Dois anos depois do início do processo, finalmente saiu a decisão judicial do caso da família de Nissim Ourfali contra o Google. E ele é desfavorável ao garoto: o Google não tem a obrigação de remover os vídeos e demais citações ao vídeo.

A sentença foi proferida no mês passado. Para quem não lembra, o tal vídeo do Nissim Ourfali era uma paródia da música What Makes You Beautiful, do One Direction, com cenas protagonizadas com muito chroma key pelo garoto, que na época tinha 13 anos. Ele foi feito com a intenção de convidar sua família para seu Bar Mitzvah.

Isso é algo bem comum, na verdade: é fácil de encontrar pela internet afora vídeos de garotos de todo o mundo que fizeram videoclipes personalizados com esse fim.

2012-549422343-globo-66dw2n5m2e8tmltpgj_original.jpg_20120902

O vídeo de Nissim era para ter sido postado somente para convidados, mas o pai do garoto o deixou público e ele explodiu em visualizações. Mesmo tirando do ar logo depois, foi replicado em diversos outros perfis no YouTube e outros sites, além de ter originado diversos memes e sátiras. Em 2012, o Google foi obrigado a fazer uma limpeza e tirar o vídeo do ar em diversos endereços, mas a medida foi pouco eficaz: logo, ele voltou em outros.

O juiz Arthus Fucci Wady, da 1ª Vara Cível de São Paulo, julgou, agora, que seria impossível pedir ao Google que removesse todas as páginas de sites que lhe pertençam, como o YouTube e o Orkut, e utilizassem o nome, imagem e voz do garoto sem ter todos os links. E o vídeo de Nissim “deu frutos” até fora da internet – na época, a música era ouvida até em baladas. “Cada um desses novos ‘produtos’ foram, por sua vez, novamente replicados, copiados e alterados provocando um efeito em cadeia incontrolável”, diz o relato do juiz.

Dessa forma, o vídeo pode continuar no ar, sem a obrigatoriedade de remoção por parte do Google. A família de Nissim, no entanto, ainda pode entrar com recurso.

Com informações: O Globo

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Ananda Matos
Deveria ter feito que nem o caso da Luiza, ou seja, tentar ganhar dinheiro em cima... a galera ia esquecer rapidinho. ...ou será que não?
Gabriel Alves
Uma vez na internet, sempre na internet. Só um completo idiota não entende isso
Josiel Henrique
Guilherme MacLeod perceba que também não é "um único vídeo" e sim, clones. Me refiro a garimpagem pois a família esta sendo ainda mais especifica do que o algoritmo, eles não querem que digam o nome, use fotos estáticas, sons e muitas outras coisas que nem um sistema de instruções conseguiria filtrar eficazmente. Também não digo que o Google e YouTube sejam os bons, eles lidam com dinheiro, então.
Guilherme MacLeod
Josiel Henrique , Google tem um algorítimo que verifica as características do arquivo, do som e das descrições colocadas e, a partir disso, o vídeo é posto para verificação e novos, os clones, nem conseguem ser carregados. Não é "garimpagem", mas um sistema automatizado que funciona para direitos autorais de grandes gravadoras mas misteriosamente não serve para retirar um único vídeo.
Josiel Henrique
Você não consegue encontrar videos retirados sob acusação de copyright no youtube sem que a mensagem [("-Blah Blah Blah (empresa)- A conta do YouTube associada a este vídeo foi encerrada devido a várias notificações de terceiros sobre a violação de direitos autorais.") mais ou menos isso] apareça na pagina do mesmo, o que acontece é que quando uma empresa se depara com isso ela, então, notifica o youtube, para que ele, com link e todo o processo em mãos (cedido pela empresa) possa retirar o vídeo em questão, a família do guri vai ter que procurar todos os videos e pedir ao youtube para retira-los, não é serviço do youtube garimpar videos, nem para grandes nem pequenos centros.
Telma Figueredo Nascimento
Que Pena!
Alencar Chaplin
Eu derrubei um copo d'água na piscina uma vez ....
Vagner Alexandre Abreu
População defende isso, mas quando alguém por querer ou sem querer divulga informação do próprio, reclama da "falta de privacidade" e do julgamento do povo.
Lucas Corrêa
Finalmente um juiz que sabe como funciona a internet.
talescd
pelo que eu entendi foi o próprio pai do garoto que fez o vídeo e publicou no youtube... agora querem processar o google? ta fácil heim...
Gustavo Valle
confesso que vi novamente o video..... agora não consigo mais parar....
Antony Pena
Mais idiota é ler alguém defendendo censura de conteúdo postado por livre e espontânea vontade. Se ninguém lê os ToS é culpa daquele que provê o serviço?
Adriano Dos Santos
quem disse isso
Andre Henrique Buss
Era só ter deixado a onda passar. Agora pronto, voltou a musiquinha. VAMOS PRA BALEIAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
Joao Paulo Santos Silva
Faz a caquinha depois o Google que se vire pra consertar? Postou como publico, deu mole, agora tem que aguentar...
Exibir mais comentários