Início » Arquivos » Gadgets » Uma pulseira da Intel permite fazer login automaticamente no seu computador

Uma pulseira da Intel permite fazer login automaticamente no seu computador

Fabricante não pretende comercializar o dispositivo, mas sinaliza praticidade na autenticação do usuário

Jean Prado Por

pulseira-intel

A Intel apresentou, em seu evento para desenvolvedores IDF 2015, uma pulseira que detecta se você está perto do computador e faz login. Dessa forma, você não precisa digitar a senha porque a pulseira já autentica o seu usuário para você.

Para isso acontecer, basta que o usuário digite a sua senha uma vez com a pulseira pareada ao computador. O recurso pode ser útil, por exemplo, para quem está em um ambiente com muitas pessoas e sempre esquece de bloquear o usuário quando não está usando a máquina.

Dentro da pulseira está um chip chamado Curie, que é do tamanho de um botão e foi feito justamente para dispositivos vestíveis, por integrar a plataforma Quark, e alguns sensores, como um Bluetooth que gasta pouca energia. A autenticação foi feita por esse Bluetooth LE, com a tecnologia UAS (User Authentication Service, em inglês).

Imagem via Tom's Hardware

Imagem via Tom’s Hardware

Durante a IDF 2015, o mecanismo em ação foi demonstrado com a ajuda de um computador com Windows 10. Se a pulseira sair do seu braço porque você a esqueceu em algum lugar ou foi roubado, não se preocupe: será necessário, do mesmo jeito, digitar a senha e autenticar o seu usuário novamente.

O mecanismo funciona de forma diferente daquele que autentica o seu login usando o som do ambiente, por exemplo, mas o princípio é basicamente o mesmo: dois dispositivos próximos permitem ao usuário fazer login sem digitar a senha. Segundo o presidente da Intel, Brian Krzanich, a pulseira também pode ser implementada para autenticar o acesso a determinadas áreas de um prédio e até em recursos seguros na nuvem.

Infelizmente, a Intel não pretende trazer a pulseira para o mercado, o que explica a falta de imagens em alta resolução do produto — que ainda nem foi autorizado pelo órgão regulador FCC a ser comercializado. Nada impede, no entanto, outras fabricantes de se inspirarem na ideia de um dispositivo fazer login automático no seu computador ou autenticar pagamentos e até, quem sabe, destrancar portas.

Com informações: Business Insider AU, Tom’s Hardware.

Comentários

Envie uma pergunta