site que foi contatado pela pessoa que encontrou o iPhone perdido — já havia aberto o aparelho e encontrado toda a evidência necessária para que se concluísse que o protótipo havia realmente sido fabricado pela Apple. O fato digno de nota foi a Apple ter entrado formalmente em contato com o Gizmodo para solicitar a devolução do aparelho que (ela deixou bem claro) pertence à empresa. Veja a imagem da carta e logo abaixo uma tradução livre do corpo da mensagem:

Carta solicitando o iPhone de volta: “o aparelho pertence à Apple.” (Gizmodo)

“Chegou à nossa atenção que o GIZMODO está atualmente em posse de um aparelho que pertence à Apple. Esta carta constitui uma requisição formal de que vocês devolvam o aparelho à Apple. Por favor me informe onde retirar a unidade.”

A carta foi enviada (por e-mail, claro) em papel timbrado e assinada por Bruce Sewell, Vice Presidente Sênior e Conselheiro Geral da Apple. Obviamente, isso não confirma que este seja de fato o iPhone que acredita-se que será lançado na WWDC desse ano, só confirma oficialmente que o aparelho encontrado é, de fato, fabricado pela Apple. [Gizmodo: em português e em inglês]

PS: Apenas um breve comentário: imaginem se Steve Jobs tivesse sido a pessoa a redigir essa carta. Pela concisão que seus e-mail costumam ter, não seria surpresa se a carta dissesse apenas “Ele é nosso. Devolva.” 😉