Fechando o terceiro ano fiscal consecutivo com prejuízo, a Nintendo sabe que precisa repensar sua estratégia com urgência para salvar suas finanças e se manter relevante no mercado de games, e já está se articulando para isso. A empresa japonesa anunciou que irá criar uma nova “categoria” de consoles: os voltados para mercados emergentes.

Em vez de investir na reutilização de hardware já existente ou fazer versões mais baratas do que já existe, a proposta é criar do zero esses novos consoles. Até então, quase todos os consoles da Nintendo são vendidos globalmente.

Gamepad do Wii U

O anúncio lembra os relativamente recentes Wii Mini e 2DS, que eram versões mais simples e baratas do Wii e 3DS, mas não voltadas para mercados emergentes. No Brasil, nem chegaram a ser lançados.

A intenção é começar no ano que vem a lançar os novos consoles e a gente gosta da ideia. Afinal, sabemos bem como é caro comprar consoles no Brasil – o Wii U, último console da Nintendo, não sai por menos de R$ 1.600; lá fora, dá para comprar por cerca de 300 dólares. Só falta saber se, para nós, a redução do preço não vai esbarrar nos impostos.

Outro plano da Nintendo é investir na produção de merchandising para ser usado in-game, semelhante ao que ocorre com Skylanders ou Disney Infinity: bonequinhos de personagens conhecidos da Nintendo que enviam informações para o jogo por meio de NFC no gamepad do Wii U – mais uma tentativa de emplacar o console, que nunca atingiu suas metas de vendas e é o maior responsável pelos relatórios financeiros pouco animadores da empresa.

Com informações: The Verge

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Daniel Neves
Sonha, Nintendo tem muito mais dinheiro em caixa que essas duas quando tiveram de sair do ramo de hardware. Muito, mas muito mais dinheiro também que o que Xbox já conseguiu e muito mais também que TODA a marca SONY que anda muito mal das pernas
Cristiano Viana Alves
Continue sonhando ou compre um console Nintendo.
Ricardo Garcia
Sega e Atari, ai esta o futuro da Nintendo
Felipe Daidouji
E lá vai a Nintendo gastar mais dinheiro! Enquanto o caixa deles estiver bom, tudo bem, mas se isso também não der certo...
RamonGonz
proposta interessante... acho que nenhuma das grandes tinha pensado nisso ainda. Dependendo do console, se for pelo menos razoável e tiver uma boa biblioteca de games, e bons exclusivos, e um preço competitivo poderá ser um "pulo do gato". Podiam inclusive aproveitar pra usar um modelo diferenciado de parceria com as produtoras de jogos, visando ganhar mais pela quantidade produzida/comercializada e com produtores independentes. Enfim, é uma boa oportunidade de inovar em diversas áreas.
Marcos Nishimura
Tá mais fácil a sony vender os IPs deles pra Nintendo do que a Nintendo vender os IPs pra sony.
Arlys Souza
Meu sonho: Ver a Nintendo para de fabricar consoles e vender seus maravilhosos jogos para Xbox, Playstation e PC.