Início » Celular » Bloggers que descobriram o iPhone 4 vencem Apple no tribunal

Bloggers que descobriram o iPhone 4 vencem Apple no tribunal

Gizmodo publicou fotos do protótipo dois meses antes do lançamento oficial.

Avatar Por

Quando o iPhone 4 foi lançado, ninguém fez cara de surpresa. O próprio Steve Jobs disse, durante a WWDC 2010, que alguns dos espectadores presentes no keynote teriam visto o produto. É que o Gizmodo americano havia publicado fotos de cada centímetro que o aparelho poderia apresentar dias e dias antes do grande lançamento. Provavelmente estou falando do mais notável caso de furo jornalístico dado por um blog de tecnologia.

Primeira imagem do iPhone 4 foi publicada com exclusividade pelo Gizmodo

A Apple não gostou nada da história e foi na justiça questionar o assunto. Nessa quarta-feira (10) saiu o veredito final: nenhum dos blogueiros contratados pelo Gizmodo enfrentará qualquer multa ou mesmo um tempinho atrás das grades.

Um juiz do condado de San Mateo, na Califórnia, determinou que os funcionários da Gawker Media, a empresa que publica o Gizmodo, estão livres para encontrar e publicar informações sobre os mais secretos protótipos que essa indústria poderia oferecer. Curiosamente, a comemoração da Gawker me pareceu bastante tímida diante de uma ação litigiosa movida pela Apple de Steve Jobs.

“Estamos satisfeitos de que (…) nenhum crime foi cometido pela equipe do Gizmodo em relação às reportagens sobre o protótipo do iPhone 4 no ano passado. Ainda que nós acreditássemos ter agido completamente de acordo com a lei, isso inevitavelmente foi estressante para o editor envolvido, Jason Chen e nós estamos felizes de finalmente deixar isso para lá.”

O Gizmodo publicou sua primeira matéria sobre o iPhone 4 em 19 de abril de 2010. O produto foi finalmente anunciado em 7 de junho do ano passado, com quase dois meses de atraso. Nesse meio tempo, fico imaginando quantos sermões o sr. Jobs não deve ter dado em sua equipe por causa de um vazamento tão vergonhoso. Desde aquela época, o blog não é mais aceito em nenhum evento oficial da Apple.

Cabe lembrar que o blog americano diz ter encontrado o iPhone 4 esquecido numa mesa de bar. A Apple pediu para o protótipo ser devolvido, mas o Gizmodo informou que só faria a devolução se a empresa primeiro assumisse que aquele produto era legítimo dela. E aí começou a disputa judicial.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@AntonioVeras
Concordo. Com quase tudo, pois para muitos macfags, o Jobs é Deus e não humano.
luvialca
Eu trocaria uma palavra do título: ao invés de "bloggers", colocaria "bandidogers".
@Loop_infinito
Matéria completamente equivocada... Foi o equivalente ao Ministério Público deles que decidiu não continuar com o caso, não houve julgamento. Como pode-se ver aqui (http://daringfireball.net/linked/2011/08/11/iphone-4-gizmodo), a promotoria abandonou o caso não porque não existam provas de que o Gizmodo comprou material roubado, eles abandonaram o caso porque não queriam dar continuidade a um caso que seria polêmico e entraria na discussão se o que foi feito pelo Gizmodo é coberto ou não pela primeira emenda da constituição americana que diz respeito à liberdade de expressão.
Andre
Concordo com suas opiniões, mas não com sua falta de respeito. Adultos discutem e argumentam sem apelar.
Alexandre
PArabens ao giz americano, pois hoje em dia ta dificil de escapar das garras dos advogados da apple, a samsung que o diga
Mr Hertz
amiguinho, vamos colocar uma coisa bem as claras. primeiro, errar é Umano. pra todos, inclusive o proprio Jobs. segundo, o engenheiro foi contratado pelo seu conhecimento, e nao por ter um alto nivel de cuidado, e portanto tal erro so deixa o engenheiro em posicao mais valoroza ainda, pois alem de ja ter requisito pra trabalhar com o que ha de mais avançado com uma empresa bilionaria como a apple, ele agora tem a experiencia de um erro, e portanto amadureceu um ponto onde seus colegas nao tiveram a chance de poder aprender com um erro terceiro, ja ouviu falar de liberdade de imprensa? porque é que o pessoal tem todo um sistema anti espionagem industrial? pra que esse tipo de falha nao aconteça. mas aconteceu, mostrando que ninguem é perfeito. nem mesmo um computador, menos ainda um humano que o fez. agora seeeee a apple vai demitir o engenheiro, acredite, vai ter gente chovendo na porta dele pra contrata-lo, pois alem da experiencia e contato com planos e projetos da apple, ele ainda é um engenheiro super capacitado o suficiente por ter sido aceito pelo processo rigoroso da apple. em resumo, as outras companhias torcerão do fundo do coracao delas para o steve joba demitir o cara.
Mr Hertz
entao segundo seu entendimento, o engenheiro é quem devia ter processado o gizmodo por ter divulgado, e nao a apple, que fez o mesmo processo? ta dorgado mano? entao voce deixa seu prototipo cair, um prototipo inteiro e funcionando, e ainda quer processar alguem por ter posto informacoes? voce ta maluco? voltou a era da ditadura, onde as pessoas exercem suas vontades indiscriminadamente? o juiz foi bem claro em sua sentença... "os manos do gizmodo podem publicar qualquer porcaria que consigam de qualquer protótipo". foda-se steve jobs !!!!!! digo JOBS porque isso so teve avanço com o aval dele..... ENGULA A SECO seu velho megalomaniaco nojento. va vender seu computador-videogame em outro lugar (nao é novidade que produto apple é mais fechado que bu*[email protected] de freira).
@leocadio
"finalmente colocar deixar isso para lá." ta erradoaí editor
@ricardofressa
A Apple sempre gostou de fazer surpresas com seus clientes, não acho ruim ela ter processado pelo o que o GIzModo publicou... Mas também a Apple podia tomar mais cuidado com essas novidades para não acontecer isso mais!
Gaba
Concordo plenamente!
@dupotter
Que isso hein? Virou moda odiar a Apple? Quanto a empresa Gawker Media (dona do Gizmodo), não deveria ser processada pela Apple, mas sim pelo jovem engenheiro que perdeu o aparelho. Graças a Gawker, o nome do cara foi exposto para todo o mundo. É lógico que ele tomou um sermão e perdeu o emprego na Apple, já que a Apple já sabia que o cara tinha perdido o aparelho, mas qual o direito da Gawker em expor o cara ao ridículo? chegaram a dizer que o cara perdeu o celular porque estava bêbado em um bar... O Gizmodo não fez nem cócegas a Apple, mas manchou pro resto da vida a carreira deste engenheiro. Que ele errou, errou, mas o Gizmodo não tinha o direito de divulgar todos os dados do cara para o mundo. Não acredita no que eu falei? Veja: http://www.google.com.br/#sclient=psy&hl=pt-BR&safe=off&site=&source=hp&q=engenheiro+apple+perde+iphone&pbx=1&oq=engenheiro+apple+perde+iphone&aq=f&aqi=&aql=&gs_sm=e&gs_upl=1337l1337l0l2636l1l1l0l0l0l0l0l0ll0l0&bav=on.2,or.r_gc.r_pw.&fp=8cf8e619a5329ab1&biw=1280&bih=856
@gutomarreiros
O Tio Steve "Hitler" Jobs, que adora processar meio mundo, perdeu essa... Parabéns ao Gizmodo... rsrsrs
Filipe Garcia
"O Gizmodo publicou sua primeira matéria sobre o iPhone 4 em 19 de abril de 2011." Não seria 2010? :P
CaioBarbas
Censura Apple. Vergonhosa.
Gaba
Hahaha se deu mal tio Jobs :D