Início » Arquivos » Aplicativos e Software » Evernote limita número de dispositivos sincronizados nas contas gratuitas

Evernote limita número de dispositivos sincronizados nas contas gratuitas

Paulo Higa Por

Quem sincroniza as anotações do Evernote em mais de dois dispositivos ao mesmo tempo precisará assinar um plano pago. O serviço anunciou nesta terça-feira (28) que está limitando o Evernote Basic para “manter a qualidade do serviço” para os clientes pagantes. A notícia chega uma semana após o Evernote liberar o recurso de proteção por senha para todos os usuários.

O Evernote está disponível em três planos para consumidores finais: Basic, Plus e Premium, com limites de upload de 60 MB, 1 GB e 10 GB por mês, respectivamente. O Plus remove a restrição de dois aparelhos, adiciona o suporte a notas offline e permite enviar notas por email. Já o Premium inclui recursos avançados, como a pesquisa dentro de documentos, digitalização de cartões de visita e anotações em PDFs.

Evernote

As mensalidades aumentarão nos Estados Unidos, de US$ 3 para 4 (Plus) e de US$ 6 para 8 (Premium). No Brasil, os preços continuarão os mesmos, bem mais baratos que nos outros países: R$ 4,50 por mês ou R$ 40 por ano (Plus) e R$ 9 por mês ou R$ 80 por ano (Premium). Se você ainda está pagando em dólares, agora, mais do que nunca, vale cancelar a assinatura e passar a gastar em reais.

Quem está sincronizando mais de dois dispositivos no Evernote Basic terá 30 dias para se adaptar às mudanças. Ainda será possível fazer uma gambiarra, acessando o Evernote pela interface web, que não possui limites de aparelhos simultâneos. Também vale considerar outras opções, como o OneNote, ou aproveitar alguma promoção — clientes da Visa, por exemplo, ganham três meses grátis de Premium.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Bruno Aquino
Eu comprei um S6 final do ano passado e já ganhei duas renovações grátis da premium kkkkk
Rodrigo Cerqueira
Ridícula essa mudança... Qual outro serviço recomendam para migração?
Eduardo Silveira
Acabei de migrar para o OneNote. Estou analisando se consigo me adaptar. Não estou interessado em ficar usando a versão web.
Tiago Celestino
Passei usar mais o Notes do iOS e OS X e uso mais o Evernote para notas compartilhadas. Como uso apenas no iOS e Web, continuarei sem pagar.
Daniel Lucena
Putz.. foda, tenho muita coisa no evernote... migrando aqui pro onenote então..
Guilherme Jara
hahaha eu também
Airon de Souza (Nash)
Evernote salva áudio e tem melhor suporte nas buscas. No mais, é gosto deplo design de cada plataforma mesmo.
Bruno Pinho
Não vi nenhuma "vantagem" que justifique pagar pelo serviço. Atualmente, estou usando o Keep, que achei o mais simples de todos e mais funcional. Minha vida toda está no Keep...
Rômulo Pacheco
Alguém já usou o Evernote e o OneNote? Sempre usei o OneNote, que é uma ótima alternativa gratuita, e sempre me atendeu. Queria saber quais as vantagens do Evernote em relação ao Onenote.
Paulo Higa
Eu uso bastante o Evernote Premium (guardo as anotações pessoais, do trabalho e da faculdade lá), mas nunca paguei porque sempre aparece alguma promoção ou algum cupom magicamente aparece na minha conta.
Weller Santibanez
Eu acho sensacional o que ele oferece, mas como não uso tanto, não assino. Mas já vi gente colocando toda a vida nele, usando de caderno na faculdade...
Marcus Pessoa
Me parece surreal alguém pagar por um aplicativo de notas. Só se for, sei lá, um executivo muito atarefado e com necessidades bem maiores que os mortais comuns. Uso o Evernote em dois dispositivos e não serei afetado, mas se o fosse, obviamente trocaria para um serviço gratuito.
Comediante
Pois é. A cada "summer clean" eu fico com medo de perder um serviço que eu gosto porque o Google resolveu acabar com ele. Na lista deste ano estão o Google Plus e o Hangouts. Uso diariamente os dois e parece que os apps do I/O deste ano são alternativas aos dois.
Diogo
O único porém do Keep é que quando tu começa a gostar de um serviço, o Google vai lá e termina com ele! hehehehe
Comediante
Desde o Google Keep eu nunca mais usei o Evernote nem pensei em pagar por um serviço de notas.
Exibir mais comentários