Início » Arquivos » Celular » Moto G Edição Turbo chega ao Brasil com chip octa-core, 2 GB de RAM e preço alto

Moto G Edição Turbo chega ao Brasil com chip octa-core, 2 GB de RAM e preço alto

Paulo Higa Por

moto-g-turbo

A Motorola lançou nesta sexta-feira (13) o Moto G Edição Turbo, uma variante do Moto G de 3ª geração que conta com hardware mais potente. Ele terá preço salgado no país: custando R$ 1.299, o smartphone traz processador octa-core Snapdragon 615 de 1,7 GHz, o mesmo chip que acompanha o Moto X Play, atualmente vendido no Brasil por 150 reais a mais.

Além do novo processador, mais potente que o Snapdragon 410 quad-core de 1,2 GHz que acompanha as outras versões do Moto G, não há muitas novidades no Moto G Edição Turbo. A variante conta com proteção IP67 para resistência contra água e poeira, enquanto o modelo normal é IPX7 (apenas contra água). A bateria continua com 2.470 mAh, mas a Motorola passou a incluir na caixa o TurboPower 15, que recarrega o aparelho rapidamente.

moto-g-turbo-carregador

O resto das especificações continua parecido: ele possui tela LCD de 5 polegadas com resolução de 1280×720 pixels, 2 GB de RAM, 16 GB de armazenamento interno (com entrada para microSD de até 32 GB), câmeras de 13 MP (traseira) e 5 MP (frontal), além de entrada para dois SIM cards e suporte a 4G.

O Moto G Edição Turbo será comercializado a partir deste final de semana nos quiosques da Motorola espalhados pelo Brasil, com preço sugerido de R$ 1.299. Na semana que vem, o aparelho estará disponível na loja online da Motorola e nas principais redes de varejo.

A terceira geração do Moto G, com processador Snapdragon 410, continua sendo vendida normalmente no país. Com os recentes aumentos de preço da Motorola, o smartphone intermediário tem preço sugerido a partir de R$ 999 para a versão mais básica, com 8 GB de armazenamento e 1 GB de RAM. A versão com 2 GB de RAM, mas chip quad-core, pode ser adquirida por R$ 1.129.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Sergio Francisco
Vamos torcer pra não chegar nesse ponto! Seria um retrocesso e tanto...
Plutônio
Bom, pelo menos ainda não retrocedeu ao ponto da Motorola pré linha Razr que tratava os consumidores da pior forma possível e não atualizava dispositivo nenhum.
Roberto
Samsung já deixou de atualizar top de linha, coisa que a Motorola nunca fez, e outra, nem se é vantagem ter WP atualizado uma vez que não muda nada.
Leandro Santos
Uma versão assim, com TV digital e preço condizente, valeria a compra.
JS-ES
Exato Adam, é provável que a produção do Single SIM saísse mais caro pelo menor volume. Mas em breve, aqui no Brasil, isso parece que vai mudar, já que as operadoras estão lançando planos que "tanto faz" para qual operadora ligue, o valor é o mesmo. Não ví com detalhes, mas parece que TIM e OI estão com planos interessantes.
JS-ES
Wilson, acho muito mais complicado quem comprou um top e depois lança o "intermediário" com configuração parecida por preço menor. Quem compra o moto G é quem, como eu, não gosta de passar muito de R$600 - R$ 700 (claro tem exceções), caso contrário a pessoa já opta por Moto X2 ou Moto X Play, que estão em torno de R$1000 - R$1400. Motorola copiando a Samsung, só falta mexer no SO inteiro.
Vitor Aleksandr
Essa deveria ser a configuração do MotoG 3ª Geração desde o início... oO
Anthony Fernando
"Samos" 2 meu chapa
Anthony Fernando
Quem era a Motorola 3 anos atrás com seu custo benefício arrasador! É lamentável ver ela se transformar em uma Samsung da vida.
Keaton
Tem certeza que não foi a Samsung que comprou a Motorola? lol
Lídison Santos
Acho porque de um ano pra cá ocorreram muitas mudanças. Foram para o interior e a equipe sofreu com desfalques tipo a geovana.
R0gério
Essa do Moto E 2015 não tem como perdoar. O dispositivo foi abandonado com apenas 7 meses de lançado. Quem comprou provavelmente não volta a pegar outro Motorola.
Kafeh
Se considerar que peguei o X Play 32GB ontem por R$1.010, aí fica ainda pior.
Sergio Francisco
Depois que o Google vendeu pra Lenovo deu nisso. Uma pena. Daqui a pouco deixa de ser sinônimo de celular bom, bonito e barato (se já não deixou...).
Vitor Mikaelson
Migo, já que dual-sim é coisa de pobre e aparentemente você não é, compra um top single-sim logo 8-)
Exibir mais comentários