O WebOS, plataforma móvel desenvolvida pela Palm para o lançamento de sua mais notável tentativa de concorrer com o iPhone, o Palm Pre, não está morto. A HP, empresa que adquiriu a Palm no último ano e tornou-se proprietária do sistema, decidiu torná-lo open source. Qualquer um com conhecimentos de programação pode, portanto, apropriar-se do código e fazer o que bem quiser com ele.

Ainda não existe uma data para o lançamento do WebOS como sistema aberto. O que se sabe por enquanto é que a HP tem planos de continuar colaborando para o desenvolvimento e o progresso do sistema. Vai ficar a cabo da comunidade manter a plataforma funcionando e com as atualizações necessárias.

WebOS

Atualmente, a plataforma móvel mais utilizada no mundo é open source. O Android, desenvolvido por um consórcio de empresas liderado pelo Google, tem a manutenção de seu código-base garantida, mas qualquer um pode transformá-lo no que bem quiser. O Google disponibiliza o código abertamente para todos os fabricantes de dispositivos móveis. Em alguns casos, a empresa fecha parcerias para que o sistema seja aproveitado da melhor maneira possível.

Com a decisão, desaparecem os rumores de que o WebOS poderia morrer. A outra opção da HP era vender a plataforma para outro fabricante, porém nunca saberemos se o valor oferecido foi muito baixo ou se nenhuma empresa de fato se interessou pelo sistema.

Sem citar sistemas concorrentes, a HP disse que vai investir na “governança boa, transparente e inclusiva para evitar a fragmentação”. Para bom entendedor: querem evitar que o que se passa no Android, com aparelhos que recebem atualizações recentes e outros não, não se repita no WebOS.

A empresa convida devs e clientes a postarem sugestões num blog. Entretanto, ainda não há nada por lá relacionado ao WebOS agora com código-aberto.

Com informações: All Things Digital e CNET News

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Fer
Hora de um update no post! > http://developer.palm.com/blog/2011/12/open-source/
Rodrigo Fante
O sistema em si é melhor, foi totalmente pensado para toques e o que o Android faz hoje, ele já fazia 4 anos atrás, uma pena nunca ter tido o devido reconhecimento e investimento
Rodrigo Fante
Não tem como vender naquele preço, era menos da metade do custo de produção, ali foi para acabar com o estoque mesmo. Esse tablet dela deveria ter sido vendido a US$399,00 - já daria lucro, pequeno, mas daria e ainda colocaria a HP em boa posição no mercado.
Fer
O problema do Android não é ser OpenSource, mas sim ser Google!
Fer
YEAHHHHHHHHHHHHHHH!!! FINALMENTE, se eles tomarem rumo agora, eu paro de ter ódio da HP por ter matado a Palm! XP
Tiago Coimbra de Araújo
Web OS é muito bom, só espero que não vire a festa dos virus, malwares e trojans que é o Android hoje. Código aberto chama atenção de programadores e hackers.
olacir
resta saberse esse plano iradar certo, poruqe o android, ja esta consagrado...
Ramon Melo
Eu sei que é bom, só pontuei que o N9 também tem um SO pensado em interações gestuais. Eles só não competem porque o N9 é um celular e o TouchPad, um tablet.
Rodrigo Fante
Foi o que pensei aqui também, mas espero que uma Samsung pelo menos solte 1 aparelho com ele, eu estou louco para ter um webOS.
Rodrigo Fante
webOS é o primeiro sistema feito pensado em toques, o que o Android e iOS fazem hoje o webOS já fazia no lançamento. É um sistema muito bom.
@guyilherme
Se ela tivesse mantido a produção do Tablet dela a 99 obamas, esse natal só ia dar HP. Realmente não da para entender a mente desses executivos da HP.
@yagogabriell
Na minha opinião o WebOS é melhor que o honeycomb. O bom do honey são os aplicativos e só! Já o WebOS é bem mais bonito e tem uma aparencia de tablet !
Tiago
Eu estou muito !
@marceloslowibe
acho o WebOS , mais atraente que o android '-', pena que é tarde, mais ainda há tempo quem saiba.
Vinicius Kinas
Nokia fez a mesma coisa. Normal rs.
Exibir mais comentários