Início » Arquivos » Ciência » Looncup: o coletor menstrual com Bluetooth que previne problemas da saúde feminina

Looncup: o coletor menstrual com Bluetooth que previne problemas da saúde feminina

Avatar Por

looncup_lab

Nós, mulheres, conquistamos direito de voto, queimamos sutiãs, chegamos a cargos de alto escalão e quase, quase chegamos ao ponto de nos equiparar aos homens na sociedade. Entretanto, se existe uma coisa que dificilmente conseguiremos vencer um dia, essa coisa é o incômodo causado pela menstruação. Mas, dando um jeitinho aqui e ali, ao longo do tempo aprendemos a conviver com esse evento que nos acompanha, na maioria dos casos, mensalmente e por um grande período de nossas vidas.

Talvez essa introdução não pareça fazer sentido algum, tanto para mulheres, quanto para homens, por fazer parte de um texto num site de tecnologia, mas é aí que ocorre a reviravolta: nos idos de 2010, surgiram nas comunidades mais sustentáveis da internet vários comentários e sugestões sobre coletores menstruais, carinhosamente apelidados de “copinhos”.

Feitos com silicone medicinal e de forma cônica, os coletores são uma opção aos absorventes internos e com inúmeros benefícios contra seu principal concorrente: nada de sangue morto absorvido, zero risco de síndrome do choque tóxico, e os tais copinhos também são reutilizáveis, cooperando infinitamente com nosso bolso e com a natureza, já que evitam o descarte por inutilização de materiais como plástico e algodão. Ou seja: apenas vantagens e não tem como ficar melhor que isso. Ou tem? Tem sim!

looncup_featured

A Loon Lab lançou no Kickstarter uma campanha para financiar o Looncup, um coletor menstrual inteligente que pode, entre outras facilidades, identificar doenças no corpo feminino a partir do sangue nosso de cada mês.

Com a premissa de que um ciclo menstrual saudável representa um corpo funcionando conforme deveria, o coletor tecnológico se conecta aos dispositivos Android e iOS por uma antena de Bluetooth acoplada em sua base com outros três sensores: triaxial, RGB e de força. A partir daí, é possível acompanhar pelo aplicativo oficial informações valiosas, como nível e coloração do fluxo (cujas variações podem indicar problemas de saúde), além de saber exatamente quando é hora de esvaziar e recolocar seu copinho.

looncup

Mas peraí, eu vou ter uma antena dentro da vagina?

Sim, vai. Mas, conforme a Loon Lab, os sensores estão bem protegidos dentro do material do coletor, isento de BPA e Látex.

De acordo com a página no Kickstarter, as próximas versões de Looncup devem possuir uma forma de “adormecer” o coletor, para que a bateria não seja gasta entre os períodos menstruais, além de ganhar outros tamanhos mais anatômicos, a fim de atender todas as alturas de colo uterino.

A campanha visa alcançar a meta de US$ 50 mil e, com mais 25 dias pela frente, já atingiu US$ 25 mil até o momento deste post.

Dá para garantir o seu (ou de sua mãe, namorada, amiga, prima, tia e adjacências femininas) bancando a meta mínima disponível no site atualmente, de US$ 35, com direito a frete grátis para qualquer lugar do mundo e entrega a partir de janeiro de 2016.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

J Janz
"Mas peraí, eu vou ter uma antena dentro da vagina?" Esta imagem acaba de ganhar um sentido completamente novo!…
Rodrigo Silva Barretos
Essa post contém um texto com palavras que eu nunca esperei ler aqui no site [que não fossem nos comentários, talvez] kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Brincadeiras a parte, parece ser uma ideia interessante... vou ver com minha namorada rsrs