Definitivamente, esta não está sendo uma boa semana para a Microsoft. Além de ter perdido uma briga nos tribunais e se ver obrigada a abandonar o nome SkyDrive, a companhia recebeu a notícia de que a taiwanesa Asus não irá mais fabricar e distribuir tablets baseados no Windows RT.

A decisão foi confirmada por Jonney Shih, CEO de Asus. O executivo comentou que a culpa é da interface Modern UI, que não convenceu os consumidores e, consequentemente, tem feito tablets baseados na plataforma encalharem nos estoques. O chefão também teria dito que ” os resultados [do Windows RT] não são muito promissores”.

Asus VivoTab

Asus VivoTab: um exemplo de “ninguém me ama, ninguém me quer”

Jonney Shih se refere a um documento entregue recentemente pela Microsoft a autoridades fiscais norte-americanas que mostra que, entre outubro de 2012 e junho deste ano, a linha Surface (incluindo aí os tablets RT) gerou uma receita de 853 milhões de dólares. Pode parecer um valor expressivo, mas está bem abaixo do esperado – só em publicidade das marcas Windows e Surface a Microsoft gastou 898 milhões de dólares no período.

É importante destacar que a decisão da Asus diz respeito somente ao Windows RT. A companhia não descarta completamente a possibilidade de lançar dispositivos baseados na plataforma, mas por ora se focará apenas no lançamento de computadores baseados no Windows 8, primeiro porque o futuro Windows 8.1 alimenta esperanças de melhoras nas vendas, e segundo porque, bom, apostar em laptops com Linux é que a Asus não vai.

Com informações: DailyTech

Atualizado às 19h05.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Leonardo Domingues
Windows RT sempre prometeu ser algo MUITO foda, prometia demais. Pena que no final tenha ficado só na promessa.
Júlio Cézar Matos
Alessandro Galvão , a MS nunca disse que o um tablet que rodasse o Windows RT seria operativo. Para isso foram lançandos o Surface RT e o Surface Pro, que roda o Windows 8.
Alessandro Galvão
Júlio Cézar Matos A diferença é que nem o Android nem o iOS prometiam um sistema operativo de computador em um tablet, como a Microsoft prometeu. Quando compramos uma moto sabendo que é uma moto e que pode fazer coisas que uma moto faz, nós não nos sentimos frustrados. O problema é vender uma moto prometendo que era um carro!
ricardo
Pobre Microsoft.
danimaiochi
WTF?! esses tempos teve um gráfico aqui no tecnoblog mostrando que o iPad vendeu mais do que todos os outros tablets juntos
Sandro R. Dos Santos
Boa!
Bruno Leonardo
A Microsoft vai fazer a fusão do Windows rt com o Windows Phone 8, dessa fusão vai sair o Windows Phone 9.
portela.thiago
Júlio Cezar Matos, Eu acho q a comparação não é válida. E explico: Apesar de se tratar de aparelhos do mesmo segmento (Tablets), o iPad é muito mais focado em entretenimento do que o WinRT. O iPad é perfeito para músicos (olha q nem tenho um, tomo como base artistas q conheço q usam). Tablets com o WinRT são mais voltados para produtividade, ainda mais agora que o Office é nas nuvens. Agora, esses Asus com o WinRT ainda estão mais caros q os iPads, o que acaba inviabilizando a compra.
Júlio Cézar Matos
Se Windows RT é roubada, o iPad é o que?
Luiz Alberto
Não acho muito estranho a Microsoft não ter falado do Windows RT pois as mudanças que ela fez englobam o Windows 8.1 como um todo, não diferenciando RT do x86. Vale para os dois. O Windows RT ainda é uma excelente solução para dispositivos ultra portáteis como os vindouros tablets Windows de 7 ou 8 polegadas, onde o Desktop clássico se torna ainda mais um estorvo do que vantagem. Mas a Intel vem fazendo um ótimo trabalho com o Atom (futuro Celeron?) nesses tablets conseguindo desempenho energético comparável. Por isso o investimento geral do consumidor se volta pra x86, mesmo que ele não vá usar tudo que ele pode fazer nessa arquitetura. O Windows RT ainda vai vingar, na minha opinião. Mas isso depende de o Windows 8 ganhar uma vasta gama de apps e esses ultra portáteis apresentarem um preço competitivo, não a palhaçada de tablets a quase 3 mil reais como no brasil
Gabriel
Engraçado, parece que a Microsoft inverteu suas competências nos últimos anos. No início, eles tinham um tino comercial preciso e produtos medianos (para não dizer ruins). Agora, eles fazem ótimos produtos mas fora de contexto ou atrasados. A vantagem da Microsoft é que ela possui muita grana, porque eles estão com dificuldade em entrar nos novos mercados atualmente.
Jorge Henrique
Preço né. Olha o preço da criança. Chega aqui 3 mil reais, um Tablet, caiu o preço agora e mesmo assim tem ultrabook mais barato. Aí complica. Tem que ser preço de tablet, se não fica com o notebook mesmo.
Lucas Corrêa
O foda é que todas as fabricantes de computadores ficam reféns da Microsoft, a Asus tem outras opções pros tablets, mas para os desktop é Windows 8, ou Windows 8 mesmo.
Emerson Alecrim
De fato, Shih não descarta completamente esta possibilidade, mas acho que ele só foi cuidadoso: acho muito pouco provável que a empresa volte a investir no RT, a não ser que haja mudanças significativas na plataforma (a MS anunciou o Windows 8.1, mas não falou nada do RT, estou achando estranho). De qualquer forma, atualizei o post. Valeu pelo toque!
Luiz Alberto
Além do mais, a Asus não disse que nunca mais irá fazer Tablets com RT, apenas que esta concentrada agora em Tablets com processadores Intel. "Shih isn't saying that ASUS is ruling out future Windows RT products, but his company is putting the bulk of its energy and money into devices running Intel chips."
Exibir mais comentários