airbnb_iglu_04

Há alguns dias a costa leste dos Estados Unidos sofre com uma nevasca terrível que fechou aeroportos, paralisou o comércio e causou inúmeros danos por onde passou.

Mesmo aqui em Atlanta, uma cidade conhecida por raramente enfrentar o fenômeno, tivemos algumas horas de neve. O suficiente para que a população entrasse em modo de pânico, haja visto o pandemônio que se sucedeu no começo de 2014, conhecido como snowcalipse.

BgJ0JLJCMAANzsn

140129213323-20-weather-0129-horizontal-large-gallery

aca5a180195452044a0f6a706700148d

snowcalypse2014

Sim, parecia cenário de Walking Dead. Muita gente teve que passar a noite dentro de seus carros. Outros, em postos de gasolina, mercadinhos de beira de estrada e afins. Mas em 2016 tudo correu bem e não tivemos maiores incidentes. Tirando poucas cenas tristes, como essa:

Mais ao norte do mapa a coisa foi bem pior. Em cidades como Washington D.C. e New York algumas ruas acumularam mais de um metro de neve. Carros ficaram completamente soterrados. Sair de casa virou um desafio enorme.

dc01

nyc01

nyc02

NYC03

NYC04

NYC05

Mas nem tudo precisa ser visto como algo ruim. Muita gente aproveitou a nevasca para fazer coisas completamente diferentes. Como esses caras que, com o apoio da polícia da cidade, resolveram praticar snowboarding no meio da Times Square!

Essa atleta de natação com um mergulho, digamos, não ortodoxo:

Ou mesmo esse ataque de Arendelle em solo americano. Seria Obama capaz de parar a força congelante de Elsa? #LetItGo

Mas para coroar essa série de eventos inusitados em meio a um acontecimento que tinha tudo pra ser exclusivamente ruim, temos essa notícia!

O autor da façanha foi Patrick M. Horton, um diretor de arte que vive no Brooklyn, bairro / distrito da cidade de New York.

Segundo a ABC News, Patrick e alguns colegas de quarto construíram o iglu em pouco mais de seis horas de trabalho, colocando uma cama, alguns travesseiros, iluminação e uma árvore para decorar o lugar.

No último domingo, ele anunciou o iglu como opção de hospedagem no Airbnb com custo de US$ 200 por noite. Infelizmente a empresa retirou o anúncio do ar por “não atender os padrões mínimos necessários”.

IMG_0207

IMG_0210

building01

airbnb_iglu_01

airbnb_iglu_02

airbnb_iglu_03

airbnb_iglu_04

airbnb_iglu_nav

De acordo com Patrick, essa foi a mensagem que ele recebeu do Airbnb:

“Estamos felizes em perceber que vocês ficaram ocupados e se divertiram durante a nevasca. Infelizmente seu iglu, apesar de bem construído, não atende os nossos padrões de hospedagem e foi removido dos resultados das buscas. Tenha certeza de oferecer um lugar que água encanada, eletricidade e um teto que não derreta.”

airbnb_message

O que é no mínimo curioso, uma vez que o serviço possui vários iglus sendo oferecidos por outros usuários, sem água, tampouco eletricidade. Provavelmente foi o fator da piada que fez com que o “imóvel” tenha sido retirado.

De qualquer forma, parabéns ao Patrick e seus amigos pelo empenho e pelo bom humor. Verdadeiros esquimós da megalópole. E fica pra todos nós a lição: mesmo em momentos que têm tudo para serem terríveis, podem ser convertidos em algo bom. De algum jeito.

Agora me digam: vocês se hospedariam em um iglu?

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Ramon Gonzalez
Ta tranquilo, nao ofendeu nao, tanto que eu falei em "gosto", o que é individual. Entendi o que voce disse sobre a intenção. No momento eu tava meio chateado com o que tava acontecendo la, mas acho valido tentar aliviar
Ramon Gonzalez
opiniao é opiniao... nesse caso especifico achei desnecessario, mas cada um é cada um
Rafael Schüng
E futuramente vai ser os mercados do brasil que vão ficar assim.
Rafael Schüng
LERIGOU LERIGOU !!!
Emanuel Schott
Também achei estranho. Um dia depois da nevasca já tem reportagem na TV falando da lama que virou a cidade com a neve derretida. Geralmente os morros de neve formados pelos caminhões da limpeza ficam dias lá sem derreter.
Tales Cembraneli Dantas
Poxa, se for assim não se pode fazer piada com o transito caótico de SP pq morre gente atropelada tds os dias tbm... uma coisa não tem nada a ver com outra amigo
Bruno Bastos
Essa foto do supermercado de prateleiras vazias parecia uma foto dos mercados da Venezuela há alguns meses atrás. =/ OFF: O RSS do Tecnoblog está atrasado (de novo). Meu último feed é do dia 22/01.
Thiago Sabaia
Para um Brasileiro 200 dolares, ou até 200 reais é caro. Para americanos nem tanto.
Thiago Sabaia
Esse cara é Brasileiro sem duvidas.
David Diniz
isso foi obra da ELSA... Let it go!
Matheus Gonçalves
Cara, me desculpe se a piada te ofendeu de alguma forma. Sim, algumas pessoas morreram durante a nevasca e isso é super triste. Mesmo. Mas o foco do texto é justamente sair do trivial jornalismo que só fala das coisas ruins, que vende tragédia. Dentro deste contexto, pessoalmente eu vejo a piada da placa como bem vinda e tá de acordo com o teor do post. Acredito que outras pessoas também pensem assim.
Agronopolos
Sejamos realistas MAIOR NEVASCA e o cara inova com um iglu... Quem poderia falar que dormiu em um iglu em NY??? Gostaria de ser a pessoa (mas 200 dólares tá caro demais para um lugar que o "teto pode derreter" e sem café da manhã incluso)
Ricardo - Vaz Lobo
Se o iglu fosse em Grumari, sem dúvidas. Piadoca made in Brazil.
Ramon Gonzalez
a piada com a "morte da placa" foi de pessimo gosto quando lembramos que mais de 20 pessoas morreram com as nevascas dos ultimos dias... :/
Neto Lima
Enquanto isso upstate New York tá sem neve. Eu não entendo 2016. Inverno de 2014/2015 foi extremamente frio, com muita, muita neve e snow days. Acho que os estudantes do Nordeste americanos vão sentir falta da neve e seus dias sem aulas, haha.