A TIM já pode concorrer ao posto de empresa brasileira mais cobiçada da atualidade. Na semana passada, surgiram rumores que apontam para o interesse da Vodafone pela operadora. Agora é a vez da Oi dar sinais de querer ser dona da TIM.

Segundo a Folha de S.Paulo, a Oi emitiu um comunicado aos seus acionistas nesta terça-feira (26) informando sobre um contrato firmado com o banco BTG Pactual. O acordo visa a elaboração de uma proposta de compra da participação da Telecom Italia na TIM.

tim_campanha

O momento é propício para a oferta porque a Telefónica já se movimenta para se desfazer da sua parte na Telecom Italia, ainda que lentamente. O CADE entende que o grupo espanhol não pode ter controle da Vivo e, ao mesmo tempo, participação na TIM. Obrigada a escolher entre uma e outra, a Telefónica obviamente optou pela Vivo, a líder do segmento móvel no Brasil.

Vodafone e Oi querem o controle da TIM por motivos diferentes. A primeira, supostamente, planeja marcar forte presença no mercado brasileiro, mas sem iniciar suas operações “do zero” (tanto que Vivo e Claro também estão na mira da companhia). A segunda pretende simplesmente aumentar a sua base de clientes.

É compreensível: a Oi é a maior prestadora de telefonia fixa do Brasil, mas no segmento móvel aparece apenas na quarta posição, tendo encerrado o primeiro semestre de 2014 com 18,53% de participação. A TIM apareceu na segunda posição com 26,91%, bem próxima da Vivo, que deteve 28,78% no período. A Claro ficou na terceira colocação com 24,95%.

oi_sede

Não deve demorar para a proposta ser elaborada e entregue à Telecom Italia. Mas esta é a parte fácil. Se a oferta for aceita, a Oi terá que enfrentar o rigor do CADE, que pode reprovar o negócio se julgar que haverá concentração excessiva de poder econômico. Se a entidade foi pouco flexível com a Telefónica em relação à TIM, já dá para esperar um caminho difícil para a Oi.

Se não bastasse, a Oi não está em boa fase. A companhia chegou ao final do primeiro semestre com dívida líquida de R$ 46 bilhões. Para fins de comparação, Telefônica Brasil e TIM terminaram o mesmo período com dívidas de R$ 2,5 bilhões e R$ 1 bilhão, respectivamente.

A despeito deste fato, o comunicado fez as ações da Oi dispararem na manhã de hoje.

E é só o começo. O mercado de telecomunicações ficará bastante movimentado nas próximas semanas. Além de possíveis ofertas pela TIM, há negociações envolvendo a GVT e o leilão da faixa de 700 MHz do 4G brasileiro.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Cobalto

Valeu :D

Daniel Cobalto
Valeu :D
Arthur Pianor
O que importa para o CADE é o consumidor. Se for provado que isso gera mais benefícios do que malefícios, não há problema algum. A VIVO só não foi capaz de provar isso. Como isto pode ser provado: 1- Mostrando que a participação das duas juntas não gera uma concentração muito grande, quanto ao mercado (isso pode ser feito através de um estudo que mostra que na cidade onde uma empresa é líder a outra tem a pior participação.. e assim sucessivamente até que mostre que as duas juntas não oferecem risco de monopólio) 2- Se provado monopólio, provar que este monopólio não tem poder de mercado, ou seja, juntas elas não podem influenciar no preço para o consumidor (apenas reduções de custos e consequentemente lucro para a empresa). Isto pode ser provado mostrando que se a empresa aumentar seus preços levará a uma saída dos consumidores ,visto que estes vão migrar para outras operadoras - ceteris paribus) 3- Caso haja monopólio E possibilidade de influência nos preços ao consumidor, daí a OI terá que provar que os benefícios são maiores que os malefícios. Isto quer dizer que deverá ser provado que o aumento dos preços se dará de maneira justa de acordo com o mercado nacional e internacional, de forma que o novo preço ao consumidor deve ser comparado com outros preços de empresas referências. Assim se prova que a qualidade equipara com a de outra empresa com o mesmo preço. Quando ocorre a opção 3, geralmente o CADE libera sob certas circunstâncias/limitações. Coisas como 'apenas uma poderá operar em tais cidades' ou 'o preço não pode passar de x', ou 'o lucro não pode passar de x', ou 'deve ser feita um investimento em infraestrutura de x% da arrecadação por ano' ou 'deve-se manter constante a taxa de % do lucro sobre a arrecadação'. Desta forma temos a AMBEV aí para provar que monopólios podem sim ser aprovados pelo CADE. Dentre outras dezenas de exemplos. Espero ter ajudado. :)
McFake
Isso pra mim soa como história plantada pela própria Oi na intenção de possivelmente dar um boost nas ações que devem estar de mal a pior. E mesmo a TIM tendo todos os defeitos dela, acho que é a única que defende serviços a preços "razoáveis" no seguimento móvel. Tirar ela do mercado só prejudicaria os usuários (da TIM ou não, já que ela acaba forçando os preços pra baixo - sem ela estariamos pagando 49,90 o pacote de 50 mega na vivo). Se for pra vodafone entrar na mercado que compre a Oi ou a Claro, 2 players porcos com os piores serviços e/ou atendimento.
Ovídio Andrade
sou cliente da OI faz 1 ano e sou um cliente satisfeito, é simplesmente a única companhia de telefonia móvel que funciona como o esperado no interior de São Paulo
Cobalto

Por que o CADE deixaria a Oi comprar a TIM (extinguir uma concorrente no mercado) se não permitiu que a Telefonica tivesse """"apenas""" participações nesta? (pergunta sincera)

Daniel Cobalto
Por que o CADE deixaria a Oi comprar a TIM (extinguir uma concorrente no mercado) se não permitiu que a Telefonica tivesse """"apenas""" participações nesta? (pergunta sincera)
André Kittler
E eu esperando essa empresa falir a qualquer dia... meu deus esses caras não sabem quando desistir!
Paulo_Cesar_72
Na área de banda larga (Live TIM) a TIM é muito elogiada por seus clientes e, ao contrário, a Oi é simplesmente odiada nesta área. Não sei como é a Vodafone mas qualquer coisa é melhor que a Oi neste segmento.
David Diniz
Anatel e o CADE não deixam (y).
abraaocaldas
Acho dificil, a divida da Oi já é muito grande, não sei que banco seria louco o suficiente para ajudar ela, já que todas as fusões e compras da Oi não passaram de desastres.
Caleb Enyawbruce

vixe, que situação... nao sei qual das duas é pior

RamonGonz
vixe, que situação... nao sei qual das duas é pior
JeronimoPW
Por favor NÃO. Se na Oi Velox você contrata 10MB e recebe 2MB... Imagina que tragédia! Essa oi lixo tem que ser extinta do mercado de telecom, isso sim.