Lançamento mais importante do ano para a Samsung, o Galaxy S6 e seu irmão premium S6 Edge apresentam um grave problema relacionado ao gerenciamento da memória. A própria fabricante reconheceu a falha em uma mensagem publicada na página oficial para o Reino Unido. Tudo leva a crer que a falha está relacionada com o Android 5.0.2, versão incluída no smartphone e que já está desatualizada.

A história é a seguinte: o Lollipop possui um memory leak, quando a própria plataforma mantém dados de apps na memória mesmo quando eles já não mais em uso. Isso faz com que cada nova instância passe a utilizar mais uma fatia de RAM, até que o sistema perde desempenho por causa do uso intenso. Eu relatei esta experiência no review do Galaxy S6 Edge. Comigo demorou alguns dias para que o sistema ficasse lento, no que chamei de “maldição do Android”. Mesmo com um app de gerenciamento da memória que em tese deveria limpar a RAM, o smartphone continuava com desempenho ruim.

Limpar tudo: diga aonde você vai que eu vou varrendo (Foto: Thássius Veloso / Tecnoblog)

Limpar tudo: diga aonde você vai que eu vou varrendo (Foto: Thássius Veloso / Tecnoblog)

Ao Tecnoblog, a Samsung brasileira também se manifestou sobre o caso: “Esta situação não está relacionada com a gestão da memória RAM. Nosso Galaxy S6 foi construído com um algoritmo de memória que otimiza a velocidade de aplicação e capacidade de processamento para uma experiência única de uso.” A companhia também foi consultada sobre planos de atualizar o Android, o que poderia atenuar a falha. Ela prometeu dar uma resposta futuramente.

Enquanto isso, a nota do S6 Edge no nosso review foi revisada levando em consideração este fator oficializado pela Samsung do Reino Unido. Vale lembrar que a bateria também permanece em reavaliação enquanto nós executamos novos testes com outro dispositivo fornecido pela fabricante. A ideia é confirmar a autonomia de bateria de pouco mais que 6 horas vai com um novo sample.

Existem duas maneiras de atenuar a situação da memória: fechando todos os apps a partir da central de multitarefa ou dando um reboot no dispositivo. No entanto, vamos combinar que nenhum usuário deveria se preocupar com este tipo de gerenciamento. Muito menos abrir um aplicativo próprio da Samsung para limpar a memória. Por isso que eu costumo dizer que o sistema do robôzinho continua com seus engasgos.

galaxy-s6-edge-notificacao-colorida

Ainda falando de S6, veio à tona nesta quarta-feira (6) que a câmera de 16 megapixels (fantástica, por sinal) utiliza sensores óticos produzidos por fornecedores diferentes. Alguns lotes têm o sensor Sony IMX240, enquanto outros saem da fábrica com o Samsung ISOCELL. A Sammy diz que isso não é exatamente um problema porque o resultado final é bastante similar.

SamMobile montou um comparativo e chegou à conclusão de que as imagens com o sensor da Sony são mais vibrantes e quentes, com maior profundidade, em ambientes bastante iluminados. Já o sensor ISOCELL têm performance melhor em condições de pouca luz. Por fim, o IMX240 gera arquivos finais mais leves do que o ISOCELL.

O receio aqui era de que as fotos finais com os sensores diferentes fossem muito destoantes. Num passado recente, a Samsung chegou a produzir smartphones com processadores diferentes, dependendo do país. Isso levou à fúria dos consumidores em mercados que recebiam as unidades de Galaxy S III com chip dual-core em vez de quad-core. Em contrapartida, o modelo americano tinha 2 GB de RAM, contra 1 GB encontrado em outros países.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

cristina
Bom andei acompanhando vários sites e canais do YouTube antes de comprar os aparelhos que já tive e que tenho, fui conhecendo aos poucos e ainda tenho muito a aprender, dos aparelhos que já tive só 1 comprei na loja o restante peguei usado mesmo que ficava mais fácil e em conta pra mim, tive um moto e primeira geração e não respondia ao meu uso de 4 a 5 anos pra cá só troque meus aparelhos por que sempre tinha alguém que gostava e comprava um igual e o meu acabava quebrando e eu desanimava dos aparelhos o LG Optimus l5 foi o pior pra mim, agora o g2, g3, o Xperia m4 foram ótimos eu usava bastante memória apps pesados e dava conta do serviço, mas nenhum superou o moto x2 ótimo aparelho mesmo eu usando 40 apps 700 músicas, quase 2000 fotos e uns 300 vídeos totalizando 20 gigas de sua memória sendo usada e e sendo constante o uso pois eu ficava mais em casa então era o dia inteiro no celular em jogos pesados com Asphalt 8, hay day, Ângela, entre outros que consumia mais de 1 GB de memória e constante uso, não tive travamentos nem problema algum acho que as pessoas falam de mais muitas das vezes pois a única infelicidade que tive foram eu ter conversado com outras pessoas e falado tudo que o aparelho tinha e pq eu queria ele, meu moto x2 que esperei 2 anos pra comprar o mais esperado minha cunhada com 2 semana de uso derrubou e quebrou a tela fiquei um mês só usando o comando de voz dele paguei um absurdo no conserto 1000 de tela pq não achava a tela e depois disso fiquei mais 1 ano com ele usando tudo que ele tinha pra oferecer só não fiz root pq fiquei com medo, troquei ele tem 2 dias num Galaxy s6 e ainda tô avaliando o desempenho se vai suprir minhas necessidades mas acho que tudo vai das pessoas ficarem colocando o problemas que os outros teve na cabeça.
Jefferson Romulo
Fiz um comparativo entre dois s6 edge, um deles ao tirar a foto com uma lâmpada acesa no fundo saiu a foto de boa, perfeita, mas a outra de todo modo que colocava saia os raios de luz da lampada, sempre deixando a foto ruim
GIUSEPPE RIZZUTO
Comprei S6 e com 10 dias de uso ele apagou. Resetei o mesmo e atualizei o software para 5.0.2 - Resultado, ficou mais rápido e a duração da bateria melhorou consideravelmente. Aconcelho que atualizem para melhor desempenho. Para resetar basta segurar o botão de volume(para baixo), power e home ao mesmo tempo por 7 segundos.
Willney Kzan
Comprei um Samsung S6 , e o mesmo esquenta muito no acesso com rede Wifi e rede 4G sem condições de uso e em apenas 7 dias já troquei o mesmo aparelho duas vezes e ele apaga a tela e fica piscando o LED azul e a tela toda apaga, não sei qual é o problemas , mas garanto que não uso mais este aparelho, pois estava buscando algo diferenciado e arrojado e até o momento só me deu raiva e atrapalhou os meus trabalhos profissionais. Estarei indo na loja hoje em Belém para fazer a nova troca , mas sim por outro aparelho e modelo diferente.
Joao Flavio Albuquerque
Tudo verdade em Relação a memória...tenho o S6 e após 3 semanas de uso a memória ram aumentou e muito, e não fica mais baixa. Aplicativos que no meu S5 ocupavam menos memória, no S6 é um absurdo. Desativei os aplicativos que o aparelho permite como por exemplo: Google +, Google Drive, Play Banca, Google Play Musica, One Drive e até o Chrome pois uso o Dolphin. Enfim tenho rodando direto o Facebook, WhatsApp, Mensseger e Instagram...e a memória ram fica na casa dos 90% de uso, tomara que sai uma solução pois estou desapontado pelo que acontece em um aparelho super caro e potente...hoje não indico para comprarem, é melhor esperar para ver se haverá alguma correção.Se for problema do Android ou Samsung, não sei, só acho que tem que ser resolvido rápido essa palhaçada.
SPO
Meça suas palavras??? Não fala besteira. O Atrix TV tinha 512 G de RAM. Pesquise antes de escrever. Olhe na própria página da Motorola. E tem outra, rapaz, não mande que eu meça minhas palavras. Voc~e não me conhece.
Breno Ribeiro
Cê não viu que eu tive um Nexus 4 também? Foi o mais satisfatório dos Androids que eu tive. Mas a bateria e a câmera eram decepcionantes. Fui pros Lumia, que me dava isso e um pouco mais de estabilidade com menos hardware.
Ericson Evandro
Meça suas palavras, pois motorola atrix tem 1GB de memoria RAM. Em sua época, era um Top de linha
Ericson Evandro
vc acha que android é um lixo pois só mexeu com aparelhos samsung. Experimente pegar um sony ou motorola, vai ver que S6 é brinquedo de criança
Ericson Evandro
WP de 500 reais tbm não deve prestar...
Ericson Evandro
"Maldição do android" Ao escrever artigo, a pessoa nem deve estar familiarizada com a evolução do sistema pois as versões 4.x do android gerenciam a memoria RAM de forma fantastica, possibilitando que um aparelho mais antigo venha a ser atualizado para a plataforma mais recente, na época do lançamento.
Breno Ribeiro
Me diz por que de todos os aparelhos que eu tive só o S4 teve "esse problema"? Porque nem foi esse. A não ser que o aparelho já venha corrompido de fábrica. Continua sendo um lixo que cobra mais do que entrega.
Breno Ribeiro
Ok, iPhone usa microSD agora. Parabéns. Por que vou me privar de usar certos apps como Facebook pra o celular ficar estável? Isso é um absurdo. Eu quero usar o que eu bem de entender que estiver disponível de forma oficial para o meu telefone sem qualquer ressalvas. Não pude com o S4, então é um lixo sim. Isso usando um SanDisk 32GB Classe 10. Que, por sinal, no meu atual telefone, dá até pra mover os apps pro cartão sem qualquer limitação.
SPO
Acho que até agora eu fiquei discutindo com criança. Chega. deve ser um espinhudo. Estou fora dessa discussão. O cara nem sabe o que está falando e ainda diz que estou supondo. Não respondo mais. Prometo.
SPO
Hahahahahaha... depois eu vi o vídeo.... que ridículo... pesquise sobre o processo que fez o aparelho ficar assim... o cara nem sabe do que tá falando. Isso é corrompimento do app da Google Play. Que ridículo. E é fácil arrumar. Pesquise! Para mim chega de responder para jamantas.
Exibir mais comentários