Ainda que a passos lentos, a indústria vem adotando, cada vez mais, padrões de recarga sem fio em smartphones e outros dispositivos. Mas há um problema: na tecnologia atual, o procedimento costuma ser demorado. É por isso que o Wireless Power Consortium (WPC) anunciou uma nova e mais rápida versão do Qi, a tecnologia do tipo mais conhecida do mercado.

O WPC trabalhou mais de um ano na nova especificação. O resultado é que agora o Qi pode oferecer 15 W de potência, tornando o procedimento de recarga mais rápido. A versão anterior entregava, no máximo, 5 W para recarga de dispositivos móveis.

Vários fabricantes já implementam tecnologias como o Quick Charge 2.0, da Qualcomm, que permitem fazer a carga da bateria passar de 0% para 60% de capacidade em 30 minutos (via recarga com fio), destaca o WPC. A organização estima que a nova versão do Qi pode oferecer o mesmo.

Carregador Qi - Samsung

Docks de recarga baseados na nova versão do Qi serão compatíveis com dispositivos que utilizam a especificação anterior da tecnologia, embora estes, provavelmente, continuarão limitados à potência de 5 W.

Com o novo Qi, o WPC espera derrubar as imagens de lentidão e até mesmo ineficiência muitas vezes associadas às tecnologias de recarga sem fio. O consórcio só não deixou claro, porém, quando dispositivos totalmente compatíveis com a nova versão chegarão ao mercado.

Não deve demorar muito. As novas especificações estão sendo repassadas agora para as empresas filiadas ao WPC (como LG, Microsoft, Motorola, Samsung e Sony), logo, dá para apostar nos primeiros produtos compatíveis sendo lançados no final do ano.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Maxnoob
Em breve no próximo Macbook que terá apenas as saídas de áudio como "orifícios".