Esse é um dia triste para os donos de iPhones e iPads. Desde a manhã de sábado (8 de janeiro), o VLC está fora da App Store, e ao que tudo indica, sem chance de retorno. O motivo? Como já havíamos comentado, divergências de licenciamento do VLC com o licenciamento de aplicativos na App Store.

Quem baixou, baixou. Quem não baixou, não baixa mais

A iniciativa partiu da própria Apple, com base nas reclamações e na ameaça de processo feita por Remi Denis-Courmont, desenvolvedor do projeto VLC. Segundo Remi (e outros desenvolvedores), se o VLC original está licenciado sob a GPL, a versão para o iOS deve manter a mesma forma de licenciamento. Mas no caso da App Store, todos os aplicativos baixados possuem DRM e podem ser instalados em no máximo cinco dispositivos diferentes atreladas a uma mesma conta.

Aparentemente, a Apple achou mais simples remover o aplicativo da loja, ao invés de discutir na justiça ou mudar sua forma espartana de licenciamento.

No fim da história, perdem todos: donos de gadgets da Apple, que não poderão mais baixar um ótimo player de vídeo, e a comunidade open-source, que, apesar de estar com a razão nessa história, acabará saindo como a grande vilã de tudo.

De qualquer forma, se você ainda quiser ter um celular com um player que toca qualquer tipo de áudio ou vídeo, tudo o que precisa fazer é comprar um Android. 😛

Com informações: OSNews

Comentários

Envie uma pergunta