Início / Arquivos / Gadgets /

Rumor do dia: Moto G de 3ª geração terá Moto Maker

Aparelho poderá ser personalizado nas partes frontal, traseira e no detalhe da câmera

Jean Prado

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Já foram divulgados aqui no Tecnoblog os possíveis preços do novo Moto G, que devem começar em R$ 929. Enquanto o evento de lançamento não chega, mais informações vêm sendo publicadas sobre o aparelho, como as várias possibilidades de combinações de cores do smartphone, como informado pelo @evleaks.

A imagem nos leva a entender que, ao menos nos países em que o Moto Maker está disponível, será possível personalizar a próxima geração do smartphone de médio custo da Motorola com cores nas partes frontal, traseira e no detalhe da câmera.

moto-g-maker-rumor

Nessa ferramenta da Motorola, há centenas de possíveis combinações de cores. Como o Moto Maker (ainda) não chegou ao Brasil, pode ser que a fabricante traga apenas algumas combinações específicas, como fez com o Moto X de 2ª geração. Não foi à toa que a Motorola buscou recepcionistas do sexo feminino com “estilos diferentes” e “cabelos coloridos” para o evento de lançamento, portanto.

Mais informações já foram divulgadas

Esse não é o primeiro rumor envolvendo o novo Moto G. Conforme divulgado pelo Android Police, um usuário do Google+ já havia postado um vídeo no mês passado com o possível novo aparelho, com modelo XT1543 ― este já foi homologado no Brasil e será o modelo mais básico, com dois chips.

No vídeo, é possível ver algumas especificações do produto, que roda o Android 5.1.1. A tela e a resolução continuam as mesmas: 5 polegadas e 1280×720 pixels, respectivamente. O aparelho mostrado no vídeo tem 1 GB de RAM e 8 GB de espaço, mas um usuário do Reddit encontrou no código do Moto Maker uma versão do Moto G que pode vir com 2 GB de RAM (finalmente!) e 16 GB de armazenamento.

codigo-moto-g-maker-dtv

Outras especificações do modelo XT1543 sugerem melhoria nas duas câmeras: a traseira tem resolução de 13 MP (em vez de 8 MP) e a frontal, ou “de selfie”, tem 5 MP (contra os 2 MP da versão antiga).

O novo Moto G também pode ser lançado com o chip Snapdragon 410, um pequeno upgrade em relação ao Snapdragon 400, usado desde a primeira geração do aparelho. Até agora, os rumores parecem bem convincentes. O que você acha?