moto-z-5

Eu espero que você não esteja muito incomodado com essa história de os conectores para fones de ouvido sumirem dos smartphones. Se estiver, isto vai soar como má notícia: nesta semana, o USB-C ficou oficialmente pronto para ocupar o lugar dos conectores de 3,5 mm.

O assunto ganhou força com os lançamentos do iPhone 7 (incluindo a versão Plus) e do Moto Z. Ambos não têm conectores tradicionais para fones, como você deve saber. Mas isso não quer dizer que só a Apple e a Lenovo estão determinadas a fazer essa mudança. Outras gigantes da indústria também estão nessa. É justamente aqui que o USB Implementers Forum (USB-IF) entra em cena.

A organização é responsável por definir os padrões do USB e, como tal, conta com o apoio de vários nomes da indústria. Um deles é a Intel, que esteve à frente do desenvolvimento do recém-finalizado USB Audio Device Class 3.0 (PDF), conjunto de especificações que determina como o áudio deve funcionar nas conexões USB-C.

Com essas especificações, a indústria pode utilizar o USB-C como conexão padrão para diversos equipamentos de áudio, incluindo dispositivos de realidade virtual, caixas de som e, claro, fones de ouvido.

moto-z-11

Entre as vantagens do novo padrão estão o suporte a áudio digital, os controles para redução do consumo de energia e a garantia de interoperabilidade (um headset com USB Audio Device Class 3.0 vai mesmo funcionar com um smartphone compatível com as mesmas especificações, por exemplo).

Mas o USB-IF não esconde que o principal benefício (ou, ao menos, o mais chamativo) é a eliminação do conector de 3,5 mm. Portas USB em dispositivos móveis são usadas para dados, energia e até vídeo, mas não para áudio. Mesmo nos aparelhos com USB-C, o conector P2 / P3 continua existindo. Pelo menos até agora: com o USB Audio Device Class 3.0, os fabricantes podem eliminá-lo de vez.

“Menos conectores abrem portas para a inovação em múltiplas frentes, tornando mais fácil o projeto de dispositivos resistentes à água”, exemplifica o USB-IF. No primeiro semestre, a Intel havia apontado outras vantagens, como a possibilidade de sensores colocados nos fones de ouvido transmitirem dados ao smartphone, recurso que poderia ser útil em aplicações de saúde e esporte.

Como essa não é uma transição “indolor” — você terá que usar adaptadores para conectores de 3,5 mm ou comprar fones com Bluetooth se quiser deixar a porta USB-C livre —, ainda há dúvidas sobre o fim dos conectores tradicionais nos dispositivos móveis. Nesse sentido, dá para dizer que o Moto Z e o iPhone 7 estão fazendo o teste de aceitação (embora o aparelho da Apple use Lightning em vez de USB-C).

Porém, as chances de mudanças são realmente grandes. Como o USB Audio Device Class 3.0 oferece uma padronização que facilita a implementação, a tendência é a de que os fabricantes abandonem a saída de 3,5 mm à medida que o micro-USB estiver sendo trocado pelo USB-C.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Flavio Toledo
Isso questao tempo ate empresas adptador os acessorios para novo formato e celulares sempre foram descartaveis geralmente quando da defeito galera sempre troca com exessaop quando esta na garantia ou sai muito barato.
Flavio Toledo
para chorar velho esse mudança vai trazer mais beneficios do que desvantagens uma uncia conexao audio,video,dados e uma otima ideia ate para levar para outros equiapmentos claro vai levar tempo.
Flavio Toledo
Opa na hora nem notei desconsidere comentario anterior.
Igor
Foi ironia.
Flavio Toledo
Passei so para ver os mimimimi unica forma mostra esta insatisfeito e nao comprar e dar preferencia para aqueles fabricantes/modelos ainda incluir entrada P2 e pronto!
Flavio Toledo
porra vc comentando sobre estudar ainda manda um "JENIAL" perdeu toda credibilidade seu comentario.
Flavio Toledo
Para mim porta lighting so tinha 2 vantagens primeiro e reversivel e segundo livrar daquele pessoal chato pegar cabo emprestado para fazer recarga e nao devolve. Mas com mudanças atuais melhor mudar para USB-C.
Flavio Toledo
concordo essa foi maior erro da apple insistir com entrada lighting ira servir somente para perder clientes e dificultar as coisas.
Flavio Toledo
Cara no mercado ha diversos fabricantes vende fone ouvido bluetooth basta fazer uma simples pesquisa nao precisa comprar os Earpods. Maior problema celular vir incluso fone ouvido blueatooth ira aumentar preço desnecessariamente e a apple mudou formato fone ouvido.
Flavio Toledo
fone/Headphone Bluetooth
Flavio Toledo
hahahahahaha Lenovo trolou hein tirou entrada P2 manteve fone no mesmo formato pelo menos apple mudou formato do fone de ouvido ainda assim foi um erro manter conexao lighting com essas mudanças atual.
Flavio Toledo
Tipo bateria sao diferentes ambos equipamento ate hoje nunca ouvi falar sobre headphone bluetooth explodindo alias antes da samsung ja aconteceu com outros aparelhos utilizando cabo USB vagabundo durante recarga.
Flavio Toledo
Mesmo com essa mudança ira existir fabricantes ira mantar entrada P2 propia marshall lançou aparelho celular voltado para musica.
Flavio Toledo
Ainda da para fazer isso usando headphone bluetooth em aparelhos sem entrada P2
Marcelo Farias
não esqueça que as demais marcas não dão suporte a escutar músicas pelo fone de ouvido Bluetooth. Eles servem apenas para chamadas. Aí você precisa baixar aplicativos na Play Store que reduzem bastante a qualidade do áudio.
Exibir mais comentários