Fábio Coelho | Crédito: divulgação

Desde setembro do ano passado a divisão brasileira do Google estava sem um diretor geral fixo. Quem ocupava o posto era Alexandre Dias, mas ele deixou a posição para ocupar o cargo de executivo-chefe da Anhaguera Educacional. O comando provisório da empresa caiu então nas mãos de Alexandre Hohagen, que até a semana passada ainda estava no cargo. Mas acabou tentado por uma oferta do Facebook e decidiu trocar de empresas.

Hoje o Google anunciou oficialmente seu escolhido para liderar a filial da empresa no país. Ele se chama Fabio Coelho e tem no seu currículo passagem em empresas do calibre do Citibank, Bellsouth, AT&T e até a Gillette. Desde outubro do ano passado ele exercia a função de presidente do Internet Group do Brasil, também conhecido como iG.

O executivo passa a ocupar o cargo definitivamente a partir do dia 1º do mês que vem. Já a presidência do iG ficará a cargo de Pedro Ripper, ex-presidente da Cisco.

O que prova a minha teoria de que os presidentes de grandes empresas no Brasil adoram brincar de dança das cadeiras uma vez ou outra. A diferença é que eles usam cadeiras executivas.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Caio Furtado
Me expliquem uma coisa, por que o vice não assumiu?
Caio Furtado
HAHAHAHA EU RI.
Hernani
As mudanças no Brasil, são muito parecidas com as que acontecem lá na terra do tio sam, aonde executivos saem de grandes empresas, até concorrentes, para ocupar novos cargos, ou responsabilidades, nisso o cenário do Brasil é muito parecido com o de lá
Breno
Essa foto dele me assustou, este sorriso maroto e com um olhar de: Braains! "Eu vou comer seu cérebro". Sério, quase fugi pras colinas.
Caio Alexandre
Essa foto dele me lembrou uma trollface. Será? :P
Gabriel Silva
Espero melhoras por aqui...
Ramon Melo
Poxa, eu jurava que dessa vez era o Mobilon...
Alexandre
Um otimo sinal, tanto as mudanças no facebook brasil quanto troca de postos no google, estao olhando para o nosso mercado!!
@cmerigo
O problema é que as empresas de internet no Brasil são lideradas por coxinhas.