A Nokia anunciou no começo do mês um desconto nos preços dos seus celulares atuais, provavelmente como forma de se sustentar durante a árdua e dura transição para Windows Phone 7. O blogueiro russo Eldar Murtazin, que já esteve correto antes, disse que outro desses cortes estão chegando. Suas fontes de dentro da empresa afirmaram que em setembro a Nokia vai dar um desconto de 10% em toda sua linha. Então se você queria comprar um smartphone da Nokia, talvez queira guardar o seu suado dinheirinho por mais alguns meses. | BGR

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@AntonioVeras
Nossa. Não deu nem tempo de abrir o e-mail. Já acabou. Produto indisponível.
Jean Fillipe
O Symbiam terá suporte até 2022 se não me engano, o que considero bem interessante visto que ninguém passa tanto tempo com um celular.. Porém não gostei do OS e simplesmente não compro.. O Meego é meio que um sobrevivente, visto que Windows Phone 7 têm se mostrado eficiente, apesar de jovem.. No meu caso só compraria Nokia se equipado com WP7... Do contrário prefiro Android... E num último caso o iOS...
Yangm
Quero ver um Nokia Xpress Music com Windows Phone.
Thássius Veloso
Eu também!
Roberto Assunção
Prefiro Rise Of Nations :)
Ramon Melo
Onde é que você leu isso, Bruno? Eu li que a Nokia pretende continuar lançando aparelhos com o MeeGo, desde que o N9 seja bem recebido. O Maemo só não foi um sucesso porque os aparelhos eram muito sisudos e voltados para um público geek, o que não é o caso do N9. Você acha mesmo que, se o N9 der certo, a Nokia deixaria o sistema de lado? Aliás, você acha que, com um SO realmente livre, nenhuma outra fabricante lançaria um aparelho com o sistema?
@brunogdb
Eu vi isso em algum site grande por aí.
@AntonioVeras
Hoje eu já recebi um e-mail com o N8 por menos de R$ 1.000,00. :D
Alexandre
Seria uma pena o Meegoo nao vingar... em termos comerciais, o wp7 me parece uma coisa meio que sem erro, mas nunca se sabe. Se eles tivessem pensado em trocar o symbiam pelo meegoo há uns 2 anos atras... quem sab...
Guilherme Mac
Eles não deixaram no papel, mas deixaram na prática. MeeGo tinha alvo certo em smartphones, que era a Nokia, que deixou o MeeGo de lado, literalmente, deixando ele sem um produto forte imediato. Mas o que me fez falar isso foi a expressão usada no The Register¹, que pode ser sim algo do gênero, pois não existe "acordo de boca" entre empresas, principalmente em algo do gênero. (1) http://www.theregister.co.uk/2011/06/21/nokia_singapore_meego_but_no_windows/
Pedro
Não sei, talvez analisar o mercado ou tentar emplacar o MeeGo caso a empreitada com o WP não dê certo, até porque ele é, de longe, muito melhor que o Symbian. De fato, a única certeza que temos, é que ele continuará sendo desenvolvido, mesmo que seja por baixo dos panos. O futuro à Elop pertence.
Alexandre
Entao tá @Pedro, me diga uma coisa: qual o sentido do MeeGo no final das contas? Um SO com um smart só (na vdd sao 2 neh?), poderoso, que foi lançado sem a menor esperança da propria fabricante, pra que? Pra mostrar a equipe o resultado final da empreitada? E qual é o futuro do MeeGo? Pois sei que a fundacao nao deixou de existir.
Thiago Sabaia
Hehehehe
Pedro
Isso não existe. Eles não deixaram a fundação do Grupo MeeGo. Dà uma olhada nessa matéria: http://bit.ly/j1nXOI
Guilherme Mac
Acho q foi questões contratuais o N9. Eles deixaram a Intel e Fundação Linux na mão sem mais nem menos, como se nunca tivessem feito parte da fundação do grupo MeeGo.
Exibir mais comentários