Início » Celular » Nunca foi tão fácil rabiscar em imagens no iPad

Nunca foi tão fácil rabiscar em imagens no iPad

Evernote lança versão do Skitch para tablet da Apple.

Avatar Por

No início da semana eu questionava tranquilamente no meu Twitter se havia alguma coisa similar ao Skitch para o iPad. Imagine só, fazer desenhos em cima de imagens com um aplicativo fácil de usar… Alguns contatos mandaram sugestões, como o Sketchbook Pro da Autodesk. Mas nada chega na facilidade do Skitch que a gente tanto conhece no OS X. Pois bem, na manhã de hoje o Rafa, outro editor do site, deu a boa notícia: saiu o Skitch em uma versão exclusiva para iPad!

Olha aí o app em funcionamento

A tela inicial do aplicativo mostra as opções para adição de comentários, setas e afins nas imagens. O usuário pode abrir uma foto já salva, abrir a câmera e bater uma foto (com a qualidade triste que só a câmera do tablet oferece), fazer screenshot de uma página da web ou ainda de um mapa. Por fim, uma folha em branco está disponível – mas para isso temos o app Bamboo Paper.

Só não adianta achar que, por ser um aparelho com touchscreen, fica mais fácil escrever texto no iPad. Os desafios permanecem os mesmos: não dá para colocar linha muito fina, e geralmente as características da escrita cursiva da pessoa se perdem. Mas dá para arriscar letras de forma, como eu fiz na captura de tela acima. Sim, deixou bastante a desejar.

O Skitch é esperto e reconhece os elementos adicionados pelo usuário na imagem, permitindo movimentá-los e editar a cor de preenchimento deles. As ferramentas de edição são bem básicas, com traçado livre, elipse, seta, texto, retângulo e linha. Diferentemente do Skitch no Mac, a versão para iPad não conta com marca-texto. Uma pena.

Edições feitas, o Skitch para iPad permite compartilhar usando o AirPlay para exibir a tela em uma televisão ou monitor; enviar para o Twitter tirando proveito da integração nativa entre o microblog e o iOS 5; mandar por email; e salvar na Camera Roll. Não menos importante, também exporta a imagem como uma nota do Evernote (fruto da aquisição do Skitch pela empresa que desenvolve o Evernote).

Compartilhamento com Evernote

Brinquei um pouco com o app e gostei bastante. Simples, direto ao ponto e funcional.

Conforme o Tecnoblog noticiou previamente, o Skitch possui versão para Android também gratuita no Market.

Depois dessa, não tenho dúvidas de que a gurizada do futuro vai abandonar a caneta ao rabiscar fotos – para colocar dente sujo e chifrinho – para zoar os amigos. Bem mais prático com o iPad na mão. E depois é só mandar por email.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Marcelo
bacana!
@luisdpaula
Alguém se ligou.HAHAHAHA,achei que ninguém ia pegar a piada.
@brunogdb
Até porque, isso pra Google deve ser fácil.
Yangm
Concordo.
@brunogdb
Já tenho no meu Android, mas eu espero ansioso mesmo para iPhone/iPod. Excelente app. :)
@brunogdb
Não devia proibir outros meios, mas sim a Google influenciar os ícones e por algo na SDK que ajude a fazer naquele padrão.
Rodrigo Fante
Ah sim, mas isso é bom.
Raph4
Ambos?
Yangm
É exatamente por isso que entre uma formatação e outra do windows que eu uso o pacote de ícones "Token Icons", pois seguem o mesmo padrão, além de vir com um guia passo a passo de como criar um "Token Icon". O desktop de qualquer dispositivo fica muito mais bonito e agradável com ícones padronizados. Se o problema é liberdade, a Google poderia pelo menos deixar um how-to para quem quisesse fazer ícones padronizados. Os ícones do Facebook, Netflix, e Google+, por exemplo, apresentam tamanhos totalmente diferentes, mas com o mesmo formato.
Yangm
Digo ícones com a mesma proporção de tamanho e de formato.
Rodrigo Fante
ícones padronizados em que sentido? eu vejo vários padrões de ícones ali. Você diz ícones retangulares?
Thássius Veloso
Oops. Texto corrigido.
Thássius Veloso
Na minha experiência de uso é muito mais agradável. Entendo que o Android peca nesse sentido, liberando ícones de toda sorte. Podiam padronizar, trazendo um visual mais consistente e organizado para o usuário. Por outro lado, a proposta deles é que tudo seja livre. Para os adeptos da filosofia, deve ser mil maravilhas ver que funciona.
Yangm
"nem dinheiro p/ ter" Não tem dinheiro para ter o iPad ou para ter uma namorada?
Yangm
Então Thas, como é viver em um mundo onde os ícones são padronizados? Gosto do Android mas a única parte que me broxa é que os devs podem fazer o que bem entenderem com os ícones.
Exibir mais comentários