Início » Celular » Lumia 610 não suporta Angry Birds, PES 2012, Skype e outros apps

Lumia 610 não suporta Angry Birds, PES 2012, Skype e outros apps

Limitação também se aplica aos aparelhos com menos de 512 MB de RAM.

Paulo Higa Por

Nós já sabíamos que a diminuição dos requisitos mínimos do Windows Phone pela Microsoft poderia ter consequências desagradáveis num sistema conhecido pelas rápidas atualizações e pela teórica ausência de fragmentação. Em smartphones com 256 MB de RAM, não é possível executar vídeos com resolução HD, enviar fotos para o SkyDrive automaticamente ou utilizar a troca rápida de aplicativos em certos casos.

Mas vários jogos famosos e aplicativos úteis também não estão funcionando. Isso lembra alguma coisa?

Você que usa Android certamente já viu essa mensagem na Play Store.

O Lumia 610, Windows Phone de baixo custo da Nokia com 256 MB de RAM e processador de 800 MHz, não suporta a instalação do Skype, o que já foi anunciado anteriormente – para instalar o aplicativo, é necessário possuir no mínimo 512 MB de RAM. O que nem é uma perda tão grande, considerando que ele ainda nem suporta execução em background. Agora, jogos como PES 2012 e Angry Birds (!) resolveram se juntar ao grupo.

O Tango, aplicativo que faz chamadas em vídeo pela internet, também não é suportado nos smartphones de baixo custo. Ou seja, apesar da Microsoft afirmar que 95% dos aplicativos funcionam nos aparelhos com apenas 256 MB de RAM, entre os 5% restantes estão os melhores aplicativos da plataforma. Assim, não será incomum encontrar mensagens informando que “o aplicativo não está disponível para o seu dispositivo” no Marketplace:

Aplicativos incompatíveis com certos aparelhos: agora no Marketplace também!

A pequena fragmentação do Windows Phone pode deixar a plataforma menos interessante para novos usuários e desenvolvedores. Se você realmente quiser uma boa experiência de uso, compre um Windows Phone com 512 MB de RAM ou mais. Ou considere outros sistemas.

É importante lembrar que o Lumia 610 é vendido na Itália por 199 euros (R$ 492, no câmbio de hoje), ou seja, se ele chegar ao Brasil, terá preços na faixa dos R$ 600 ou R$ 700. É um valor relativamente alto para depois dar de cara com uma mensagem de erro ao tentar instalar um jogo tão comum quanto Angry Birds. Enquanto isso, aparelhos de entrada com Android rodam o jogo numa boa – muitas vezes com engasgos e lentidões, é verdade. Mas rodam.

Com informações: Softpedia.

Atualização às 14h05 | A editora-chefe do Nokia Conversations afirmou, em um comentário no blog finlandês da empresa, que a Rovio está trabalhando em uma versão do Angry Birds otimizada para Windows Phones de baixo custo. Ainda não há datas, mas pelo menos há esperança para os que já compraram o Lumia 610. Esperamos que outros desenvolvedores sigam o exemplo.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Patrik
"Claro que o sistema vai …" Claro que o sistema vai parecer um pouco lento as vezes por conta da troca de aplicativos na memória, sendo que com 512MB isso ocorre menos.
Patrik
Já vi AB rodar bem em Galaxy 5. Pra mim um Android 2.3 com 256MB está bom. Claro que o sistema vai ... 4.0 tenho que ver melhor. Mas o Windows XP rodava bem com 512MB. Um sistema de smartphone precisar de 512MB pra mim indica sérios problemas, mascarados pela quantidade exagerada de memória. O WP deveria ser capado para rodar em 256MB, e o AB também deveria rodar normalmente em WP com 256MB. Isso se aplica também a Android.
Gabriel Arruda
Processadores Intel são bastante poderosos se comparados com os ARMs que acompanham os smartphones. Fora isso, existe a questão da memória que faz muita diferença na hora de desenvolver um software, fora a parte gráfica que deve ficar bem aquém nos smartphones. Os notebooks/desktops estão com hardware estabilizado, algo que deve ocorrer com os smartphones como já deu para perceber com o Galaxy SII. Digo isso porque o próprio iPhone não faz milagres, o iOS 5 roda meio sofrido no 3GS que possui uma resolução de tela inaceitável para os dias de hoje. Não vejo motivos para acreditar que a Microsoft consiga fazer isso, mas isso é uma opinião sem muitos embasamentos técnicos...apenas acho que não dá.
Luandersonn
Se levar em conta que o WP8 vai suportar DualCore, e não exigir DualCore, não é tão impossível deixar atualizado aparelhos com até 2 anos de lançamento.
Gabriel Arruda
Espero que a Microsoft surpreenda, como está surpreendendo ao limitar seus aparelhos para garantir qualidade...mas acho impossível a sua proposta. O Windows Phone tem vários fabricantes e hardware de gerações passadas, não acho que seja possível o Windows Phone se tornar competitivo e mantiver suporte por dois anos para aparelhos limitados como o Lumia 610. Minha opinião sem muita base, mas não dá para a Microsoft ficar como a Apple nesse aspecto.
YanGM
Quase... ARM11 é o chipset.
Luandersonn
Só o Windows Phone consegue rodar bem em 256, veja um smartphone Android, não consegue rodar bem, rodar, roda, mas não bem. AB é o mesmo caso, roda nos queixo, e a MS não quer que roda no queixo. Então, uma adaptação por parte do desenvolvedor deve resolver os problemas.
Patrik
" Podem ter a mesma interface e usabilidade, mas a construção e otimização são diferentes." Isso é claro, os programas são bem diferentes, embora façam as mesmas coisas com a mesma interface. Mas como fazem as mesmas coisas é de se esperar que rodem de forma semelhante nos vários SO. Caso isso não ocorra pode indicar uma má adaptação por parte dos desenvolvedores ou um SO mais pesado, ou ainda um sistema com SDK com pior implementação. "O Angry Bids para Windows Phone foi feito ANTES do Tango, e otimizado para funcionar em 512 de RAM" Para um smartphone 256MB deveria ser bastante. Lembro que o Windows XP rodava bem com 512MB. " só porque um Android com as mesmas configurações do Lumia 610 roda AB, não quer dizer que o Lumia deva rodar, depende do app, AB deve ter sido otimizado para funcionar em Smartphones com pouca memória." Claro, mas por que rodar em um sistema e não em outro? Voltamos no caso de uma má adaptação por parte dos desenvolvedores ou um SO mais pesado. De qualquer forma a situação não é boa para os WP mais baratos.
Patrik
ARM11 não é mesma coisa que o v6, ou algo parecido? Pra mim tem os ARM11, depois Cortex A8, depois Cortex A9.
Luandersonn
Um app para Windows Phone é diferente de um app para Android e é diferente do AB para iOS. Podem ter a mesma interface e usabilidade, mas a construção e otimização são diferentes. O Angry Bids para Windows Phone foi feito ANTES do Tango, e otimizado para funcionar em 512 de RAM, que é a memória padrão. O Lumia 610 não roda MANGO, e sim TANGO, é outro sistema, assim como apps para "Android X" podem dar muito crash quando instalado num "Android X + 1". Agora cabe aos desenvolvedores otimizar os apps para funcionar em 256 de RAM. De novo, só porque um Android com as mesmas configurações do Lumia 610 roda AB, não quer dizer que o Lumia deva rodar, depende do app, AB deve ter sido otimizado para funcionar em Smartphones com pouca memória.
Luandersonn
Se manter as atualizações para TODOS os aparelhos (com até 2 anos de idade), fico feliz.
YanGM
11? ARM v6 amigo...
@LBKatan
Nesse caso não compraria um smartphone. =)
Patrik
"Atualização às 14h05 | A editora-chefe do Nokia Conversations afirmou ... que a Rovio está trabalhando em uma versão do Angry Birds otimizada para Windows Phones de baixo custo" Não me convenceu. Por que a versão não pode ser a mesma? O Angry Birds não me parece complexo a ponto de precisar de otimizações drásticas para rodar com 800MHz e 256MB. Será que a versão atual do Angry Birds para WP é mal implementada? Ou é o WP que demanda muito do hardware? Tenho certeza que o Angry Birds irá rodar no Lumia 610, de uma forma ou de outra. Mas e quanto aos outros jogos de outros desenvolvedores, que podem estar na mesma situação, mas com menos imprensa dando notícias, provavelmente não serão otimizados e não rodarão em WP de baixo custo.
Patrik
Um pouco desse controle por parte da Apple e Microsoft é bom sim. As pessoas tem que entender que o Android permite flexibilidade muito maior e muitos recursos a mais, porém com alguns efeitos colaterais. Um deles é um certo descaso dos fabricantes com atualizações. Outro é alguns aparelhos com programas pouco otimizados e alguns com problemas que comprometem o sistema. Quando começaram a vender sistemas Android 1.5 não se ligava muito para fluidez. Agora as coisas mudaram, o consumidor que essa fluidez. Para mim o grande problema da Microsoft é essa demora para vender esse Lumia 610.
Exibir mais comentários