A partir do mês que vem, o Google vai modificar a forma como oferece o serviço AdWords na Europa. A partir do dia 14 de setembro, empresas concorrentes poderão comprar anúncios acionados por palavras-chave relacionadas a rivais. A decisão acontece depois que a Justiça da Europa determinou que não há violação de marca ao fazer isso.

Até o momento, o funcionamento do Google AdWords na Europa é diferente do apresentado nos Estados Unidos ou no Brasil. Se uma empresa é concorrente de outra, ela não pode participar do leilão de palavras-chave do buscador, a fim de colocar um anúncio próprio quando um usuário buscar pela outra empresa.

Nestlé nos resultados de busca e na publicidade

Como você pode ver na imagem acima, a busca por nestle no Google da Alemanha retorna o site da própria empresa como resultado principal, e logo ao lado há anúncio de um produto oferecido pela Nestlé. A partir de 14 de setembro, empresas concorrentes da Nestlé poderão comprar aquele espaço publicitário, desde que vençam o leilão de palavras-chave (um serviço automatizado, claro) pagando o valor mais alto.

As empresas ainda poderão recorrer ao Google caso acreditem que um determinado anúncio da concorrência exibido nos resultados de uma busca por uma marca própria, mas isso deverá ser analisado caso a caso.

Com informações: Reuters.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Hernani
Que importa é faturar mais não é mesmo
Marcell Almeida
O Google so tem a ganhar com essa decisao.
Bruno Gall
Também
Alexandre
Eu achava que as tags e metatagas davam conta disso.
Breno Brito
Nada, o negócio que mais violento. vc digita Nestlé e aparece Michael Jackson por tabela de Garoto.
Raph4
Exato! PROFIT haha nice play!
Rafael
Isso já acontece no Brasil e outros países como o post nos informa...
@tduarte
Google nem vai rachar de ganhar _mais_ dinheiro agora! Bobagem...
Sr. Sem Papo
Tipo ...digito nestle ai aparece garoto ? O.o? isso claro se a garoto pagar..