Início » Arquivos » Gadgets » Meu roteador está deprimido: OnHub é o router do Google que todos queremos em casa

Meu roteador está deprimido: OnHub é o router do Google que todos queremos em casa

Lucas Braga Por

Quando menos se espera, o Google lança um roteador. É certo que esse tipo de produto não atrai muito interesse do público comum, mas o OnHub promete ser mais inteligente do que o router que está dentro da sua casa e otimizar o acesso para cada dispositivo específico.

OnHub_on_counter_with_family_in_background.0

O formato de torre cilíndrica dificilmente lembra roteadores que estamos habituados a encontrar por aí. Por dentro do OnHub, 12 antenas distribuem o sinal Wi-Fi de forma uniforme para cobrir a maior área possível. Uma antena extra serve para identificar possíveis interferências de dispositivos externos, permitindo que o roteador corrija os impactos da melhor maneira possível.

Smaller_Main_Image.0 Blue_Overhead.0

O OnHub suporta as frequências de 2.4 GHz e 5 GHz, já com o novo padrão 802.11ac, permitindo velocidade máxima teórica de 1.900 Mb/s. Também estão presentes as tecnologias Bluetooth, Google Weave e ZigBee, para que produtos de casa conectada consigam se comunicar com sua rede sem a necessidade de dispositivos extras. É possível conectar até 128 dispositivos no OnHub.

Para a instalação, nada de painéis esquisitos. Toda a configuração é feita por meio do aplicativo Google On para Android ou iOS. É possível identificar os dispositivos conectados, verificar a banda utilizada por cada um deles e realizar testes de performance por toda a rede.

02_Simple-setup_01.0 05_Run-a-network-check_02.0 03_Prioritize-a-device_02.0

O foco do OnHub é a rede sem fio. Por conta disso, ele possui apenas duas portas ethernet, sendo uma WAN e outra LAN. Se você necessita de conexão por cabo, é necessário a utilização de um switch a parte. Também existe uma porta USB 3.0, que não se sabe ao certo sobre como poderá ser utilizada.

Uma das promessas é na atualização do produto. Com processador dual-core de 1,4 GHz, 1 GB de memória RAM e 4 GB de memória interna, o Google promete novos recursos com as atualizações de software que serão frequentes para o OnHub. As vendas começam no final do mês, com preço sugerido de 199 dólares nas cores azul e preta. O produto está sendo construído em parceria com a TP-Link.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Bruno Reg
Alguém sabe onde fica a Assistência técnica em São Paulo, Campinas etc? O meu parou de funcionar. Aparentemente queimou algo internamente, isso porque não acende nada nele. O equipamento é ótimo, rápido e extremamente fácil de conectar com qualquer coisa, sem falar que sozinho conseguiu cobrir toda minha casa, que antes precisava de 2 TPLinks para ampliar o sinal. ... Pena ter dado problema.
Callazzans
Concordo com você, mesmo com a Google oferecendo um exelente produto, uma OpenWRT com esse hardware seria uma beleza. Eu tenho um WDR4300 com OpenWRT e faço miséria com ele, servidor de arquivos(Samba, com 2TB de armazenamento com HD externo, em EXT4), servidor de mídia(MiniDLNA), servidor de FTP, servidor WEB, Servidor de impressão(CUPS) e por ai vai, imagina essa maquina!
Callazzans
A ignorância é uma MERDA!
Edvan Suzarth
-- Fez-me lembrar da semelhança tecnológica da Antena pCell. -- Tecnoblog saberiam informar como andam os testes das pCells ? -- Tecnicamente parece bem promissora.
F. S.
Estamos falando de um roteador.
Alvaro Guatura
OpenWRT = mimimi mimimi
Yan Minari
Engraçado ver leigo querendo mitar.
Leon
Eu queria ter uma lixeira dessas... :}
Leon
Nãooo :'{
Leon
QUERO!
Leandro Camilo
Também me faz torcer o nariz. Eu até era fã da TP-Link, mas vou te dizer que os últimos 3 roteadores que comprei deles me decepcionaram. Só 1 deles se salvou, pois consegui um OS alternativo decente.
Marcus Ortense
Com um bom diferencial para empresas de pequeno e médio porte que é colocar 128 dispositivos na rede, o Airport infelizmente é "só" 50, mas como hj todo mundo usa smartphone e alguns um terceiro dispositivo 50 é bem pouco. Mas eu também queria ter todos o /
Keaton
199 dólares
Ah... nem é tão caro...
O produto está sendo construído em parceria com a TP-Link.
Agora ficou caro pacas. Se não tivesse a patinha da TP-Link... [Não gosto da TP-Link, só tive dor de cabeça com essa marca. Comprei um modem com wireless router, o modem funcionava aceitavelmente, o wireless tinha o sinal mais fraco que eu já vi. Sim, eu deixei com o sinal mais forte possivel no webui. Peguei um wirless router da mesma marca emprestado, o modem não queria passar os dados pra ele... resultado, continuo com meu linksys problemático.]
Paulo Carinhena
Logo, veremos o milagre da multiplicação: 199 Obamas para 2000 Dilmas, verás.
Marcelo
Que trambolho horroroso..
Exibir mais comentários