Determinada em sua missão sagrada de digitalizar todos os livros da história e disponibilizá-los na web, a equipe do Google Books anunciou em seu blog oficial uma descoberta realmente especial. Com a ajuda de um algoritmo eles analisaram o acervo de bibliotecas, lojas e colecionadores de todo o mundo e concluíram que 129.864.880 livros foram escritos desde o princípio da humanidade.

Para chegar a tal número a equipe do gigante da web primeiro teve que definir o que eles considerariam um livro, e dessa maneira adotaram o padrão usado pela ISBN (International Standart Book Number), com a diferença que contariam diferentes edições (como ilustradas ou revisões, por exemplo) como uma única publicação.

Depois de analisar o acervo de 150 fontes diferentes, incluindo bibliotecas, microfilmes, registros, catálogos comerciais regionais ou internacionais, OCLC ou até mesmo o WorldCat, a equipe chegou ao número de 600 milhões de publicações, número inflado por duplicadas ou mapas e outros registros impressos que não podem ser considerados livros.

“Contando apenas os que foram impressos e distribuídos, nossa melhor resposta seria 146 milhões, número que pode mudar caso encontremos nossas fontes de informações ou mudarmos nossa metodologia.(…) Desta maneira, existem 129.864.880 livros. Pelo menos até o último domingo”, afirma o post em que a descoberta é apresentada..

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

inca_D_marte
Paulo Coelho, Stephen King, Jorge Luis Borges, Shakespeare são todos farinhas do mesmo saco. Contadores de história que ganham a vida escrevendo. Falar sobre qualidade das obras é no mínimo equivocado: o momento exige o autor correto, para a experiência eficiente. Falar bem ou mal de algum desses, mais que gosto, ao meu ver, vai de acordo com a moda, ou a tendência da época. Meu conselho, por derradeiro, é não perder tempo repetindo o que os outros dizem; leia tudo, leia cada autor, curta cada história. O instinto as vezes funciona melhor que uma indicação daquele seu amigo jóia, que diz saber diferenciar o essencial do lixo.
Hernani
Coloque isso no Kindle e terá uma biblioteca em um e-reader
Alexandre
Pra mim parece pouco tambem. Mas se voces lembrarem das aulas de historia, lembrarao que muitos livros foram destruidos durante a historia. A biblioteca de Alexandria, a revolucao cultutal chinesa, as guerras mundiais por exemplos.
Bruno Gall
Achei que tinha mais
Robson
Concordo com a Camila, muitos livros foram perdidos ao longo da história da humanidade e nem todos tem ISBN, apesar de interessante é um pouco falha esta contagem.
@RP4_BR
Se o Google falou, tá falado. #Fato.
kylefurtado
Paulo Coelho qualidade duvidosa? Você pode não gostar do estilo dele, mas ele é um excelente escritor.
Camilla
Curioso, mas não concordo com o método de escolha da Google =** Nem tds os livros do mundo tem ISBN, muito menos os que nunca leremos pq foram perdidos há centenas ou milhares de anos.
JoseRenan
pra mó de que eles fizeram isso?
RKNeto
O google me assusta as vezes.
@felipeautran
Quantos iPads ou Kindles seriam necessários para guardar todos os livros do mundo? É uma conta interessante, podia mostrar as vantagens da digitalização de livros.
Sr. Sem Papo
Qauntos eles ja digitalizaram ?O.o
JoseRenan
lembrando que muitos livros por ai tem qualidade duvidosa, #PauloCoelho
JoseRenan
parece pouco