O sucesso de iniciativas como Arduino e Raspberry Pi parece ter servido de inspiração para a Microsoft criar um produto semelhante: ainda que sem fazer alarde, a companhia apresentou uma plataforma programável de nome Sharks Cove no último final de semana. Desenvolvido com o auxílio da companhia CircuitCo, o dispositivo é compatível com Windows 8.1 e, surpreendentemente, Android.

Para dar suporte razoável a estes sistemas, a Microsoft equipou o Sharks Cove com um processador Intel Atom Z3735G quad-core com opções de frequência que vão de 1,33 GHz a 1,83 GHz, 1 GB de RAM, chip de 16 GB para armazenamento interno de dados, slot para microSD e porta HDMI.

Também há suporte para interfaces dos mais variados tipos, como USB, MIPI, GPIO e UART, segundo o site oficial do projeto.

Sharks Cove

Sharks Cove

As especificações despojadas refletem no preço. Enquanto a versão mais recente do Raspberry Pi, que é baseado na arquitetura ARM, tem valores quem giram em torno dos US$ 35, o Sharks Cove não sai por menos de US$ 299.

Este preço, no entanto, engloba a placa e uma imagem do Windows 8.1 devidamente licenciada – ao menos para quem possui uma assinatura MSDN -, além de ferramentas para a instalação do sistema operacional no dispositivo e kits de desenvolvimento.

Mesmo assim, o preço acaba não sendo muito atraente para quem está disposto a utilizar este tipo de placa para estudar ou em hobbies. Talvez seja esta a razão para a Microsoft ter deixado claro que entusiastas são bem-vindos, mas que o objeto principal do Sharks Cove é auxiliar projetistas e afins a desenvolverem dispositivos baseados no processador Atom, tal como tablets, assim como drivers e softwares diversos para o Windows.

Seja lá qual for a aplicação, quem estiver interessado no Sharks Cove já pode adquirí-lo em pré-venda a partir do site Mouser Electronics. O envio para fora dos Estados Unidos, evidentemente, está sujeito a taxas de importação e cobrança de frete internacional.

Com informações: Ars Technica

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Vitor Mikaelson

A Microsoft estava dando um Galileu estes tempos....

Sergio Fagundes

SE fosse mais barato ia parar na traseira da minha tv e virar um belo centro de mídia.

Marcelo Douglas

Muito Caro (mas não deixa de ser uma boa iniciativa)