Se não conseguir, tente novamente. Esse parece ser o mantra seguido pela empresa norueguesa de software Opera, que re-enviou a versão para iPhone do Opera Mini para a AppStore. No passado ele havia sido rejeitado pela Apple por ‘duplicar funcionalidade do iPhone’ ou ‘usar frameworks privados’ ou alguma das outras 17 desculpas-padrão que os desenvolvedores vez ou outra recebem.

Dessa vez, os programadores se certificaram que nenhuma regra do acordo da SDK havia sido ferida durante a “fabricação” do programa e só depois enviaram a nova versão. Jon von Tetzchner, co-fundador da Opera Software, disse que sua empresa “se esforçou para criar um navegador customizado, estilizado, rico em funções e com alta taxa de resposta”. Segundo ele, o Opera Mini chega a ser até 5 vezes mais rápido do que o Safari disponível no iPhone OS. Veja o vídeo do navegador em funcionamento logo abaixo.

Como forma de colocar pressão na empresa da maçã, a Opera também criou um contador que indica há quanto tempo o Opera Mini foi enviado para aprovação da equipe de avaliação da AppStore. Além disso, eles também criaram um concurso que premiará com um iPhone a pessoa que adivinhar com melhor exatidão quanto tempo o processo vai demorar.

No momento da publicação desse post, o relógio ainda não passou de 1 hora. Já prevendo a lentidão do processo, o pessoal da Opera tratou de colocar no contador um espaço para contar os dias.

[Atualização às 14:08]: Segundo o comentário do Patrick da Opera Brasil, essa é a primeira vez que o aplicativo será enviado para análise da AppStore. O que me deu a entender que ele já havia sido criado e rejeitado foi esse artigo do The New York Times, jornaleco mal informado. =P

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Patrick
Sem problemas. Sei que houve um mal entendido ano passado sobre isso dizendo que já haviamos enviado e que fizemos questão de esclarecer. Mas em 2008 não estava sabendo/lembrando. Mas como disse, se precisar de algo, avisa seja por email, pelo My Opera ou também pelo twitter (@opera_brasil). Fico feliz em ajudar.
Rafael Silva
Patrick, Fiz uma pesquisa antes de publicar esse post e encontrei um artigo do The New York Times e outro do Daring Fireball (ambos citando fontes confiáveis) dizendo que o aplicativo tinha sido feito e enviado para a aprovação da AppStore em 2008 e havia sido rejeitado pela Apple. Por esse motivo achei que o processo já havia ocorrido. Mas pelo jeito não se pode confiar nem nos artigos do do The New York Times hoje em dia. Valeu pela correção!
Patrick
Rafael, Essa é a primeira vez que estamos enviando o Opera Mini para a App Store. Antes anunciamos que tinhamos uma versão interna em desenvolvimento, depois mostramos para a imprensa, e agora foi enviado. Vamos aguardar o resultado. Qq coisa, pode me mandar um email que tiro mais dúvidas se necessário.
Juarez Lencioni Maccarini
Em qualquer outro caso, eu teria CERTEZA que veríamos o Opera Mini ser aprovado em poucos dias, mesmo pq a Opera Software tomou o cuidado de preparar todo um esquema de pressão pública. Mas o problema é que quem decide é a Apple, que tem o péssimo hábito de não dar a mínima pro que os outros pensam e de achar que só ela sabe o que é melhor… Espero muito que o Opera Mini seja realmente aprovado. (Mas eu esperarei sentado… :/ )
Vinícius Novais
Se for como no vídeo, o Opera Mini será muito sinistro. Uma mão na roda para que os donos de iPhone economizem tempo.