A mente de um programador entediado me fascina. Eu já programei na faculdade, mas fiz o básico apenas para passar na matéria. Ainda assim não consigo entender de onde o programador sem um projeto nas mãos tira inspiração para criar o que criam. Vejam por exemplo o caso do programador Andrew Vos. Ele estava entediado no final de semana passado e por isso quis descobrir qual linguagem de programação gera a maior quantidade de xingamentos entre programadores.

E descobriu: C++ leva a medalha de ouro. Para descobrir isso, Vos criou um código que rastreou quase 1 milhão de commits do repositório de projetos Github. O commit é uma área onde os programadores deixam registrados quais mudanças fizeram no código, como a implementação de novas características, remoção de outras e reparos em geral. E o Github é um dos maiores diretórios de projetos nas mais variadas linguagens de programação. O resultado foi o gráfico abaixo.

Logo atrás da C++ estão Ruby e JavaScript. O número de xingamentos cai um pouco, mas também estão presentes em códigos criados nas linguagens C, Java e Python. Veja aqui a lista completa de todos os commits com xingamentos encontrados pelo desenvolvedor.

Para deixar registrado, o rastreamento de Vos foi bem justo: ele pegou a mesma quantidade de projetos em todas as linguagens. No total, encontrou 210 xingamentos em inglês, além das expressões LOL, ROFL, WTF, OMG e ZOMG. E como bem nota um dos comentários no post do blog de Vos, nem todos os xingamentos acabam indo para o commit. “Eu programo em Python, mas xingo mais por causa do IE” disse Madigan.

PS.: Hoje é sexta-feira. Não me cobrem pesquisas ou estudos sérios. 😛

Com informações: Webmonkey. Dica do Caio Felipe via Google Reader. Valeu, batatas metálicas!

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

rafaelsdesouza
Uma pesquisa inútil com comentários que demonstram falta de conhecimento no ramo também... A pronúncia para C++ é C plus plus em qualquer lugar... Quanto a desenvolver soluções e colocar em prática ideias sem um projeto prévio, isto ocorre em muitos ramos diferentes e daí saem as melhores coisas...
Felipe Tomaz
E essa é a forma correta de se pronunciar. Ele está certo
Felipe Tomaz
É só saber configurar o seu editor de código
@orochichris_
eu programo em ruby e em C++...
@julianleno
uma vez em uma palestra ví o palestrante falando "Bom dia eu sou o fulano de tal e vou falar um pouco para vocês de C plus plus...." noooossa foi tão estranho (para não falar outra coisa) kkkkkkkkkk uma linguagem que o cara já chega falando "C plus plus" não deve ser boa coisa!!!! LOL
Gabriel Fernandes
O marido de minha prima é norueguês e la ele trabalha com programação em uma empresa de telecomunicações, ele pronuncia C++ como "Cê plus plus". Eles so vem aqui ao Brasil uma vez por ano, natal em natal.... nessas conversas conversei com ele, e me disse que lá se pronuncia assim... =/
Gabriel Fernandes
Com certeza a Microsoft é o alvo numero 1.
Victor
Deve ser inveja porque a grande parte dos programadores na verdade são POGamadores(Amadores em POG) que só sabem programar em linguagens simples como Java e Python. OBS : POG = Programação orientada a gambiarras.
jean
como se pronuncia C++? Cê mais mais ou Cê maaaaaaaaaaaaaaaais?
Caio Furtado
HAHAHAHA EU RI MUITO!
Caio Furtado
Doritos sempre!
Caio Furtado
De fato. HAHAHA
Gabriel Bemfica
Nem sempre. Vai usar um compilador de Portugol pra você ver (eu sei que não é uma linguagem de fato, mas existe um compilador para Portugol). Se você botar um espaço a mais sem querer, o negócio já dá erro. Meu irmão é formado em ciências da computação e ótimo programador em várias linguagens, porém diz que "pra usar C tem que ser mais macho que pra mexer com cartão perfurado". Além disso, o cara pesquisou um número igual de projetos em cada linguagem, então essa questão de "tem mais xingamentos porque tem mais gente usando" não é válido.
Gabriel Bemfica
E comendo Doritos, não se esqueça!
Gabriel Bemfica
Não tirem onda, comecei a aprender Pascal na faculdade (era engenharia, acabei largando pra entrar em outro curso), e, na engenharia mesmo, conheci alguns professores que programavam em FORTRAN (aquele que você soletra com maiúsculas, mesmo, não o Fortran 90, que é em minúsculas).
Exibir mais comentários