Início » Jogos » Unreal Engine 3 chegou para Mac. E eu com isso?

Unreal Engine 3 chegou para Mac. E eu com isso?

Avatar Por

A Unreal Engine 3 é hoje uma das ferramentas mais poderosas de desenvolvimento de games 3D na indústria. Ontem, num anúncio totalmente inesperado, a Epic Games anunciou o início do suporte para o OS X da Apple e já disponibilizou a nova versão da UDK, o kit de desenvolvimento da Unreal Engine, para download.

UdK rodando no Mac

Para quem não sabe, engine é uma espécie de kit de ferramentas que possibilitam um game ser criado e depois rodar. Dentro de uma engine vêm diversas ferramentas e tecnologias como programação de física, renderização 3D, iluminação, som, inteligência artificial e muita, muita coisa que pra quem não entende de programação pode ser resumido como uma espécie de mágica.

A Unreal Engine é a tecnologia criada pela Epic Games e que está por trás de games como Gears of War, Unreal Tournament, Mass Effect etc. E não só isso, a UDK também é utilizada fora do meio de games. Um dos usos comuns é feito por empresas de arquitetura para demonstração de projetos.

Ok, e o que interessa pra indústria de games que a UdK rode nas máquinas da maçã?

  • Maior reconhecimento do Mac como uma plataforma pra games — há alguns anos o cenário era dominado pelo Windows.
  • Mais lançamentos de games que antes levariam meses para serem portados para Mac (ou nunca seriam), saindo simultaneamente para PC, Mac e, quem sabe, consoles. Agora são poucos detalhes para adaptar de uma plataforma pra outra e não todo um trabalho de reescrever o game do zero.
  • Mostra uma evidente preocupação da Epic Games com a força que o Unity3D tem ganhado nos últimos anos e o recente lançamento da CryDev.

Unity-o-quê? Unity3D é outra engine concorrente a UDK lançada em 2005 e que ficou popular pelo seu baixo custo de licenciamento e flexibilidade, podendo usar uma única engine para desenvolver para PC, Mac, Xbox 360, PlayStation 3, Wii, iOS, Android e até mesmo para web (usando o Unity Web Player). Já a CryDev é o kit lançado em agosto pela CryTek, de desenvolvimento em cima da CryEngine 2, mesma engine usada em Crysis 2.

A melhor parte pra todo mundo da indústria, dos iniciantes às grandes empresas: baixar e desenvolver nessas ferramentas todas é gratuito — quem quiser pode pagar uma taxa bem pequena para ter acesso a recursos avançados e suporte. Por menos de 100 dólares você pode começar agora mesmo a fazer um game pra PS3 usando a Unity ou a UDK e só pagar depois que vender 50 mil cópias do título. Não que seja fácil começar fazendo um game pra PS3, mas já da pra começar a brincar com mobile, como é o caso de Infinity Blade, que foi feito todo em UDK.

Gears of War 3: feito com Unreal Engine 3

Só pra ter uma noção de como esse cenário está mudando: há 5 anos a única opção de engine high-end (usada para fazer games top de linha pra consoles de última geração) era a Source da Valve. A Unity ainda estava começando a caminhar e a UDK… só baixando no torrent mesmo, porque pra começar a fuçar nela, independentemente de produzir ou não um game, custava uma licença de 1 milhão de dólares! De um milhão pra cem é uma mudança gigantesca.

Seja você entusiasta de games e que quer se aventurar na produção, ou apenas um usuário da maçã que ainda se sente frustrado por não ter tantas opções de jogabilidade, essa notícia de hoje vai trazer bons frutos pela frente. Na minha opinião, todo mundo sai ganhando com essa.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

João Paulo Polles
Mas se tivesse uma Linguagem Universal, seja o C/C++ ou qualquer outra linguagem que desse para programar para todos os SO sem se preocupar que esse SO usa C, noutro usa Linguagem X, e no outro a Linguagem Y. Se Isso acontecesse todos iriam agradecer na minha opinião(tanto programadores quanto usuários finais)
Yangm
Enquanto isso a gente reza... Se eu tivesse procurando culpado eu colocaria a culpa também na preguiça, pois qualquer um de nós pode fazer uma solução air like, java like, html like... mas falta a iniciativa e o comodismo atrapalha demais. Não que eu queria que joguem fora os programas atuais pela janela (janela... que ironia...) e comecem tudo do zero, mas apenas que algumas dll's do windows rodem um, por exemplo, .uni do mesmo jeito que algumas so's, algumas .so's do android, algumas .sei lá o que o C da apple usa e etc. Meu sonho era que isso acontecesse nativamente, mas encorajo qualquer um que queira fazer isso. Dica: se for fazer isso, coloque crie classes equivalentes e outras revolucionárias junto com um SDK que ajude os Devs preguiçosos a traduzirem seus programas para essa plataforma. Por enquanto está acontecendo algo que "serve" em meu ver, para fazer Chrome Apps, Opera Apps, Windows 8 apps você faz um .html e ajusta. Também há a opção de fazer isso com outras coisas, mas ai não é html puro. Sobre a questão da velocidade e processamento, o WINE no linux não vai mal traduzindo .exe para o linux.
Tio Z
Não acho que seja tanto dor de cabeça de programar o jogo para linux quanto seja aturar a pilha de perguntas sobre "porque não roda no meu sistema?". Como o Linux é extremamente maleável, fica difícil para empresa manter um suporte técnico para o jogo. É mais ou menos o mesmo motivo pelo qual raramente você vai ter uma telecom aqui dando um suporte de qualidade para internet se o usuário trabalha em Linux.
Vinicius Kinas
Bom, padrão de programação básico existe, são as linguagens. E até existe a API padrão POSIX, disponível em todas as plataformas (desktop) hoje (sim, até no Windows tem, apesar de ter algumas diferenças). O problema é que o POSIX foi pensado há muito tempo, e hoje está defasado, não tendo muitas capacidades hoje consideradas básicas (áudio, vídeo, e outros dispositivos). Não existe consenso em: disposição do arquivo binário; como funcionam as dll's (ou .so); disposição e responsabilidade sobre os parâmetros em assembly; e MUITAS outras coisas. Mas a principal parte onde ninguém se entende, é na interface gráfica. Cada sistema operacional tem pelo menos duas (GDI, WPF, Carbon, Cocoa, GTK, QT). Cada uma dessas interfaces tem suas próprias regras de alinhamento, aninhamento, etc. Ponto que é notado em algumas bibliotecas que fazem a implementação multiplataforma (como o wxWidgets e o GTK por exemplo). O Java veio com uma proposta de unificar isso tudo, e conseguiu. Só que veio com um custo muito alto: velocidade. Programas em Java são extremamente lentos se comparados à programas normais. E isso é um custo que áreas com necessidade de alto desempenho não podem ter (como jogos, renderização de vídeo e áudio por exemplo). Se tu tá procurando um culpado nessa história toda, pode usar o capitalismo mesmo, já que o motivo de não haver um consenso geral, é que cada sistema perderia um grande diferencial se isso acontecesse. O Mac perderia programas feitos com interface decente, o Windows perderia a exclusividade de inúmeros softwares existentes. O Linux, como alternativa livre e muitas vezes gratuita, só teria a ganhar, já que a proposta inicial já é diferente.
Yangm
"sugiro que seja a programação UNIVERSAL em geral."
Yangm
É esse padrão despadronizado que roda em "tudo quanto é coisa". Como sempre a culpa é da preguiça dos programadores (dos browsers). Para mim é muito mais fácil programar com if IE do que começar o código do 0 para cada navegador. Quero dizer que, o mesmo poderia ser acontecer com a programação em geral, um "if xbox" no meio de um código que roda no seu macintosh. Isso não deixa o código feio. Java não é nativo como eu sugiro que seja a programação em geral. Mas para programadores preguiçosos e pessoas pessimistas como você, realmente meu comentário foi uma piada.
Gus Fune
Padrão igual ao HTML? É piada né? HEHEHE. Até hoje o HTML5 ta fora de padrão entre as empresas... a W3C faz sua parte, mas nem todos cooperam. O HTML4 então... desistiram. É difícil formatar um padrão pra games, até por conta da diferença de linguagens... UDK usa linguagem própria e é expansível pra C e C#. Unity também usa própria, expansível pra C#, XNA usa C#. Qualquer coisa da apple já fode pq usa Objective-C, que é uma expansão do C... Teoricamente Java roda em tudo, mas quem disse que é eficiente? Tem gente apostando no Ruby como padrão daqui uns anos. Sinceramente, deixa a galera se matando, vou é zerar GoW3 enquanto isso...
Yangm
No dia que as empresas deixarem de ser porcas e capitalistas e começarem a fazer um padrão de programação, como o html, todos vão ficar felizes. Desenvolvedores e compradores. Mas o medinho de perder cliente é tão grande... Nada contra os OpenWhateverL, mas apenas na minha humilde opinião de WebDesigner, acho que da geladeira ao servidor do Google pelo menos alguma coisa deveria ter de inter operatividade -- digo isso em comparação ao html aos dispositivos móveis, desktops, (até mesmo alguns consoles). Tudo igual. Com exceção das adaptações relacionadas a interface, nunca deixa de ser html seja no pc, no iphone, no mac, no android, no playbook. Não sei se culpo a preguiça ou o capitalismo quanto a falta de uma padronização. Mas o fato é: falta padronização.
Gus Fune
Ridículo como? A ideia é justamente instigar a entender o pq disso ser algo bom. Eu mesmo sou usuário de Mac e acho sensacional o UDK sabor maçã.
Erick
Dragon Age II roda muito bem? Cara, se sua máquina for realmente boa, até roda. Não culpo Mac, mas a estratégia adotada pelo port foi simplesmente horripilante!
Erick
Não espero que abandonem o Windows tão cedo, mas gostaria de que os jogos viessem sim para o Mac! Sempre é bão ter todas as opções! Agora que venham drivers e performance melhores!
vinnicius
Fala aí, xará! Seria realmente animador que o Linux suportasse a Unreal Engine e o Steam nativos. O Linux seria bom no mercado de games, porque é um sistema bem rápido, mas é só esperar. (não estou em casa, por isso estou no Windows 7, =(
Christiano
animador!!!! o que foi ridículo é o título da matéria!!
Brunno Gomes
Não sei como está isso hoje, mas tanto o Unreal Tournament clássico como o 2004 rodavam no Linux oficialmente, era só baixar um instalador no site.
julio
imaginarymac, o Mac teria q rodar muito mais coisas além de "games". PC não é a plataforma top de jogos faz tempo, desde a chegada dos consoles modernos. comentário mais arrogante o seu.
Exibir mais comentários