O Spotify funciona assim: sempre que um usuário ouve uma música durante pelo menos 30 segundos, o serviço paga uma taxa ao artista ou gravadora, que varia de acordo com o país e a porcentagem de ouvintes Premium e fica entre US$ 0,006 e US$ 0,0084. Uma banda dos Estados Unidos chamada Vulfpeck resolveu se aproveitar disso para financiar um tour e conseguiu ganhar cerca de 20 mil dólares.

vulfpeck-sleepify

Em março, o Vulfpeck lançou no Spotify um álbum chamado Sleepify e pediu para que os fãs ouvissem o disco continuamente enquanto dormiam. O detalhe é que o álbum era composto por dez músicas sem nenhum áudio, cada uma com 31 ou 32 segundos de duração e com títulos que iam de Z a Zzzzzzzzzz. Pelas contas do TechCrunch, sete horas de sono seriam suficientes para gerar US$ 6,05 por ouvinte a cada noite. Nada mal.

Com o esforço dos fãs, o pequeno valor de menos de um centavo por execução pago pelo Spotify acabou gerando a receita considerável de cerca de 20 mil dólares. O Vulfpeck agora espera usar o dinheiro no próximo tour da banda, a ser realizado gratuitamente nas áreas que mais tocaram Sleepify — obviamente, agora as músicas terão som.

Mas o Vulfpeck não deve ganhar muito mais que isso: pouco mais de um mês após o lançamento do álbum mudo, o Spotify pediu para que a banda removesse Sleepify do serviço, alegando que o disco violava os termos de conteúdo. Em resposta, a banda removeu o álbum e lançou um novo chamado Official Statement, que explica o que aconteceu com Sleepify e (como não poderia deixar de ser) tem uma música muda de 31 segundos.

Com informações: The VergeVice.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Leonardo Fabricio
Só passei para dizer que já está aberto o nosso Sound City Estúdio em Perdizes! Contamos com ótimos equipamentos (Line6, Hartke, Mapex, AKG, Yamaha etc) e uma estrutura bem agradável para receber todos vocês (lounge de recepção, som ambiente, interfone nas salas, etc). Mandem suas solicitações de ensaios!! Abraços e esperamos vê-los por aqui! Rua Apinajés, 1053, salão A. Fone : 11 99323 5151. Email: [email protected] Site:http://soundcityestudio.com.br/ https://www.facebook.com/soundcityensaios/ https://www.youtube.com/watch?v=Du0Kqw8zE2c
Gabriel Henrique Alves
eu jurava que era por causa da chegada do spotify ao brasiuuu
Farias Junior
Jeronimo Lopes Eu não quero entrar no ponto de ser arte por que é um assunto muito complexo. Mas se você concorda comigo que música é uma forma de expressão que utiliza exclusivamente o sentido da audição eu não sei o ponto de negar que o silêncio pode ser música. Desde que, claro, exprima uma ideia ou sentimento.
Jeronimo Lopes
Farias Junior Agora sim, "trechos silenciosos" e não a suposta música inteira sem som, pq se não seria apenas silêncio. Momentos de silêncio numa canção devem ser para expressar um ponto naquele tipo de arte. Música sem som é a mesma coisa que um grande quadro branco com um ponto vermelho no meio, nenhum nem outro é arte.
Farias Junior
Jeronimo Lopes A questão não é se existe frequência ou não, mas sim como ela é captada pelo ser humano. A música é uma forma de expressão, o que importa é como as pessoas a percebem, e não se ela "tá lá". E o silêncio pode ser usado como forma de expressão, tanto que músicas mais tradicionais usam trechos silenciosos. Uma vez que é uma forma de expressão que usa restritamente o sentido da audição (nesse caso, deixa de usar), não vejo por que não ser considerado música. Mas é bom deixar claro que, nesse caso em específico, o intuito da banda não foi fazer música, acredito. Foi simplesmente ganhar uns trocados.
Jeronimo Lopes
Farias Junior pode, mas um "nada" inaudível, mesmo que em frequencias que os humanos não conseguem ouvir não é música
Farias Junior
Jeronimo Lopes Mas o que te faz ter tanta certeza de que é produção? Uma colagem de vários sons produzidos sem a intenção de se tornar música pode ser considerada música. Pelo menos no meu ponto de vista.
Jeronimo Lopes
Farias Junior mas como pode ser relativo, se música é a produção de som e não a ausência dele?!?
Farias Junior
Jeronimo Lopes Se o conceito de música não fosse algo relativo nós não estaríamos tendo essa discussão.
Jeronimo Lopes
Farias Junior mas eu citei a fonte, não poderia inventar um conceito pra uma coisa que existe desde o início dos tempos heuheueh
Farias Junior
Jeronimo Lopes Falou o cara que deu ctrl+c ctrl+v na Wikipedia e ridicularizou um argumento válido só por divergir do seu ponto de vista, sem argumentar contra. Mas então "flw".
Jeronimo Lopes
Farias Junior HAHAHAHHAHAHAHAHAHHA, e eu queria um debate adulto, flw...
Farias Junior
Jeronimo Lopes Então, acredito que a ausência de som seja uma forma de manipulação de som.
Jeronimo Lopes
Farias Junior Música é uma forma de arte que se constitui basicamente em combinar sons e ritmo seguindo uma pré-organização ao longo do tempo. Fonte: Wikipédia.
Farias Junior
Ninguém é obrigado a ouvir. O Spotify ganha o dinheiro deles do mesmo jeito. Ninguém tá sendo prejudicado. Os fãs que ouvem fazem isso para ajudar a banda. Não entendo o drama.
Exibir mais comentários