Ao baixar aplicativos no seu celular, você já espera que alguns deles usem dados do aparelho para algum fim. De fato, antes de serem instalados, os aplicativos disponíveis no Android Marketplace indicam quais dados serão acessados e quais funções do celular serão usadas. Mas nem todos usam o que dizem que usam. Isso é o que indica uma pesquisa realizada pela empresa SMobile Systems.

Especializada em segurança móvel, a SMobile Systems analisou 48 mil aplicativos do Android Market (mais ou menos 68% do total disponível) e chegou à conclusão de que 20% deles coletam dados privados que poderiam ser usadas para fins maliciosos. Dentre as demais ameaças, foram detectados 8 programas que poderiam fazer do aparelho um peso de papel caro, tornando-o inutilizável, 29 requisitam informações que encaixam no perfil de spyer e 1490 aplicativos poderiam mandar mensagens de SMS sem que o usuário sequer desconfiasse.

Vale lembrar que, diferente da iTunes App Store, para ser listado no Android Market os aplicativos não precisam passar por aprovação da empresa criadora da loja, basta apenas o desenvolvedor cadastrá-lo e enviar o aplicativo. E é aí que mora o perigo.

O relatório com todas as descobertas pode ser visualizado nesse link (PDF).

Com informações: MundoTecno, ReadWriteWeb.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Alexandre
Meu comentario rodou tambem :( Google e privacidade, imisciveis.
Breno
kd os comentários q o povo deixou aqui?! o0