A câmera do seu celular é excelente: tem trocentos megapixels, gera imagens sem ruídos, filma em 1080p, enfim. Mesmo assim, a gravação que você fez saiu toda tremida. Trabalho jogado fora! Ou não: agora você pode “salvar” o vídeo usando o Hyperlapse, app que a Microsoft acaba de lançar.

Hyperlapse

O nome talvez lhe soe familiar. Em agosto do ano passado, a Microsoft Research demonstrou uma tecnologia que estabiliza vídeos tremidos ao ponto de parecer que você filmou com o auxílio de um equipamento próprio para estabilização. Naquela época, o projeto já tinha o nome Hyperlapse.

Não estamos falando de um conceito novo. Há outros softwares que fazem isso. O YouTube, aliás, oferece um recurso semelhante desde 2011. Mas o Hyperlapse se sobressai porque entrega resultados que beiram a qualidade de gravações profissionais sem, no entanto, exigir conhecimentos avançados do usuário.

Como funciona? Mágica. Ou quase isso: na versão para desktop, o que a tecnologia faz, essencialmente, é analisar quadro por quadro do vídeo para criar uma espécie de mapa 3D do material. Com o mapeamento, o software consegue identificar a posição de cada elemento e recria os quadros eliminando os fragmentos que correspondem a movimentos bruscos.

Nas versões para dispositivos móveis, o Hyperlapse tenta montar as sequências tendo como base quadros mais completos em vez de “costurar” pedaços de frames como na modelagem feita no PC.

O Hyperlapse é especialmente útil em vídeos de ação, ou seja, filmagens feitas por pessoas esquiando, andando de skate, correndo de bicicleta e assim por diante.

Além de eliminar os tremores que estragam o vídeo, o software consegue suavizar os movimentos, principalmente em curvas. Esse é um efeito quase hipnotizante e que, portanto, aumenta as chances de o vídeo ser visto até o final. É possível ainda aumentar a velocidade da filmagem para montar uma espécie de time-lapse.

É verdade que você poderá notar uma imperfeição ou outra. Alguns movimentos são tão ríspidos que pequenos “pulos” ou distorções no vídeo podem aparecer. Felizmente, esse é um problema que a Microsoft atacou nos últimos meses, razão pela qual é pouco frequente.

Se você é usuário do Windows Phone 8.1, pode baixar o Hyperlapse aqui. O aplicativo também está disponível para alguns smartphones com Android, mas você precisa participar deste grupo no Google+ e seguir as orientações disponíveis ali para testá-lo.

O iOS ficou de fora, embora a Microsoft não descarte o lançamento do app para o sistema mais à frente. De todo modo, os usuários da plataforma podem contar com o Instagram Hyperlapse, que tem funções similares.

A versão Pro, para PC, tem uma versão “preview” disponível neste link.

Atualizado às 14:15

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Josemar Martins

Consigo usar no moto g 3 o hiperlapse

Everton Germano
Deve ser porque o Instagran lançou a vários meses atraz um aplicativo com o mesmo nome e mesmissima funcionalidade para o IOS https://hyperlapse.instagram.com/
Rafael Salgado Ribeiro
MS lançando pra WP primeiro? Milagre, pq ultimamente tá tudo ao contrário...
Keaton
Só eu que achei estranho não ter aparecido ninguém falando do Linux? =p
Jairo ☠️

As vezes a MS surpreende...

jairo
As vezes a MS surpreende...
Alessandro Johnny
Tenho testado a versão Pro Preview no desktop com vídeos de pakour que tem no Youtube e o resultado é impressionante. :O
Sergio Fagundes
E do android também. Só ver a quantidade de patentes que o android usa e que pertencem a M$, ela ganha uma graninha lascada com isso.
Henrique Alves
E do android tbm?
Kawe Antônio

Show esse app. Vai melhorar bastante os vídeos feitos com GoPro ou similares, ainda mais com essa visão estilo Street View que dá uma imersão bem bacana.

Kawê A.
Show esse app. Vai melhorar bastante os vídeos feitos com GoPro ou similares, ainda mais com essa visão estilo Street View que dá uma imersão bem bacana.
Vader
quais?
Vader
na verdade, há que se levar em consideração que é um lançamento da Microsoft, "dona" do Windows Phone. tsc
Gabriel Lacorte
Show! Já é um grande diferencial poder pegar vídeos da biblioteca.
Sandir Leonardo
LG G3 "não é compatível"... Nem queria mesmo...
Exibir mais comentários