Chega de travamentos: a Mozilla anunciou nesta quarta-feira (20) que vai adotar novas restrições para a execução de plugins no Firefox, especialmente o Flash. A partir de agosto, conteúdos em Flash que não forem essenciais para o usuário serão bloqueados. Em 2017, o navegador passará a exigir que o usuário dê permissão explicitamente antes que um plugin possa rodar no Firefox.

flash

A motivação da Mozilla está, claro, em melhorar a estabilidade do Firefox. Um gráfico mostra tendência de queda bem significativa (mais de 50%!) na taxa de falhas de plugins em dois momentos. Primeiro, quando o YouTube passou a adotar HTML5 por padrão, em 2015. Depois, quando o Facebook também abandonou vídeos em Flash. Dá uma olhada:

Plugin-crash-rate-in-Firefox

A Mozilla acredita que o bloqueio de conteúdos em Flash não essenciais vai reduzir os travamentos do plugin em até 10%. Parece uma medida simples, mas isso pode causar vários problemas de compatibilidade. Por isso, a Mozilla está varrendo os 10 mil sites mais acessados (de acordo com o Alexa) para descobrir exatamente quais conteúdos podem ser bloqueados ou não.

Os planos da Mozilla avançarão em 2017, quando os usuários terão que aprovar a execução de plugins de terceiros, como Flash e Silverlight. Essa medida vale para qualquer conteúdo na página, então é recomendável que os sites que ainda utilizam essas tecnologias migrem para ferramentas equivalentes em HTML5 para evitar problemas.

Por fim, seguindo os passos do Chrome, o suporte a plugins NPAPI no Firefox, como Java e Silverlight, será totalmente removido — o que deve causar alguns problemas com plugins de bancos no Brasil (e sistemas internos da década passada). A mudança estava prevista para este ano, mas foi adiada para março de 2017. Preparem-se.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

João Paulo Santos Carvalho
Air com AS3 vivo para Android. Quantidade de games lá não justifica a morte em mobile sob air, mas desktop... esse lance de "morte ao flash" foi oriundo de tretas entre apple e adobe no passado, quem conhece de verdade a história sabe disso (e olhe que codo hoje em C# meus games)...
LekyChan
existe, o dono do site tomar vergonha e mudar para HTML5 kkkkkk
Jorge Luis
Alguém sabe informar se com o fim do Flash, os sites feitos em Flex deixam de funcionar ou existe alguma alternativa?
Paulo H. dos Santos
Alguém ia ficar Rico se inventasse um FlashToHTML5, tipo aqueles softwares de conversão? Kkkk
Arthur Fortes
Adoro como todos os posts sobre o FlashPlayer tem a foto do Flash
Renan Maia Fernandes
Mais incrível é o TRT SP recomendar usar uma versão antiga do Java pra acessar a parte de PJE em vez de, pelo menos, atualizar o sistema pra um versão nova ou mudar o sistema pra algo mais moderno que não necessite de Java ou plugin's e afins.
Ricardo - Vaz Lobo
É coincidência ou toda vez que desativo o Flash do Pentium 2 lá do barraco, não consigo assistir telecineplay?
Diogo

Inclusive alguns sites de.. hã.. educação adulta.
Porém a situação está começando a mudar:
http://gizmodo.uol.com.br/x...

Diogo Nóbrega
Inclusive alguns sites de.. hã.. educação adulta. Porém a situação está começando a mudar: http://gizmodo.uol.com.br/xvideos-sem-flash/
Alberto Prado
Tem certos assunto que a empresas de tecnologia tem de serem mais ditadoras mesmo. Esse é um deles. Tem quem enfia goela a baixo a desativação dessa porcaria.
Ed. Blake

A intelbras, por exemplo, desenvolve os firmwares dos rádios APC 5.8Ghz com interface em Flash. Desde a última atualização do Firefox no Ubuntu meu flash sumiu e tenho que trocar de navegador para acessar um equipamento.

Comediante
A intelbras, por exemplo, desenvolve os firmwares dos rádios APC 5.8Ghz com interface em Flash. Desde a última atualização do Firefox no Ubuntu meu flash sumiu e tenho que trocar de navegador para acessar um equipamento.
Jefferson Rodrigues
Tem alguns sites que usam.
Diogo Buíque
Uso de plugin flash é o verdadeiro significado da palavra 'obsoleto'.