Começou hoje a Gamescom, evento de games que acontece na Alemanha e que, atualmente, está no nível da E3 no que diz respeito à importância para o mercado. Tanto que as grandes empresas de jogos que fazem conferências na E3 também fazem na Gamescom.

Hoje, é dia de conferência e a Microsoft começou falando de novidades para o Xbox One.

Vamos abrir o post com um dos momentos mais legais da conferência: o vídeo de gameplay de oito minutos de Quantum Break, título que fez falta na E3. Nele, vemos muitos tiros, explosões e, o principal, os poderes de Jack em ação. Quantum Break ainda não tem data de lançamento, mas foi muito aplaudido e está sendo muito aguardado desde seu anúncio na E3 do ano passado.

Outra novidade que não necessariamente é boa é a de que Rise Of The Tomb Raider, sequência do reboot da série que foi lançado em março do ano passado, será um exclusivo do Xbox One. Bom para a Microsoft e para quem tem o console; ruim para quem não o tem (pelo menos até que seja anunciado para outras plataformas, como ocorreu com diversos exclusivos do lançamento do console).

Em nota publicada logo depois do anúncio, a Crystal Dynamics explica que tomou essa decisão porque a Microsoft se mostrou empenhada em ajudar a tornar o jogo o melhor título de ação possível e avisa que tem Tomb Raider nas outras plataformas também, com Lara Croft and the Temple of Osiris, continuação de Guardian of Light, chegando para PlayStation e PC no fim do ano e a Definitive Edition do último Tomb Raider disponível para PS4.

Falando em grandes franquias, Forza e FIFA também deram as caras na conferência.

A franquia de corrida ganhou novo conteúdo gratuito para Forza 5, com carros de Fórmula E e um luxuoso Rolls Royce. Para Forza Horizon 2, que será lançado no dia 30 de setembro, a principal novidade é que será possível utilizar o mesmo piloto em diversas corridas e haverá muito foco no lado social: dá para competir contra eles sem que estejam online, por exemplo.

FIFA 15, que já sabemos que não terá times brasileiros, será lançado pelo EA Access, o serviço de assinatura mensal da EA que começa a valer hoje – mas não no Brasil – , o que permitirá o early access ao jogo, isto é, jogá-lo antes do lançamento oficial.

Também foi anunciado um bundle do Xbox One com o jogo. Ele será exclusivo da Europa e trará, além do console com a cópia física do jogo, o modo Fifa Ultimate Team Legends, com mais jogadores lendários no elenco, incluindo o brasileiro Roberto Carlos.

Falando em Xbox One e bundle, Call Of Duty: Advanced Warfare também terá um. Será uma edição com 1 TB de armazenamento, conteúdo exclusivo e personalização do visual do console. O jogo ainda ganhou um novo gameplay:

Os jogadores também puderam ver um novo trailer de Assassin’s Creed Unity e de Fable Legends.

Por fim, uma edição branca do console será lançada em bundle com Sunset Overdrive. Logo que o Xbox One foi lançado, a cor branca era exclusivíssima, só para funcionários da Microsoft que participaram do desenvolvimento do console.

Bu1zQqaIgAIPrJw

A conferência também abriu espaço para os títulos indies do Xbox One por meio da [email protected], iniciativa que permite que os próprios desenvolvedores publiquem seus jogos. Uma penca de títulos apareceu em um único trailer. Entre eles, Goat Simulator, Plague Inc: Evolved, Threes!, Fruit Ninja Kinect 2 e diversos outros, mostrando que os desenvolvedores têm respondido bem à iniciativa:

Foram esses os principais pontos da conferência da Microsoft na Gamescom. Mais novidades vêm ainda hoje, com a conferência da Sony. Amanhã, tem EA às 5 da manhã (horário de Brasília) e um evento ao vivo de Metal Gear Solid V: The Phantom Pain às 17h.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Marcão Sparcos
Agora que fui ler novamente, você disse "remasterized" então foi jogada pra vender pra nova geração também kkkkkkkkk Galera gerou em Frenesi quando Tomb Raider foi anunciadoexclusivo, mas quando anunciaram Street Figher ninguém achou ruim, imprensa sonysta né...
Thiago Piacenso
Assim como Street Fighter? Disserte melhor jovem
Tiago Celestino
hahahahaha é que pra mim foi apenas interessante. rsrsrs :D
LekyChan
nem ligo que seja exclusivo para xone, no ano seguinte ele vai ser lançado para PC mesmo, assim como todos os "exclusivos" do xone e alguns do 360
Seymour
Isso sim faz sentido.
leo123

obrigado pela dica, mas nem considero HALO um jogo de fps... nem sangue sai, as fases são as mesmas de outras, com algumas modifações básicas do terreno e texturas são de uma pobreza ímpar. por enquanto, quando tiver dinheiro no bolso, será ps4

Cardoso
O FF:ARR não saiu para os xbox pq a microsoft não deixa ter servidores compartilhados com outras plataformas, servidor para xbox é para xbox e ponto final, aí o cross-plataform que rola no FF não rolaria. Porém, a square disse que estaria disposta a lançar o jogo para o XOne se a MS mudasse essa "política". http://www.pocket-lint.com/news/129355-final-fantasy-xiv-could-be-coming-to-xbox-one-after-all-yoshida-confirms-microsoft-talks :)
Cardoso
Bom, você pode fazer isso, trocando Killzone pelo HALO, ambos são bons, espero que consiga comprar os dois consoles, garanto que não irá se arrepender! :)
Marcão Sparcos
Ok respeito sua opinião, é que como você colocou o apenas na frente de interessante me surpreendeu um pouco hehehe
Tiago Celestino
Pra mim sim, se para você não, sua opinião. ;)
Marcão Sparcos
Apenas Interessante? essa é nova kkkkkk
Tiago Celestino
Apenas interessante esse Quantum Break.
Seymour
Isso não faz sentido. A Square lançou todos os FF XIII para Xbox, apenas o XIV ficou de fora (estou desconsiderando o Agito por ser portátil), ironicamente os principais mercados do Xbox (América do Norte e Europa) foram os que mais adquiriram o FF XIV. http://www.vgchartz.com/gamedb/?name=Final+Fantasy+XIV A única explicação é um acordo entre a Sony e a Square, o que é compreensível. Além disso, isso não justifica a reclamação por parte dos gamers uma vez que o PS4 também possui exclusivos de outras thirds.
João Silverado
Exato. Tenho xbox one, já tive play 2 e antes super nintendo e nintendinho clones. Joguei mega, play 1 e mtos jogos em outros consoles. Eu tbm gostaria de ter todos, hahaha, da nintendo, da sony, exclusivos do xbox tbm. Mas ñ tem como
Guest

mas a principal diferença entre TR e FF é que FF é jogo de uma produtora japonesa, e se vc lembrar que o Xbox 360 já chegou a vender menos que Playstation 2 no Japão por vários meses seguidos, é até compreensível entender porque não lançaram para ele, ainda mais por se tratar de jogo online.

btw, lembre que ele não é exclusivo porque existe para PC.

Exibir mais comentários