Sentiu falta de um anúncio especial da Samsung nesta CES? O Galaxy S5, sucessor do S4 e que se tornará o novo flagship da marca quando for lançado, não foi apresentado na feira. Mas a vice-presidente de mobile, Lee Young Hee, pelo menos revelou algumas coisas sobre ele.

Começando pelo “oficial”, a informação dada por Lee Young Hee à Bloomberg se refere ao anúncio e lançamento do S5. Ele disse que a Samsung vai seguir a tradição de anunciar um novo modelo todo primeiro semestre e lançá-lo em março ou abril.

Lee também garantiu que o S5 virá com um wearable, o sucessor do Gear, que trará melhorias no design e nas funcionalidades – uma notícia um pouco desanimadora para quem adquiriu o seu no lançamento, que foi em outubro no Brasil.

samsung-galaxy-gear

Gear deve ganhar um sucessor junto com o S5

Quanto às novidades que o S5 deve trazer, Lee garante que o design será uma delas e destaca que a semelhança entre o S3 e o S4 não foi algo tão bom para a empresa do ponto de vista do marketing. Então, com o S5, irá “de volta à raízes”, com mudanças na tela e na textura da traseira.

A Bloomberg também reforça algo que já é uma suspeita há algum tempo: o reconhecimento de íris. A Samsung registrou uma patente no começo do último trimestre de 2013 que detalhava como esse recurso iria ser implementado e funcionar no S5, o que seria uma cartada de volta na Apple pelo iPhone 5s com o Touch ID. Lee não negou nem confirmou e garantiu que a Samsung está trabalhando na possibilidade, mas que não poderia revelar se o S5 teria ou não o reconhecimento biométrico.

De acordo com o calendário de eventos tech, o anúncio do S5 deve acontecer na Mobile World Congress, que acontece no mês que vem, em Barcelona.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Henrique Oliveira
que seje realmente bom pq eu tinha um iphone 4 e troquei pelo 5s sinceramente.... Não vi diferença alguma é o mesmo iphone 4 um pouco maior e com o touch id que só ativa junto com uma senha não gostei!!! vou esperar sair o s5 p ver se eu compro to de saco cheio da mesmisse da apple
Orley Lima
Acho "vestível" muito feio. Prefiro wearable.
Del Ovelar Lima Silva
As pessoas deviam estudar mais e criticar menos os outros que tem mais cultura. O termo "wearable" é perfeitamente adequado na situação, aliás é o ideal, a definição
Mike Metralha
Na minha humilde opinião, se você já vai falar "gadget" qual o problema em falar wearable? Sinceramente, eu até gosto de ouvir novas expressões, para poder procurar seu significado. Eu trabalho em uma multinacional, e aqui querendo ou não temos que aprender a lidar com isso. Enfim, é minha opinião. ;)
Gustavo Hofer
espero que traga mudanças significativas e não a enrolação que foi o S4 em relação ao S3 assim como o iphone 5 é uma enrolação a versao 4
Leornado Silva
Não acho que wearable seja forçado, forçado por forçado, gadget vestivel também o é... a grande questão é que ainda não estamos prontos/acostumados com essa idéia, daí até o nome dado para isso nos causa estranheza. Eu tenho o S3, nao mudei pro S4 pq nao vi nada demais, estou esperando pelo S5 para poder comprar mas com esse lance do gear fiquei um pouquinho mais reticente, não to afim de dar mais de 3 mil reais por um conjunto do qual provavelmente só irei usar plenamente um deles
Midiafeed
Pra mim, design é o único ponto falho nos aparelhos da Samsung. São quase todos do mesmo jeito. O TouchWiz tem animações bonitinhas mas é pesado.
William Bannach
Vocês não podem esquecer de que o Tecnoblog tem um tipo de leitor diferente, se compararmos com gente do Tecmundo por exemplo, os leitores do Tecnoblog procuram conteúdo com alta qualidade, já esses outros blogs de tecnologia colocam assuntos mais abrangentes e sem muita qualidade, é óbvio que os termos venham a dificultar um pouco o entendimento dos que estão pouco acostumados com inglês e com tecnologia, mas vcs tem que levar em consideração o público alvo que eu citei ali acima. Att.
Ricardo Alvez
Jedielson Almeida entendi seu ponto agora :)
Jedielson Almeida
Mas quem acompanha outros sites de tecnologia, sabe que o termo genético é esse mesmo, gadgets vestiveis, não sou patriota a este ponto. Tanto que 90 % do conteúdo que consumo, é internacional. O que eu me referi, e a maneira de empurrar a palavra como sendo parte de um vocabulário, por exemplo, em outros posts ela fala termos como "gamification" se referindo à função de interação da pulseira da razer, enfim.
Ricardo Alvez
é sério isso que vocês estão dizendo? Não vejo problema em usar wereable, nem gadget, quem acompanha blogs de tecnologia sempre vê essas palavras, não sinto nenhum problema com essa ~tentativa de empurrar por goela abaixo~, até porque é padrão dos blogs que eu acompanho, pelo menos. Não sinto necessidade de um patriotismo a tal ponto, senão, daqui uns dias poderemos comprar só iPhones da gradiente e tablets da positivo.
Artur Benchimol
Eu tive o S2 e foi o último smartphone "bonito" da Samsung, mas pelo que parece o design vai ser outro e parece que a touchwiz vai mudar de cara, mas se não mudar tem cyanogen :-)
Rodrigo Duarte da Silva
Ainda mais "wearable", eu que fiz curso de inglês por 1 ano numa escola excelente me enrolei pra ler a palavra
Jedielson Almeida
Uma dica construtiva pra Giovana: por quê ao invés de falar "gadget vestível" ou qualquer outro termo mais comum, você insiste em usar o "wearable" ? é confuso, e ruim. Não só com essa expressão, mas outras também que você meio que tenta 'empurrar' goela abaixo. Acho chato vc tentar se expressar com palavras e expressões americanas (apesar de gadget também ser, ele é mais comum entre os leitores do blog), quando poderia tentar uma alternativa em português, acredito que seus textos seriam mais abrangentes quanto ao público, e não teria aquela sensação de leitura (ultra) nerd. Mas é apenas minha opinião. :D
Leonardo Domingues
Depois de ter tido o S2 e o S4, tenho hype 0 pro S5 e é mais pela interface enjoativa do TouchWiz e também porque o S4 eu achei feio demais.