A promessa da Samsung de que o seu mais novo Galaxy seria vendido até o final do mês no Brasil parecia um pouco estranha para mim, afinal de contas sei que todos os celulares precisam passar por homologação antes de serem vendidos no país e essa homologação leva tempo. Mas esse não parece ser o caso do Galaxy S III (modelo GT-I9300), que foi certificado e homologado hoje na Anatel e já pode ser vendido.

Talvez a coreana dos eletrônicos tenha tomado o cuidado de enviar o celular alguns meses antes, para dar tempo de ser certificado pelo laboratório e colocado no mercado. E mesmo que ele já tenha sido anunciado, a empresa decidiu enviar a conhecida declaração para omissão das fotos, algo que não impediu que o meu audacioso colega (e escavador do SGCH nas horas vagas) Lucas Braga encontrasse os arquivos com elas.

Junto com as fotos, o manual do aparelho também foi publicado (escondido) e mostra alguns dos gestos que ele deverá suportar e que a Samsung não havia mostrado antes. A opção de agitar o telefone para procurar dispositivos Bluetooth ou dar um duplo toque no topo dele para mover para o topo de uma lista são dois gestos bem interessantes. Mas eu curti mesmo o deslizar a mão para a esquerda ou direita entre o visor para capturar a tela (algo que o leitor Thiago lembrou que também está presente no Galaxy Note).

Usando um processador Exynos quad-core de 1,4 GHz, o Galaxy S III roda o Android 4.0 Ice Cream Sandwich e tem nas demais especificações uma tela de 4,8 polegadas Super AMOLOED, câmera de 8 megapixels traseira e frontal de 1,9 megapixels, memória interna de 16 ou 32 GB e uma senhora bateria de 2100 mAh.

O aparelho ainda não tem preço para venda no país, mas ao menos sabemos que a Samsung deve cumprir a promessa de disponibilizá-lo até o final do mês. Ou quem sabe até antes.

Comentários

Envie uma pergunta