Início » Computador » Rumor do dia: Microsoft testa versão gratuita do Windows 8.1, o “Windows 8.1 with Bing”

Rumor do dia: Microsoft testa versão gratuita do Windows 8.1, o “Windows 8.1 with Bing”

Emerson Alecrim Por

Nos últimos dias, surgiram rumores de que a Microsoft estaria estudando medidas que visam, entre outros objetivos, combater o avanço do Chrome OS no mercado. Uma delas foi “vazada” recentemente: uma suposta versão gratuita do principal sistema operacional da empresa chamada “Windows 8.1 with Bing”.

Há poucas informações sobre esta versão, mas o Windows 8.1 with Bing parece não apresentar nenhuma grande alteração estrutural em relação ao Windows 8.1 “normal”, tampouco se propõe a seguir o modelo de remuneração com propaganda. O seu diferencial estaria em uma integração mais agressiva com os serviços online da Microsoft, como OneDrive, Outlook.com e, como o nome sugere, Bing.

A princípio, a ideia tem o potencial de matar três coelhos em uma cajadada só: promover os serviços nas nuvens da Microsoft, diminuir a legião de usuários que permanecem fiéis ao Windows 7 e, como já informado, combater qualquer passo mais ousado do Chrome OS.

Não que o sistema operacional do Google esteja diminuindo o espaço do Windows, mas aqui entra o cuidado de cortar o mal pela raiz: há cada vez mais Chromebooks no mercado. No Brasil, por exemplo, a Samsung lançou um Chromebook no último dia 12 pelo preço sugerido de R$ 1.099.

Windows 8.1 with Bing

Ainda não há nada confirmado sobre a existência desta versão, é bom ressaltar, mas fontes anônimas próximas à Microsoft disseram ao The Verge que o projeto é real e está em fase de testes. Há imagens aqui (não oficiais) reforçando a afirmação.

Além dos aspectos técnicos, a Microsoft estaria estudando como distribuir o sistema. Uma das ideias é oferecê-lo como um upgrade gratuito para quem utiliza o Windows 7 ou até mesmo o Windows XP, uma vez que o fim do suporte a esta versão pode dar uma forcinha para os usuários experimentarem outras plataformas.

Outra hipótese levantada – e mais tangível – é oferecer o Windows 8.1 with Bing para fabricantes de laptops também de graça ou com preços de licenciamento bastante acessíveis, o que deixaria estes equipamentos mais baratos e, consequentemente, mais atraentes. A proposta poderia se estender inclusive ao Windows RT e ao Windows Phone.

Quando poderemos ter detalhes mais precisos? Talvez em abril deste ano, mês em que acontece a Build, conferência anual para desenvolvedores da Microsoft que, nas edições passadas, foi palco para vários lançamentos importantes.

Com informações: ZDNet

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Guilherme Marafon
Hugo Henrique Deixa ele usar o que ele quer. Burro é quem se incomoda com o gosto dos outros.
Douglas Santos
Adware? E a parte que diz "[...] tampouco se propõe a seguir o modelo de remuneração com propaganda."?
Douglas Santos
Desculpe a minha ignorância, mas onde está escrito que o Windows 8.1 com Bing seria apenas para usuários com licença de Windows XP ou 7?
Hugo Henrique
Tu faz isso pq tu e um primitivo ruu estranho so os burros não consegue usar o 8.1
Edgar Teixeira
Se for real que seja bem vindo.
João Manoel
Quem compra um Chromebook provavelmente queria um chromebook, não Windows. Já isso não ocorria com Linux, visto que alguns computadores obrigatoriamente (modelos) vinham com o SO e a maioria era leiga.
EFG
Lembram do Microsoft Office Starter? :) Teremos um Windows Starter E Adware também. :P
Sidarta Jansen
Henrique Dourado E você acha que já não existe desbloqueio?
Henrique Dourado
kkk, o problema é que os chromebooks tem o bootloader bloqueado ( os que tem arquitetura intel ) e boa parte dos chromebook tem arquitetura ARM quem compra chromebook usa o sistema Gente vamos apoiar concorrência, isso é o melhor para nós consumidores, principalmente porque com o fim da concorrência com a google a Microsoft vai subir os preços
Gustavo Michels
Oi? Apple liberou de graça seu Maverick agora Windows quer por de graça também? Humm interessante!
Emerson Alecrim
Promover serviços de assinatura é um deles, especialmente o Office 365, aposto. Faz tempo que a Microsoft quer mudar sua imagem de fornecedora de software para fornecedora de serviços.
qgustavor
Só se essa instalação fosse um worm ou um trojan: há o pessoal que usa navegadores (e sistemas) antigos só pelo "tá funcionando? não mexe", falta de tempo ou porque usam alguma coisa que só funciona no sistema antigo (e não quer arcar com uma VM).
Pedro Maich
Mesmo quem tem dinheiro sobrando não costuma trabalhar de graça. Deve ter um motivo muito importante ou outra fonte de receita por trás disso.
RamonGonz
acho que faz todo sentido e a MS parece ter grana de sobra pra bancar algo assim... Mas eu acredito mesmo que seja voltado aos fabricantes. Vamos ver...
João Victor Medeiros
Nem assim eu trocaria o W7 por W8. É igual Ubuntu, eu tento e tento me acostumar, mas não consigo e volto pro W7.
Exibir mais comentários